Minas Gerais, região de deliciosos pratos, belíssimas paisagens e povo acolhedor. A capital do Estado, Belo Horizonte, carinhosamente apelidada de BH, é uma cidade especial, capaz de unir desenvolvimento e infraestrutura com receptividade e hospitalidade.
Inclusive, vale mencionar que a capital mineira tem um dos melhores índices de desenvolvimento humano de todo o país e acomoda muito bem desde pessoas solteiras, casais que estão iniciando uma nova vida juntos, até pessoas idosas que buscam por mais sossego e qualidade de vida.
Além disso, a cidade é multifacetada. Por lá, é possível encontrar regiões mais tranquilas, bairros boêmios, ruas arborizadas e áreas repletas de opções noturnas e gastronômicas.


Independentemente do que você procura, a verdade é que BH tem localidades incríveis para atender às suas necessidades.
Por isso, se você deseja morar na cidade, migrar para uma propriedade própria ou apenas mudar de região, siga com a gente e confira abaixo os melhores bairros para comprar um apartamento em BH.

1.       Santa Efigênia
Um dos bairros mais antigos e tradicionais de Belo Horizonte, a região da Santa Efigênia se divide entre ruas tranquilas e arborizadas, que lembram cidadezinhas interioranas e outros pontos mais movimentados, que garantem uma excelente mobilidade urbana e conectam a área com as partes centrais da capital.
Sem dúvidas, é uma ótima opção para quem busca por um dia a dia mais tranquilo mas, ainda assim, precisa continuar acessando as vias urbanas mais conhecidas do município.

2.       Centro
Tido como um dos bairros mais valorizados de Belo Horizonte, quem optar por comprar um apartamento no Centro da cidade, poderá contar com uma excelente infraestrutura e grande variedade de comércios e serviços disponíveis. Graças à grande variedade de bancos, farmácias, supermercados e lojas, por lá, as tarefas rotineiras podem ser resolvidas em poucos minutos. Além da praticidade oferecida, o centro de BH também abriga inúmeros pontos turísticos e oferece variadas opções de lazer como salas de cinema, teatros, shoppings e muito mais.
Para quem não abre mão de uma agitação e prefere regiões mais movimentadas, sem dúvidas, o morar no centro de Belo Horizonte será uma excelente escolha.

3.       Anchieta
Ideal para famílias com filhos pequenos em idade escolar, a região da Anchieta oferece diversas comodidades e opções de recreação infantil. Além disso, tem localização privilegiada e abriga diversos prédios residenciais, divididos em construções antigas e grandiosas ou empreendimentos mais modernos, compactos e bem arquitetados.

4.       Funcionários
Considerado um dos pontos mais clássicos da zona sul de Belo Horizonte, o bairro Funcionários é muito conhecido por oferecer um mix entre modernidade e tradição. Isso porque, de um lado, abriga um dos pontos turísticos mais conhecidos da capital: a Praça da Liberdade (um espaço amplo que concentra a maioria dos museus do município). Por outro, apresenta um verdadeiro polo comercial, cercado por empresas renomadas e construções modernas.
Portanto, quem busca por uma boa localização, pretender fazer bons networkings e ainda estar próximo a regiões badaladas, o bairro dos Funcionários é a melhor opção de BH.

5.       Lourdes
Por fim, quem deseja morar em uma região conceituada, com imóveis de alto padrão e repleta de bons estabelecimentos comerciais, precisa começar a procurar, desde agora, um apartamento para comprar em Lourdes.
Voltado para moradores com alto poder aquisitivo, o bairro concentra vários pontos turísticos como a Basílica de Nossa Senhora de Lourdes, o Shopping Diamond Mall e a Sede Administrativa do Clube Atlético Mineiro. Além disso, é uma excelente opção para quem busca por um dia a dia mais sossegado, já que oferece ruas tranquilas, cercadas por árvores e outros elementos paisagísticos.

Enfim, gostou de descobrir os melhores bairros para comprar um apartamento em BH? Se esse artigo foi útil para você, compartilhe-o em suas redes sociais. Com certeza, essas informações podem ajudar muitas pessoas que desejam se mudar para a capital mineira.

Redator: Janaina de Lucca