Nesta sexta-feira (03/05), a Polícia Civil de Minas Gerias concluiu a última parte do inquérito policial que apura a participação de diversas pessoas no homicídio de Marcos Vinícius de Andrade Araújo, de 26 anos, ocorrido em 26/02/2023, em área de mata a cerca de 6 km após a ponte do Rio Paranaíba, em sentido à Rações Patense, em Patos de Minas.

De acordo com o Delegado de Homicídios, Luís Mauro Sampaio, no dia do crime, a vítima foi abordada por integrantes de uma facção criminosa, que, após um “justiçamento” com a participação de menores de idade, a sequestraram, colocaram-na em um veículo e a levaram para uma área rural em Patos de Minas, onde efetuaram um disparo de arma de fogo contra a sua cabeça, ocultando o corpo no mesmo local.

Veja também

Várias pessoas já tinham sido indiciadas em inquéritos desmembrados, e hoje mais quatro maiores de idade foram indiciados pelos delitos previstos no Artigo 121, parágrafo 2º inciso I, III e IV do Código Penal, na forma do artigo 29 do mesmo código. Além disso, foram indiciados pelo artigo 148, parágrafo 2°do Código Penal, também na forma do artigo 29 do mesmo diploma legal, e pelo artigo 244 -B do Estatuto da Criança e Adolescente.

Também foi finalizado um procedimento em apartado para apurar a ação de menores na empreitada criminosa, sendo verificados indícios de que pelo menos dois menores estiveram envolvidos na ação criminosa. Tanto o inquérito policial quanto o procedimento contra os menores foram encaminhados à justiça para a análise do Ministério Público e do Poder Judiciário.

A Polícia Civil agradeceu à população de Patos de Minas pelo repasse de informações e reforça a necessidade de manter a confiança nos trabalhos desenvolvidos pelos órgãos de segurança da cidade. Ao todo, considerando todos os outros inquéritos, foram indiciados 11 maiores de idade e verificada a participação de dois menores de idade. Se condenados, as penas para os maiores de idade podem ultrapassar os 30 anos.