Secretário Municipal de Saúde pede demissão e permanece no cargo somente até 1º de março

O novo secretário deverá ser anunciado nas próximas semanas.

publicado em 06/02/2018, por Maurício Rocha


O secretário José Henrique entregou uma carta com o pedido de demissão.

O secretário municipal de saúde de Patos de Minas, José Henrique Nunes Borges, não vai mais continuar à frente da pasta. Ele entregou carta com pedido de demissão ao prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves esta semana e foi atendido pelo chefe do executivo. O novo secretário deverá ser anunciado nas próximas semanas.

A secretária municipal de saúde é a pasta com maior orçamento na Prefeitura de Patos de Minas. São R$ 157,5 milhões previstos para o ano de 2018. Mas é também o setor com maior demanda da população. A Unidade de Pronto Atendimento se tornou alvo constante de reclamações de demora no atendimento.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

O secretário José Henrique, no entanto, fez um balanço positivo de sua gestão. Ele disse que ampliou os atendimentos de saúde, inaugurou novas unidades básicas, adquiriu novos veículos, repôs os estoques de medicamentos na Farmácia Municipal e praticamente zerou uma dívida de aproximadamente R$ 30 milhões.

A motivação do secretário para deixar a pasta é financeira. Embora esteja satisfeito com o desempenho à frente da secretaria, José Henrique disse que a remuneração não compensa o esforço que o cargo exige. José Henrique é funcionário público concursado e o cargo que exerce como enfermeiro, segundo ele, tem salário maior do que o de secretário.

José Henrique disse que permanece no cargo até o dia 1º de março. Até lá, o prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves deverá anunciar um novo nome para comandar a secretaria com maior volume de recursos e também com o maior número de queixas.

Autor: Maurício Rocha Postado em 06/02/2018
Compartilhe:

64 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Judite revoltada | 2 anos, 5 meses atrás

    Censura é o nome que se dá quando vocês tiraram o meu comentário mostrando um parte podre sobre a gestão do José Henrique. Qual o medo patos hoje, vcs acham que nós funcionários das unidades básicas de saúde não estamos cansados dos desmandos dos cabeças da saúde? Se vcs duvidaram do que eu disse, tire uns 3 dias para observar as unidades e alguns funcionários e perceberão. Pesquise a vida dos cargos do PSF que estão na secretaria de saúde recebendo uma bolada preta, procurem pela enfermeira que foi perseguida em nossa unidade do alvorada pelo coordenador da area bucal quando ele era apenas dentista do psf e não queria trabalhar, até ameaças fez a filha da enfermeira tentando calar ela. Uma hora isso vai explodir, vocês censuraram meu comentário anterior, mas eu vou é escrever para o prefeito e o secretário da administração. Chega de ratos roedores dos cargos e salários públicos.

    4 1 Responder

  • real | 2 anos, 5 meses atrás

    Fraco fraco.... durou muito

    20 5 Responder

  • Tenho dito | 2 anos, 6 meses atrás

    À cada comentário que leio mais me certifico que o povo de Patos de Minas (e do Brasil) é mesmo um bando de idiotas. Caros leitores do Patos Hoje. Vou contar como funciona o tal CARGO COMISSIONADO em todas as esferas e poderes constituídos no país: quando o Prefeito, Presidente, Governador, Desembargador, Procurador do Estado, Presidente das Câmaras Federais, estaduais e municipais contratam alguém (geralmente parentes ou apadrinhados políticos) para cargos de confiança, automaticamente esse servidor contratado assina, no ato da posse, uma carta (sem data) com pedido de demissão que vai para a gaveta. Isso serve para que o mandatário possa demitir esse servidor sem sofrer desgaste político junto á população. O que o nosso prefake fez com José Henrique Nunes Borges foi justamente isso, usou da prerrogativa do pedido de demissão assinado com antecedência para coloca-lo na rua. Existe uma corrente dentro da prefeitura, formada por secretários ligados á um dos coronéis, que não suportava a forma com que o secretario de saúde gerenciava a pasta. E tome pressão para cima do Prefake. Foi muita gente que perdeu a mamata de diárias para viagens sem justificativa. Outras ficaram sem a "comissão" na compra de medicamentos. Vários perderam a "boquinha" dos cursos em outros municipios (geralmente nas cidades praianas) pagos pelo erário. José Henrique Nunes Borges é uma profissional integro, bem intencionado e totalmente qualificado para exercer o cargo. No entanto, como é "cabaço" na politica, acabou atropelado pelos velhos lobos, aqueles que veem no serviço público uma forma de enriquecer ás custas do sofrimento do povo. Como dizia o ex-governador Helio Garcia, O JOGO POLÍTICO NAO É PARA AMADORES. Tem de ter estômago de elefante para aguentar tanta falcatrua nesse meio, coisa que o secretário demitido não teve. O município perdeu um grande profissional da saúde. Esperamos que a NOVA SECRETÁRIA, que será nomeada brevemente tenha pelo menos 10% da capacidade do José Henrique . TENHO DITO.

    18 13 Responder

  • sincero | 2 anos, 6 meses atrás

    O maior culpado disso tudo são os nossos governantes que escolhemos nas urnas, ao invès de ajudarem a população, roubam e enriquecem as nossas custas, se todos verificarem nos principais jornais como uol, o estado de minas, o estadão de São Paulo, veremos que o governo federal e estadual não estão repassando dinheiro para as prefeituras fazerem obras e melhorias nas cidades, esse é o reflexo do nosso voto.

    2 2 Responder

  • SUPERSALÁRIO | 2 anos, 6 meses atrás

    QUEM QUER DINHEIROOO? SALÁRIO DE SECRETÁRIO DE SAÚDE, 15 MIL REAIS, ALGUÉM ACEITA???? SECRETÁRIO CRITICA PREFEITO JOSÉ EUSTÁQUIO POR SALÁRIO BAIXO, PEDE PRA SAIR, E DEIXA A SAÚDE DE PATOS DE MINAS EM SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PÚBLICA.

    28 15 Responder

  • Salete Silva | 2 anos, 6 meses atrás

    O novo Secretário de Saúde preferido da população patense é o sr. PAULO MOTA, esse é o cara que resolve tudo nessa Zona Municipal 2017-2020 e nesse (DES)GOVERNO atual! FORA ZEZÃO, VOLTA PEDRÃO!

    6 16 Responder

  • Frango | 2 anos, 6 meses atrás

    Mas não se preocupem pessoal, o prefeito vai escolher um apadrinhado político de algum coronel da cidade ou vai dar o cargo para algum ex vereador (não eleito nas últimas eleições). É sempre assim, pessoas competentes não esquentam a cadeira.

    6 8 Responder

  • Pacato Cidadão | 2 anos, 6 meses atrás

    Não tô entendendo nada, nos comentários dessa reportagem só elogios ao secretário, mas a área da saúde na cidade vai de mal a pior. Alguém pode explicar isso?

    36 11 Responder

  • Maria clara | 2 anos, 6 meses atrás

    É uma pena perdemos um excelente profissional,pessoa do bem minha mãe trabalhou na sua casa ,graças à ajuda de vocês consegui fazer uma faculdade ,tem filhos lindos é uma esposa de um coração e bondade infinita ,mas a vida tem dessas coisas curta seus filhos boa sorte no novo emprego

    16 33 Responder

  • Maria clara | 2 anos, 6 meses atrás

    Que pena minha mãe trabalhou na sua casa você e sua esposa são pessoas especiais com a ajuda da sua família conclui a faculdade ,creio que seu trabalho vai fazer muita falta para todos nós

    12 30 Responder

carregar mais comentários