O Rapadura’s Bar, situado na principal rua de Patos de Minas, foi interditado na noite deste sábado (23). Com show ao vivo do sertanejo Israel Novaes, o estabelecimento descumpria o protocolo de combate ao coronavírus. Não havia distanciamento entre as mesas, praticamente ninguém usava máscara, muitas pessoas de pé e o público se aglomerava nas mesas.


De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, a força-tarefa de fiscalização contra a Covid-19 encerrou as atividades em um bar localizado na Rua Major Gote, onde acontecia um show sertanejo. A ação ocorreu com apoio da Polícia Militar, que inclusive precisou reforçar o efetivo para conseguir fechar o local. O estabelecimento foi interditado por 15 dias, e o proprietário recebeu multa de aproximadamente R$ 400,00, uma vez que era reincidente.

Dezenas de denúncias relativas a esse bar foram enviadas aos canais da Prefeitura de Patos de Minas, inclusive com fotos e vídeos mostrando o descumprimento de medidas de prevenção à disseminação do vírus. Em uma das gravações, os clientes dançam de pé, próximos uns dos outros, o que contraria o protocolo próprio para o setor. Fotos também deixam visível que o distanciamento de dois metros entre as mesas não estava sendo cumprido.

Um pouco mais cedo, por volta das 20h, outro bar, na Avenida Padre Almir, também teve as atividades encerradas no momento da fiscalização. Os agentes da força-tarefa constataram o descumprimento de mais de uma norma prevista no protocolo para funcionamento durante a pandemia de coronavírus. O local ainda foi multado e interditado por 15 dias, pois também já havia recebido notificações anteriormente.

Marcela Porto, diretora da Vigilância Sanitária, destacou que em tempos de pandemia deve-se cumprir os protocolos. Ela destacou ainda que não havia uso de máscara, também não tinha o distanciamento entre as mesas e aglomerava mais de 6 pessoas de pé em cada espaço.  Segundo a diretora, o trabalho de fiscalização é rotineiro e os estabelecimento estão cientes dos protocolos. “Trabalhamos de forma preventiva. São raros os momentos que atuamos dessa forma”, concluiu.