349669 2216 Ok
Cemil 2017
Postado em 08/06/2017
Compartilhe:

Investigação mostra que presos em liberdade condicional não respeitam determinações da Justiça

Para cumprir a pena em liberdade, os condenados beneficiados devem prestar contas mensalmente ao Judiciário.

Dos 38 recuperandos avaliados pelos investigadores, apenas oito cumpriam as regras.

Um trabalho de investigação realizado pela Polícia Civil na cidade de Carmo do Paranaíba mostra um total descaso dos condenados que recebem o benefício da liberdade condicional com  as regras do benefício. Dos 38 recuperandos avaliados pelos investigadores, apenas oito cumpriam as regras estabelecidas pela Justiça para concessão do benefício. E o que é pior, condenados por homicídio, tráfico de drogas e roubo estão aproveitando da liberdade para continuar a cometer crimes.

Para cumprir a pena em liberdade, os condenados beneficiados devem prestar contas mensalmente ao Judiciário de suas atividades e fornecer prova de trabalho, recolher-se a sua moradia até as 21h00, salvo motivo de trabalho noturno devidamente comprovado, comunicar ao Judiciário qualquer mudança de endereço, não se ausentar da sede da Comarca sem prévia autorização do Judiciário, não fazer uso de bebida alcoólica, não frequentar bares ou lugares suspeitos, não praticar crime ou contravenção e pagar as custas do processo a que foi condenado, no prazo de 90 dias após sua saída da unidade prisional, se não estiver amparado pela lei nº 1060/50.

Durante dois meses, investigadores da Polícia Civil, coordeandos pelo delegado Italo de Oliveira Cardoso, analisaram o comportamento de 37 condenados que cumprem pena em liberdade condicional em Carmo do Paranaíba. Eles fizeram pesquisas por ocorrências policiais em nome dos recuperandos, entrevistaram familiares e vizinhos e fizeram diligências para acompanhar o dia-a-dia dos beneficiados. Segundo o delegado regional, Luiz Mauro Sampaio, a constatação é de que a grande maioria descumpriu pelo menos uma das regras impostas pela Justiça.

Dr. Italo Boaventura - Delegado de Polícia.

“Surpreendentemente, dos 38 indivíduos fiscalizados nesse período, constatou-se que 30 descumpriram ao menos uma das medidas, revelando o descaso desses cidadãos infratores em relação às normas sociais e legais, além do desrespeito às instituições Policiais e Judiciárias”, destacou o delegado.

Foram investigadas pessoas condenadas por Homicídio, Tráfico de Drogas, Roubo, Lesão Corporal, Incêndio, Estupro de Vulnerável, entre outros crimes, que cumprem pena em liberdade condicional. “Em muitos casos, ficou claro que os infratores se aproveitam da liberdade para prosseguir em suas atividades ilícitas” afirmou o delegado Italo de Oliveira Cardoso.

Os resultados das fiscalizações são remetidos ao Judiciário para análise das providências cabíveis. Vários já foram intimados a prestar esclarecimentos. Três deles estão presos novamente pelo cometimento de outros delitos. Esse mesmo tipo de fiscalização é feito em Patos de Minas através da “Operação Colheita” que já tirou dezenas de condenados das ruas.

Autor: Maurício Rocha

Nego Duro - Rodapé Notícias
Postado em 08/06/2017
Compartilhe:

20 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • DIMITRI NISHIMURA | 2 semanas, 1 dia atrás

    A matéria simplesmente torna público o que todos já sabem: o indivíduo já é bandido, por que cumpriria a lei ? Não sei se é inocência ou idiotice, acredita que um infrator da lei condenado, após sair da cadeia vai se transformar em um anjo cumpridor com seus deveres de cidadão.

    4 0 Responder

  • gamela | 2 semanas, 1 dia atrás

    É LÓGICO QUE NÃO ! POIS O ESTADO NÃO OFERECE ISSO ! A PUNIÇÃO TEM QUE SER COM ESCOLA E TRABALHO , UAI ,E NÃO COLOCAR O CIDADÃO ATRÁS DAS GRADES E DEIXA-LO OCIOSO !

    2 6 Responder

    Analise - 2 semanas, 1 dia atrás

    A pena tem caráter retributivo (pagar o que deve, pelo que fez) e preventivo geral (intimidar as demais pessoas a não praticar o ato ilícito). Ressocializar é modismo criado pelos defensores de bandidos e, implantado através da Lei de Execução Penal. Se for assim, vamos ressocializar o "Juiz Lalau do TRT/SP" e os políticos atuais, pois estes não tiveram oportunidades na vida. A solução é básica msm, encarcerar o lixo social. O problema do brasileiro é jogar a responsabilidade e a culpa no Estado. A culpa é do caráter da pessoa e a responsabilidade pela "educação" é da família.

    7 2

    gamela - 2 semanas atrás

    É MESMO , O CARÁTER RETRIBUTIVO E PREVENTIVO ,ADIANTA MUITO ,NÉ!

    1 2

  • eu | 2 semanas, 1 dia atrás

    Por isto que falo... Sou a favor do armamento. Se o judiciário não tem condições de nos dar segurança, façamos com as próprias mãos.

    4 4 Responder

  • Bolsomar | 2 semanas, 1 dia atrás

    Gente... Gente... Se um pessoa que mata, estupra não vai ter coragem de descumprir medidas??? alouuuuu ? como assim.. se sentindo confusa.

    2 0 Responder

  • mariana | 2 semanas, 1 dia atrás

    se tivesse pena de morte isso nao acontecia,brasil de merda.

    7 2 Responder

  • Lucas | 2 semanas, 1 dia atrás

    Da vontade de dar gargalhada com essa justiça, Perto de casa tem um nessa situação que ele mesmo fala "FAÇO O QUE EU QUERO COM ESSA JUSTIÇA". Pronto Falei :innocent:

    4 0 Responder

  • Olha o gás! Aumentou de novo! | 2 semanas, 1 dia atrás

    Essa bandidagem dá despesa pro Estado, só fazem covardia e a política petista arrumou vidinha de rei pra eles nas cadeias (5 refeições, motelzinho grátis, assistência jurídica, religiosa etc). Enquanto quem luta e morre de trabalhar não tem sossego. O PT instituiu a bandidagem como regra pra desestabilizar tudo no Brasil. Assim, é bom pra eles todos. Quanto pior, melhor. Se os brasileiros não acordarem rápido, o país vai acabar de vez. Aqui virou uma ditadura de políticos safados.

    6 0 Responder

  • trovao azul | 2 semanas, 1 dia atrás

    preso tem fica fechado paga pelo erro cometido ponto final

    8 0 Responder

    Professor Zeca Baço - 2 semanas, 1 dia atrás

    pagar* pelo erro

    1 1

    trovao azul - 2 semanas, 1 dia atrás

    ob professor

    2 0

  • eagorazé | 2 semanas, 1 dia atrás

    Os juizões tem é que jogar as chaves da cela fora e esquecer esses caras lá. Bolsonaro 2018.

    5 3 Responder

  • Justiceiro | 2 semanas, 1 dia atrás

    Mais isso já era de se esperar, desde que estes infratores não querem se redimir e continuam a praticar atos ilícitos contra a sociedade de bem. Tem de trancar todos de novo, ou passar fogo e mandar para vala. Pois, se tem a chance de se regenerar, mais os mesmo nem ao menos tentam. Ate quando vamos ser vitimas destes vermes.

    4 0 Responder

carregar mais comentários