Conselho da Fepam se despede com mais de R$126 milhões em investimentos e 12.300 bolsas

O orçamento da Fepam durante a gestão chegou a R$ 670 milhões.

publicado em 18/11/2019, por Maurício Rocha


O conselho curador apresentou um balanço das ações realizadas no período.

Após quatro anos de gestão, o Conselho Curador da Fundação Educacional de Patos de Minas – Fepam – apresentou na tarde desta segunda-feira (18) um balanço das ações realizadas no período. A entidade é mantenedora do Centro Universitário de Patos de Minas – Unipam – e é responsável por administrar os recursos da instituição de ensino.

O orçamento da Fepam durante a gestão chegou a R$ 670 milhões. Desse total, R$ 96 milhões foram destinados para a distribuição de bolsas para estudantes carentes, totalizando mais de 12.300 bolsas. Outros R$ 126 milhões foram destinados para investimentos, sendo R$ 73 milhões para a realização de obras, como a do Centro de Convenções.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Além disso, a Fundação destinou recursos para mais de 600 bolsas para a realização de pesquisas e investiu na melhoria da qualidade do ensino. Para o reitor do Unipam, Milton Roberto Teixeira de Castro, de todas as conquistas dos últimos anos, a mais significativa é a nota máxima obtida junto ao Ministério da Educação.

O presidente da Fepam, Teotônio Bia Tobias França, destacou o esforço da equipe e a seriedade com a Fundação Educacional de Patos de Minas foi administrada ao longo desses quatro anos. Ele ressaltou que fez questão de agradecer aos conselheiros e ressaltou a seriedade como as decisões foram tomadas, sem nenhum envolvimento político-partidário.

O Conselho curador da Fepam era formado por Teotônio Bia Tobias França, Rone Tobias França, Márcio Roberto Abdala, Marcos Antônio Caixeta Rassi e Guilherme Caixeta Borges, Ludmila Paiva Bahia Franco e o juiz de direito Joamar Gomes Vieira Nunes. Eles serão substituídos por Alfredo Jesus Mitio Nakao, Lucas Ribeiro Marques Campos De Oliveira, Marco Antônio Nasser De Carvalho, Marcos Bruxel, Paulo Vinícius Piva Hartmann e Stael Maria De Mendonça Barra. Eles tomarão posse na noite dessa segunda-feira (18).

Imagens atualizado em 18/11/2019 • 23 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 18/11/2019
Compartilhe:

23 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Patense | 2 semanas, 4 dias atrás

    Houve mudancas no conselho e na reitoria porque não muda? São sempre os mesmos...as mesmas tetas...vej que a maioria são pessoas que não apresentam competências para ocupar o cargo...cade o MPF?

    11 9 Responder

  • Tonho | 2 semanas, 4 dias atrás

    Cambada de cabideiros de políticos, nada acrescentaram p UNIPAM. SÓ P ELES próprios.

    14 4 Responder

  • Oscar Faria Corno | 2 semanas, 4 dias atrás

    Kkkkk moça bem feito

    31 2 Responder

    Viagra - 2 semanas, 4 dias atrás

    Não diga isso. Isso não é verdade.

    2 14

  • OBSERVADORA | 2 semanas, 4 dias atrás

    Vai mostrar resultados mesmo. Na limpeza do Unipam tinha uma empresa de conservação que era terceirizada, mantinha a faculdade impecável. Eles encerraram o contrato com a tal conservadora e e agora trabalha a metade do que tinha antes na limpeza e onde trabalhavam duas ou três pessoas, tem somente uma. Quero ver resultados sem sacrificar quem mais precisa. Demitiram muitos professores, pessoal da limpeza e assim vai.

    10 5 Responder

    Observador - 2 semanas, 4 dias atrás

    Só demitem quem é contra a atual administração. Os puxa-sacos incompetentes ficam todos. Tratam a coisa pública como a própria cozinha.

    13 6

  • REALISTA | 2 semanas, 4 dias atrás

    Patos de Minas nao tem jeito, a mesma turminha mamando em todas as tetas. Uma cidade fadada ao coronelismo por todo o sempre. Os coronéis vao passando as tetas para os descendentes, e assim segue... A melhor coisa q fiz na vida foi ter caído fora aos 18 anos.

    20 11 Responder

  • Na Real | 2 semanas, 4 dias atrás

    Patos de Minas, vamos estrangerar, para ficar mais chique: Ducks of Mines, capital nacional do milho então...milho se cozinha em uma panela, pamonha se cozinha em uma panela, curau se faz em uma panela, canjica se cozinha em uma panela... então é a terra da panelinha... ops: panelona!!!

    16 17 Responder

  • João X9 | 2 semanas, 4 dias atrás

    Porque não contabilizou a quantidade de funcionários que foram dispensados por falta de verba?

    29 11 Responder

    Óbvio - 2 semanas, 4 dias atrás

    Mas é claro, se tem menos alunos não precisa de tantos professores.

    19 14

    Democracia de fachada - 2 semanas, 4 dias atrás

    A maioria dos dispensados é porque era contra a atual administração. Se der um pio contra eles, é rua na hora.

    10 4

    Joaozinho - 2 semanas, 4 dias atrás

    Qual a necessidade de se manter funcionários quando se finda as obras de ampliação que duraram mais de 20 anos?

    5 10

  • Patos | 2 semanas, 4 dias atrás

    Papel aceita tudo, que mudança boa essa Zema fez muito bem!

    21 9 Responder

    Auditor Contábil - 2 semanas, 4 dias atrás

    Entraram com quanto de dinheiro em caixa? Saíram e deixaram quanto de dinheiro em caixa?

    8 2

  • PARTIDO NOVO 2 semanas, 5 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

  • Bores | 2 semanas, 5 dias atrás

    Acabou a teta

    39 12 Responder

    Anônimo - 2 semanas, 4 dias atrás

    Só trocaram os bezerros.

    27 11

carregar mais comentários