Em reunião extraordinária na manhã desta quinta-feira (10), a Câmara Municipal de Patos de Minas derrubou o veto do prefeito Falcão ao Projeto de Lei que concede reajuste de 25,23% para os vereadores. Houve manifestação no plenário antes da votação, mas os vereadores não foram convencidos e mantiveram o aumento.

Os vereadores Daniel, William de Campos, José Luiz, Vitor Porto e Delei votaram pela manutenção do veto enquanto os vereadores Vicente, João Marra, Bartolomeu, Beth, Gladston, Itamar, Cabo Batista, Mauri, Carlito, Nivaldo votaram pela derrubada do veto. O vereador José Eustáquio não compareceu à reunião. Com a derrubada do veto, o reajuste de 25,23% nos salários dos vereadores passa a valer, sendo retroativo ao mês de Janeiro de 2022.

Atualmente, os vereadores de Patos de Minas recebem salário de R$ 10.109,00. Eles alegam que estão sem reajuste há seis anos e a proposta de agora, com percentual de 25,23%, é apenas uma recomposição na inflação do período. Com o reajuste, o salário dos vereadores de Patos de Minas passa a ser de R$ 12.659,00.

Vale lembrar que a Câmara Municipal de Patos de Minas aprovou recentemente um Projeto de Lei que permite ao vereador escolher o valor do próprio salário, desde que não exceda o valor estabelecido. Desta forma, pelo menos os vereadores que votaram contrários ao reajuste, podem pedir para receber menos.


Matéria em atualização