Após decreto, movimento aumenta, mas muitos lojistas patenses permanecem de portas fechadas

A movimentação nesta tarde foi bastante reduzida, em comparação aos dias normais

publicado em 01/04/2020, por Maurício Fernandes


Mesmo após o novo decreto publicado ontem pelo prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves, que permite a reabertura do comércio no período da tarde, muitos lojistas decidiram manter suas portas fechadas em Patos de Minas. Nossa reportagem esteve no centro da cidade na tarde desta quarta-feira (01) e registrou imagens de comércios fechados e também de fila de pessoas para pagar contas em lotérica.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

O novo decreto, divulgado ontem pelo chefe do executivo patense flexibilizou o funcionamento do comércio em todo o município. Entretanto, alguns comerciantes preferiram manter suas portas fechadas. Um dia após o novo decreto ser publicado, o fluxo de pessoas nas ruas do centro até cresceu, mas está muito longe de ser considerado normal. A movimentação nesta tarde foi bastante reduzida.

As mudanças e os impactos do coronavírus podem ser vistas de longe na capital do milho. “Acredito que a situação deverá melhorar a partir de semana que vem. O pessoal ainda está com muito medo e nós estamos aqui tentando amenizar um pouco dos prejuízos”. Disse um comerciante. Nós também flagramos vários idosos caminhando tranquilamente pela cidade e pessoas formando grandes filas, principalmente nas lotéricas.

O fluxo de veículos transitando pela Rua Major Gote ainda é bastante moderado e também longe do normal. Dentre os comércios que permaneceram fechados, estão lojas de celulares, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, enxovais, utilidades e muitas outras. Um dos comerciantes que conversaram conosco disse que as pessoas estão com medo até de experimentar algum calçado ou alguma roupa e isso justifica as portas fechadas de alguns comércios.

Imagens atualizado em 01/04/2020 • 13 fotos

Autor: Maurício Fernandes Postado em 01/04/2020
Compartilhe:

77 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • esperto | 4 meses atrás

    Bom ficar mais atento prefeito, tem muito comercio ficando aberto o dia todo!

    7 8 Responder

  • Funcionária | 4 meses atrás

    Onde eu trabalho a maior parte da clientela é idosos e um grande número que moram na zona rural. Infelizmente onde trabalho virou ponto de encontro deles e espera do ônibus enquanto batem papo (dentro da loja) chegaram primeiro do que os próprios funcionários na hora de abrir. Não sabem somente olhar sem colocar as mãos no produto a ser vendido. (Toalha, roupa de cama..) e se você pedir pra não tocarem te dão uma má resposta daquelas. É complicado... só por Deus mesmo.

    18 1 Responder

    William - 4 meses atrás

    mais complicado é o... do seu chefe que te impoe trabalhar nessas condiçoes. Aposto que ele mesmo fica protegido.

    10 4

  • Matuto | 4 meses atrás

    Enquanto o povo discute se comércio abre ou fecha, eu tô aqui ouvindo as modas de viola, fumando um palheiro, tomando uma cervejinha gelada e cavucando o canto da unha do dedão do pé tranquilim tranquilim. Caba não mundão.

    10 22 Responder

    Ze - 4 meses atrás

    Kkkkkkkkk tá certinho

    1 1

  • PATENSE COM ORGULHO | 4 meses atrás

    Cadê o Ministério Público os Promotores ? Será que ninguém vai intervir é mandar fechar o comércio novamente ? Vão esperar começar a morrer primeiro ?

    20 7 Responder

  • Vieira | 4 meses atrás

    Vivemos num mundinho pequenininho aqui. Quase numa redoma de vidro. Mal passamos de PO, Lagoa Formosa ou de Varjão pra cá. Aí uns três ou quatro, só para aparecer, saem daqui para ir pro estrangeiro e trazem esta peste chinesa pra nós, mas nós não temos nem aonde cair morto. Eles vão para o HVC, HNSF... nós vamos para o Regional e São Lucas... ou seja, estaremos condenados e eles continuam a ter tudo de bom e do melhor.

    19 5 Responder

  • Gordo | 4 meses atrás

    E lamentável a torcida para q Patos, Brasil apareça bastante casos confirmados e si transformem em óbitos,q mundo estamos vivendo meu Deus,pensem um pouco pra falar e vamos elevar pensamento a Deus pra ter piedade de nós

    5 13 Responder

  • corona virus | 4 meses atrás

    na verdade tenho que concordar com o povo , para ficar em casa , se voce adoecer nao vai ter leito , nem respiradores, nem medico e remedio capacitado pra te curar .acho que o nosso gestor foi pressionado pelos comerciantes. o governador deveria rever , ou se nao ampliar hospitais e adquirir equipamentos para os proximos infectados. estes resultados demora demais deveriam ampliar para outros laboratorios fazerem os testes

    17 9 Responder

  • Joe | 4 meses atrás

    Agora, será que pra essa ''Fenamilho '' haverá milhares de pessoas em visitas a isso aqui? Será que o parque terá público como antes ? E aí, ''to be or not to be? that's the question'' !!!Não adianta em nada se resguardar agora em e em menos de um mês cair no frevo né !? :facepunch:

    8 11 Responder

    TONY - 4 meses atrás

    Você está mal informado amigo , a festa do milho foi cancelada . Claro que não teria a menor condição de acontecer !

    6 5

  • Firme no isolamento | 4 meses atrás

    Bom, eu vou continuar quietinha na minha casa, que é a recomendação da OMS e do Ministério da Saúde É uma pena que o Prefeito esteja na contramão dessas recomendações Eu é que não queria ter que conviver com essa escolha na hora que esses idosos que estão aí na rua começarem a morrer, na hora que começar a falar leitos para as pessoas.

    15 6 Responder

  • fabiano | 4 meses atrás

    Alguns falando: Ficam de porta fechada e depois vão achando que o governo é obrigado a sustentar voces. Só sei de uma coisa: O governo não é obrigado a sustentar quem está de porta fechada, mas da mesma maneira não é obrigado a garantir um leito de hospital caso você adoeça e nem sustento vitalício para sua esposa/marido/filhos caso você venha a falecer pois a recomendação da OMS é bastante clara. Nem os EUA, que são uma das maiores economias do mundo, visaram apenas dinheiro, pois decidiram deixar a economia de lado e preservar as vidas. E como o próprio Trump disse, que está temporariamente rompendo relações com o Brasil, não permitindo entrada de brasileiros em território americano nem de americanos em território brasileiro, devido a maneira que nosso querido presidente está titulando esse grave problema, ainda reiterou que esse COVID-19 não é apenas uma gripezinha, é uma doença séria e que mata.

    16 7 Responder

carregar mais comentários