PM Rodoviária aborda van com 13 estudantes e prende motorista por exercício irregular da profissão

Eles seguiam de Carmo do Paranaíba para Rio Paranaíba.

publicado em 08/11/2019, por Farley Rocha


A abordagem aconteceu no Km285 da BR354 em Carmo do Paranaíba.

A Polícia Militar Rodoviária continua fiscalizando o transporte irregular de passageiros de acordo com a nova legislação. Na noite dessa quinta-feira (07), uma van com 13 passageiros foi abordada e o motorista acabou preso por exercício irregular da profissão. Eles seguiam de Carmo do Paranaíba para Rio Paranaíba.

A abordagem aconteceu no Km285 da BR354 em Carmo do Paranaíba. De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, durante Operação de Combate ao TIP-Transporte Irregular de Passageiros-, foi abordado o veículo Fiat/Ducato, conduzido por G.J.C., de 54 anos, que não possuía autorização do DEER para o transporte.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Os policiais constataram que não havia vínculo entre o condutor e os 13 passageiros, tendo o condutor afirmado se tratar de transporte remunerado. O veículo foi escoltado até a rodoviária da cidade de Carmo do Paranaíba/MG para realizar o desembarque dos passageiros, e, logo após, foi removido para o pátio conveniado naquela cidade.

O condutor foi preso em flagrante pelo cometimento do crime de exercício irregular da profissão, conforme o artigo 47 do decreto Lei nº 3.688. Ele assinou o termo de compromisso de comparecimento e foi liberado.

Autor: Farley Rocha Postado em 08/11/2019
Compartilhe:

8 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Indignado de esquerda | 6 dias, 6 horas atrás

    Acho engraçado, é a vista grossa que essa polícia faz pra lei seca, sabemos que não pode dirigir depois de ter ingerido bebida alcoólica, mas todos que saem nos finais de semana saem pra beber e geralmente se aglomeram em lugares específicos. Eu nunca vi uma blitz perto desses locais será por que?

    11 0 Responder

    Justo - 6 dias, 1 hora atrás

    Porque nesses lugares tem militares e a lei nao serve pra todos nao quer ser pego preste concurso e ingresse na carreira militar ...ja vi muito amigo meu policial nesses bares.

    8 0

  • PRA PM RODOVIARIA | 6 dias, 15 horas atrás

    Para senhor comandante seguidor da lei, Poque nao param os SUPOSTOS ONIBUS REGULARES????? Ultima vez q eu ia pegar um GONTIJO pra BH os pneus estavam carecas, não queremos fiscalisação só nos pobres façam jus ao salários que nos pagamos. Devo terBom dia pego maos de uns 100 onibus Regular nunca vi uma fiscalisação!

    14 1 Responder

    OBSERVADOR - 5 dias, 14 horas atrás

    Pura verdade...não é so isso, cheio de encomendas ilicitas com notas frias alem excesso de peso nos bagageiros tanto Gontijo como na protegida União onde o chefe é amigo pessoal do fiscal (DEER). Tem uma loira má educada tambem na fiscalização que parece todos são bandidos, certos ou errados. Tem fiscaluzar sim mas ambos com as mesmas regras inclusive pra prefeituras onde tem muito onibus e ambulancias irregularidades, pneus carecas, excesso pessoas dentro sem cinto, mercadorias dentro das ambulancias, onibus escolares sem condições trafego nas vias e etc....Sejam justos pra não serem criticados.

    4 0

    mimimi - 4 dias, 3 horas atrás

    Se viu que tava careca pq não denunciou??

    0 0

  • Brasil | 6 dias, 23 horas atrás

    As grandes empresas agradecem os legisladores que aprovam leis a seu favor. Já os pequenos trabalhadores amargam o sofrimento e a repressão.

    10 1 Responder

  • CURIOSO | 1 semana atrás

    Pera aí....a van a presa, obrigada a levar o pessoal ate a cidade e depois o guincho é acionado? Tem comissões ai pois porque não seguiu ate deposito pra economizar o guincho....

    12 1 Responder

  • OBSERVADOR | 1 semana atrás

    Na atual conjuntura não sabemos quem é mais bandido, o trabalhador ou lei corrompida por empresarios e pondo a lei a serviço deles. Estas operações direcionadas e só aqui em nossa região. O órgão DEER local não servindo pra nada, não ajuda a regularizar documentos, funcionarios de empresas permisionarias suspeitos, PRE só aqui agindo e dentro do estado livre. Onde tem U e G mandando é difícil.

    8 4 Responder