349669 2216 Ok
Cemil 2017
Publicado em 02/05/2017
Compartilhe:

Estelionatários se passam por funcionários da Cemig para tirar dinheiro de consumidores

A assessoria de comunicação da Cemig emitiu uma nota nesta terça-feira (02) para alertar a população.

Sede da CEMIG em Patos de Minas.

A assessoria de comunicação da Cemig emitiu uma nota nesta terça-feira (02) para alertar a população sobre a ação de estelionatários que estariam utilizando o nome da companhia para tirar dinheiro dos consumidores. Segundo a Companhia, nos últimos meses, houve registro de ocorrências principalmente nas regiões Metropolitana, Triângulo, Sul e Norte de Minas.

“A população deve ficar atenta à atuação de estelionatários que utilizam o nome da Cemig em tentativas de extorsão e golpes em todo o estado”, diz a nota. A abordagem mais comum é via telefone. Se passando por funcionária da Cemig, o estelionatário informa que cliente estaria com pendências ou em situação irregular junto à Cemig e deve efetuar um depósito bancário na conta passada pelo criminoso para que a situação seja regularizada.

O gerente de Gestão e Controle da Medição e das Perdas Comerciais da Cemig, Marco Antônio de Almeida, ressalta que nenhum empregado próprio ou terceirizado a serviço da Companhia está autorizado a cobrar por qualquer serviço realizado, nem a vender produtos em nome da Empresa. “Todas as taxas são cobradas via conta de energia elétrica ou documento emitido pela Cemig e recebidas em agências bancárias e postos de atendimento Cemig Fácil”, afirma.

Outro golpe muito comum é a utilização de uniformes parecidos com os da Cemig para ter acesso facilitado às residências. Nesse tipo de ação criminosa, moradores são abordados em suas residências por pessoas que se identificam como empregados e/ou credenciados pela Cemig para prestação de serviço. A companhia ressalta que o acesso do colaborador ou prestador de serviço da Cemig está restrito ao medidor de energia elétrica.

“O cliente deve exigir a identificação daqueles que se apresentam em nome da Cemig. Todos os empregados da Companhia ou de empresas contratadas usam crachá de identificação e uniforme. Se ainda assim, após a identificação, o cliente permanecer com dúvidas a respeito da identidade da pessoa, recomendamos que ele ligue para o Fale com a Cemig, no número 116, e verifique a autenticidade da identidade ou confirme o serviço a ser realizado”, esclarece Marco Antônio de Almeida.

 A Cemig ressalta que em nenhuma circunstância seus empregados ou prestadores recebem diretamente do cliente pelos serviços realizados, seja dinheiro ou outros valores a título de remuneração por serviços, taxa de visita, uso de material ou instalação de equipamento. Todas as taxas de serviço da Companhia são cobradas e detalhadas na conta de energia elétrica. 

Fonte: Ascom Cemig

Nego Duro - Rodapé Notícias
Postado em 02/05/2017
Compartilhe:

2 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • É DURO DE ENGOLIR ... | 3 meses, 2 semanas atrás

    Já não chega os engravatados dessa Companhia que roubam há muitas décadas, agora ainda vem golpistas. Concordo com o Luiz qdo diz que pode ter pessoas da empresa orientando os golpes. Não seria a primeira vez.

    0 0 Responder

  • luiz | 3 meses, 2 semanas atrás

    se tem ocorrido nos "ultimos meses" porque essa incompetente autarquia, fonte de caixa 2 já não alertou a população há mais tempo..ou tem funcionários da própria empresa envolvidos e orientando esse golpes? tá parecendo a policia civil e militar que fica observando ladrões e traficantes mais de um ano para agir...se o crime está ocorrendo porque não cortar na raiz? não consigo entender..

    14 1 Responder