O conselho curador apresentou um balanço das ações realizadas no período.

Após quatro anos de gestão, o Conselho Curador da Fundação Educacional de Patos de Minas – Fepam – apresentou na tarde desta segunda-feira (18) um balanço das ações realizadas no período. A entidade é mantenedora do Centro Universitário de Patos de Minas – Unipam – e é responsável por administrar os recursos da instituição de ensino.


O orçamento da Fepam durante a gestão chegou a R$ 670 milhões. Desse total, R$ 96 milhões foram destinados para a distribuição de bolsas para estudantes carentes, totalizando mais de 12.300 bolsas. Outros R$ 126 milhões foram destinados para investimentos, sendo R$ 73 milhões para a realização de obras, como a do Centro de Convenções.

Além disso, a Fundação destinou recursos para mais de 600 bolsas para a realização de pesquisas e investiu na melhoria da qualidade do ensino. Para o reitor do Unipam, Milton Roberto Teixeira de Castro, de todas as conquistas dos últimos anos, a mais significativa é a nota máxima obtida junto ao Ministério da Educação.

O presidente da Fepam, Teotônio Bia Tobias França, destacou o esforço da equipe e a seriedade com a Fundação Educacional de Patos de Minas foi administrada ao longo desses quatro anos. Ele ressaltou que fez questão de agradecer aos conselheiros e ressaltou a seriedade como as decisões foram tomadas, sem nenhum envolvimento político-partidário.

O Conselho curador da Fepam era formado por Teotônio Bia Tobias França, Rone Tobias França, Márcio Roberto Abdala, Marcos Antônio Caixeta Rassi e Guilherme Caixeta Borges, Ludmila Paiva Bahia Franco e o juiz de direito Joamar Gomes Vieira Nunes. Eles serão substituídos por Alfredo Jesus Mitio Nakao, Lucas Ribeiro Marques Campos De Oliveira, Marco Antônio Nasser De Carvalho, Marcos Bruxel, Paulo Vinícius Piva Hartmann e Stael Maria De Mendonça Barra. Eles tomarão posse na noite dessa segunda-feira (18).