Operação Aquiles tem mais de 30 pessoas presas, drogas, carros de luxo e cavalos de raça

Um laboratório usado para refino de droga foi encontrado na cidade de Uberaba.

publicado em 02/12/2019, por Maurício Rocha


–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

Reportagem atualizada às 15h48 desta segunda-feira (02)

Os promotores do Gaeco de Patos de Minas, Paulo César Freitas e Kleber Couto e o comandante da 10ª Região da Polícia Militar, coronel Waldmir Soares apresentaram o balanço parcial da Operação Aquiles, desencadeada na manhã desta segunda-feira (02) nas cidades de Monte Carmelo, Coromandel, Uberaba, Uberlândia e Prata. Mais de 30 pessoas foram presas e uma grande quantidade de drogas e materiais ilícitos foram apreendidos. Um laboratório usado para refino de droga foi encontrado na cidade de Uberaba. Até cavalos de alto valor foram apreendidos.  

O promotor de Justiça Paulo César de Freitas explicou que as investigações em torno da organização criminosa começaram em fevereiro deste ano. A apreensão de adolescentes arregimentados pelo grupo na cidade de Monte Carmelo abriu caminho para chegar aos líderes da organização que segundo o Ministério Público fornecia drogas para diversas cidades de Minas e também de outros Estados.

Com os mais de 30 suspeitos presos, os policiais militares apreenderam cerca de 3kg de maconha, uma grande quantidade de crack, quatro armas de fogo, dinheiro , 17 veículos, incluindo carros de luxo e cavalos de raça avaliados em até R$ 50 mil cada um. Segundo o promotor Paulo César de Freitas, os líderes da organização usavam o Aras para lavar o dinheiro do tráfico de drogas.

Com a prisão dos envolvidos, o Gaeco poderá aprofundar nas investigações. Segundo Paulo César de Freitas a Operação terá novos desdobramentos, inclusive com a elucidação de homicídios cometidos pelo grupo. 

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da 10ª RPM, foram alcançados os seguintes resultados: a dissipação de um local de refino e processamento de drogas; 35 pessoas presas, sendo 28 em cumprimento aos mandados e 12 prisões por flagrantes; 122 gramas de cocaína; 68 gramas de crack apreendido; 3,531kg de maconha apreendida; 11 gramas de pasta base; 4 armas de fogo; 50 munições; 23 veículos de luxo apreendidos; 1 computador apreendido; 38 celulares apreendidos; R$9.669 em dinheiro apreendidos; e cavalos de grande valor em um haras que é fruto de uma lavagem de dinheiro também foram apreendidos.

Autor: Maurício Rocha Postado em 02/12/2019
Compartilhe:

31 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Urt | 1 semana, 3 dias atrás

    Gente vamos nos unir e todos pedir para nossa cidade já foi muito segura e boa de morar mais agora tá muito ruim cadê os policiais por favor tá dimais as ruas a crimalidade tá ganhando espaco

    0 1 Responder

  • MINEIRO | 1 semana, 3 dias atrás

    FALTA AGORA PRENDER O TRAFICANTE E ASSASSINO DA RUA 26 DO QUEBEC

    1 2 Responder

  • Pego o mico | 1 semana, 4 dias atrás

    Eu queria saber do promotor ! E a quelé dinheirão que pagou para a polícia do Paraná a pouco mais de um mês para prender o povo que já está tudo nas ruas? Que justiça que é essa,?. Daqui uns dias os bandidos das cidades vizinhas vão migra a qui em Patos ,aqui está fácil de mais de roubar e ficar inpuni .

    2 13 Responder

  • PATENSE | 1 semana, 4 dias atrás

    Parabéns Polícia Militar e ao GAECO/Ministério Público

    11 3 Responder

  • Lagoense Feliz | 1 semana, 4 dias atrás

    Na minha modesta opinião, estas operações de nomes criativos não passam de desperdício de dinheiro público, pois todos sabemos que a justiça brasileira é lenta, falha e ninguém fica preso neste país. Aposto que estes presos não ficam 5 dias fechados. Só queria saber umas coisinhas da justiça: Por onde andam os policiais civis que foram presos por corrupção na última operação em Patos? Por onde anda o policial militar que furtou e incendiou uma motocicleta em Patos? Por onde anda o médico suspeito de homicídio contra a namorada? A justiça brasileira é lenta,falha e não pune ninguém. Jsf

    20 7 Responder

    PATENSE - 1 semana, 4 dias atrás

    Se for olhar a parte da justiça os bandidos tomam conta do país. Se o STF não faz a parte dele está certinho as polícias e e Gaeco meter o pau nesses canalhas.

    2 3

  • Lord | 1 semana, 4 dias atrás

    Parabéns à polícia e ao Ministério público pela eficácia .

    14 9 Responder

  • Chakal | 1 semana, 4 dias atrás

    Acho que a promotoria precisava dar uma olhada nessa máfia que aparentemente existe entre os postos de combustíveis aqui em PATOS de Minas, os combustíveis são mais caros que em todas as cidades da região.

    30 2 Responder

    HONESTO - 1 semana, 4 dias atrás

    estude e tente descobrir o porque vai ver como é simples e não tem nada haver com máfia .

    1 3

  • Hromeu | 1 semana, 4 dias atrás

    Qdo uma empresa cobra por um serviço e não entrega, isso tbem é crime, certo ? errado, a copasa, faz isso há anos, e nenhum promotor, MP. ninguém faz nada, será porque ?

    91 4 Responder

    Curinga - 1 semana, 4 dias atrás

    Teve sim, o senhor promotor José Carlos ingressou com ação contra a Copasa e veio a público dar resposta, ele disse em entrevista na NTV que o Estado é o maior acionista e mandou os desembargadores darem parecer contra o pedido dele, pois se a Copasa perder, o Estado tem gastos.

    2 0

  • Avenida Marabá | 1 semana, 4 dias atrás

    Agora falta pegar os traficantes, ladrões de banco, esquentadores de chassi de caminhão, e que se tornaram empresários em Patos de Minas. Vivem de aluguéis, carros de extra-luxo, até correm de carro, e continuam roubando. Na cara da polícia!!! Pega esses aí, Promotor ... Tá fácil.

    74 3 Responder

    PATENSE - 1 semana, 4 dias atrás

    Se vc sabe tanto assim, seu dever é passar a fita para a Polícia Civil, Militar e Gaeco. Não ficar escondendo crime que vc conhece, assim vc está conivente e omisso!!! Valeu?

    0 1

  • CIDADAO | 1 semana, 5 dias atrás

    so faltou o traficante E ASSASSINO da rua 26 do QUEBEC

    31 2 Responder

carregar mais comentários