Governo do Estado finalmente publica decreto criando unidade da Supram em Patos de Minas

A SUPRAM é responsável por gerenciar e executar as atividades de regularização, fiscalização e controle ambiental no Estado.

publicado em 18/12/2019, por Maurício Rocha


O decreto foi publicado no último final de semana.

Patos de Minas está mais próxima de ter uma unidade da Superintendência Regional de Meio Ambiente – SUPRAM. Depois de muita pressão, Decreto publicado pelo Governo do Estado reorganizando a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável prevê a criação da 10ª sede da Supram para atender a região do Alto Paranaíba. A publicação aconteceu no final de semana.

A SUPRAM é responsável por gerenciar e executar as atividades de regularização, fiscalização e controle ambiental no Estado. É o órgão que promove o acompanhamento do processo de regularização ambiental em todas as suas fases e decide sobre os processos de licenciamento e de autorização para intervenção ambiental. 

A instalação de uma unidade da Supram em Patos de Minas era uma reivindicação antiga, principalmente dos produtores rurais da região, que dependem da unidade de Uberlândia e enfrentam uma longa fila de espera. Existem relatos de produtores que estão há cerca de 4 anos a espera de um licenciamento ambiental.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Mesmo assim, a criação do órgão enfrentou muita resistência. Mesmo depois de um acordo com Assembleia Legislativa para a aprovação da reforma Administrativa que incluía a criação da Supram em Patos de Minas, o Governador Romeu Zema vetou a proposta. Membros do partido do Governador em Patos de Minas também se posicionaram contrários a instalação do órgão na cidade.

As opiniões contrárias a criação da Supram argumentavam que seria uma despesa a mais para o Estado que enfrenta dificuldades financeiras. Para quem depende do órgão, no entanto, é possível instalar uma unidade em Patos de Minas sem que haja novos gastos, apenas promovendo o remanejamento de funcionários e utilizando estrutura que Estado já possui na cidade. 

Foi preciso que os deputados derrubassem o veto. Agora, com a publicação do Decreto, a criação da SUPRAM em Patos de Minas finalmente poderá sair do papel. A Superintendência Regional de Meio Ambiente do Alto Paranaíba terá área de abrangência de 21 municípios, incluindo Arapuá, Araxá, Campos Altos, Carmo do Paranaíba, Coromandel, Cruzeiro da Fortaleza, Guimarânia, Ibiá, Lagoa Formosa, Matutina, Patrocínio, Perdizes, Pratinha, Presidente Olegário, Rio Paranaíba, Sacramento, Santa Rosa da Serra, São Gotardo e Serra do Salitre, Tapira e Tiros.

Autor: Maurício Rocha Postado em 18/12/2019
Compartilhe:

13 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • FORA ZEMA | 3 meses, 1 semana atrás

    Zema está fechando os quartéis de bombeiros em Patos infelizmente. O quartel da lagoa grande acaba de ser fechado. Menos atendimento à população, mais demora e mais prejuízo as pessoas. Fora Zema.

    1 4 Responder

  • Cláudio | 3 meses, 1 semana atrás

    Esse pessoal do Partido Novo, mais conhecido como Partido do ar condicionado, está me decepcionando, como podem ficar contra a Supram em Patos de Minas?

    2 2 Responder

  • Olha pra vc ver | 3 meses, 1 semana atrás

    Só tem fazendeiro comentando aqui. Um monte de gente que nem sabe pra que a entidade serve falando um montem de asneiras.

    3 1 Responder

  • Victoria | 3 meses, 1 semana atrás

    Isso é demanda pra se resolver online. Pra quê mais aluguel, contas, funcionários ?!

    5 4 Responder

    Alice - 3 meses, 1 semana atrás

    Como fazer uma vistoria on-line? Como licenciar uma área para represamento de água sem visitá-la.

    4 2

  • PLAYBOYS DA VEZ | 3 meses, 1 semana atrás

    Como pode os apoiadores do Zema de Patos serem contra o progresso da cidade? Pensam só neles mesmo.

    11 7 Responder

  • Luana Aluada | 3 meses, 1 semana atrás

    Afff o estado está falido ,parcelando salários a perder de vista e ainda quer abrir mais cabides ?

    13 6 Responder

    Andrés de Fonollosa - 3 meses, 1 semana atrás

    Bem lembrado Luana Aluada, abri mais cabides... essa SUPRAM aqui vai ser um guarda-roupas grande pois vão ser muito cabides para colocar lá dentro. Não fazem concurso com a justificativa de corte de gastos, estão fechando unidades de órgãos em muitos municipios alegando corte de gastos, querem tercerizar o serviço público e agora me vem com essa, criação de mais uma superintendencia de órgão estadual

    6 3

  • libertário | 3 meses, 1 semana atrás

    Mais uma entidade lixo que não serve pra porcaria nenhuma a não ser servir como cabide de empregos para sócios da máfia estatal.

    12 9 Responder

  • Tião | 3 meses, 1 semana atrás

    Aguardo minha licença para desmatar...

    6 6 Responder

  • Leigo | 3 meses, 1 semana atrás

    Tudo é feito on-line agora, não precisa disso aqui não. Que tipo de lavagem os politicos tao querendo embolsar? Zero necessidade disso aqui em Patos. Mais um aluguel, custos diretos e indiretos da População indo pro ralo.

    14 15 Responder

  • Empresário brasileiro não gosta de fiscal | 3 meses, 1 semana atrás

    Empresário não gosta de órgão fiscalizador. Por isso, os playboys do zema são contra.

    12 17 Responder

    PATUREBA - 3 meses, 1 semana atrás

    O Brasil só vai melhorar no dia que tivermos mais órgãos orientadores do que fiscalizadores. É um emaranhado tão grande de leis, portarias, decretos, etc... que o nem mesmo os burocratas do próprio governo não sabem o que se aplica na área ambiental, tributária, sanitária, etc... PENSO EU, Primeiro você orienta, só depois vc vem e fiscaliza e se não seguiu as recomendações aí sim MULTA. Mas o governo na verdade está preocupado mesmo é só em arrecadar. MULTA É DINHEIRO NO BOLSO. E TODO TANTO DE DINHEIRO É POUCO PARA TANTA FALCATRUAS.

    8 2

carregar mais comentários