O garotinho de 8 anos que se queimou gravemente após um vidro de álcool explodir foi transferido na tarde desta quarta-feira (06) para Belo Horizonte. O transporte aconteceu após uma operação envolvendo Polícia Militar, SAMU e Corpo de Bombeiros. Um avião do Batalhão de Operações Aéreas dos Bombeiros de BH veio a Patos de Minas para realizar a transferência.

O Patos Hoje acompanhou toda a operação minuciosa, cautelosa e que exige o máximo de agilidade. A Polícia Militar deu apoio aos pais, os encaminhando do Hospital Regional para o Aeroporto Municipal. Em seguida, uma ambulância do Corpo de Bombeiros com profissional também do SAMU levou a criança que está entubada. Então, o garotinho foi colocado com o máximo de cuidado no avião. A mãe e o pai da criança foram juntos no avião.

Veja também

O avô da criança, Manoel dos Santos, conversou com nossa reportagem. Ele explicou que a mãe estava deitada porque trabalhava cedo no outro dia e o filho foi até a pia. Em seguida, ele retornou com fogo da cabeça aos pés. Ela então apagou o fogo e prestou o socorro. Segundo o Senhor Manoel, o vidro de álcool estava debaixo da pia, atrás dos produtos de limpeza e, realmente, ele teria tido a ideia de matar o carrapato.

O Soldado Henrique explicou como funciona todo o aparato para a transferência. Ele disse que, nesse caso, a direção do Hospital Regional, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, após negociar o Hospital João XXIII, solicita a transferência, entrando em contato com o Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros.


Em seguida, o Batalhão de Operações Aéreas comunica a unidade dos Bombeiros de Patos de Minas para dar o apoio na transferência. A viagem de Patos de Minas para BH dura cerca de 1h15. O bombeiro ressaltou que realmente a criança estava com cerca de 70% do corpo queimado, em estado grave, tendo queimaduras de 2º e 3º graus, mas estava estabilizada. “Se não estiver estável, não é possível fazer a transferência”, disse.

O bombeiro também aproveitou para orientar as famílias a não deixar produtos inflamáveis ou químicos próximo a crianças. Ele também alertou os pais para sempre estarem supervisionando os menores, porque pela inocência deles, acidentes como este podem acontecer, destacando que eles devem ficar longe também de fogueiras e churrasqueiras.

Dicas de Segurança:

Acidentes com álcool líquido são muito frequentes e muito graves.

O álcool líquido é extremamente perigoso porque ele libera vapores inflamáveis em temperatura ambiente.

Eles se espalham nas proximidades do líquido e são estes vapores que queimam, antes mesmo que a chama que está na mão da pessoa alcance o líquido.

Este fato surpreende as pessoas que, estando com uma chama nas mãos, se assustam e acabam derramando o álcool causando acidentes

Outro fato que agrava os acidentes com álcool líquido é que quanto maior a superfície de contado com o ar, maior a área em chamas.

Em um copo americano com 100ml de álcool a chama vai ter o tamanho da boca do copo.

Esta chama então vai consumindo o líquido de cima para baixo até acabar queimar todo o álcool.

Porem, se estes mesmos 100ml de álcool do copo forem despejados em uma superfície qualquer, que pode ser o chão, ou uma mesa ou o corpo de uma pessoa, este álcool se espalhará ocupando uma área muito maior do que a boca do copo e toda esta área vai liberar vapor inflamável e caso tenha uma chama por perto, toda a área se incendiará imediatamente podendo provocar um incêndio e também ferimentos.

Portanto, mantenha o álcool líquido em sua embalagem original para não ser confundido com outros líquidos,

Mantenha o álcool líquido fora do alcance das crianças.

E por fim, jamais use álcool líquido para acender churrasqueiras e nem para dar uma reavivada no fogo quando a churrasqueira estiver acesa e com o braseiro estiver fraco.

Estas atitudes frequentemente resultam em acidentes graves.

Em caso de vítimas de queimadura, apague as chamas na vítima enrolando um pano preferencialmente úmido.

Resfrie a área queimada utilizando água limpa fria e corrente;

Remova anéis, pulseiras e relógios.

Proteja a área queimada com pano limpo

Não tente retirar partes da roupa que estiverem aderidas.

Não passe nenhum produto no local.

Leve a vítima para um hospital