349669 2216 Ok
Publicado em 12/11/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Veículo capota e outro vai parar na parede de uma casa após desentendimento no trânsito

Os condutores dos dois veículos se desentenderam e bateram mais de uma vez.

O Siena subiu a calçada, bateu na árvore e capotou, parando com as rodas para cima.

Um acidente envolvendo dois veículos na noite desse domingo (12) em Patos de Minas quase terminou com graves consequências. Os condutores dos dois veículos se desentenderam e bateram mais de uma vez. Um dos carros capotou e o outro bateu na parede de uma casa, quase entrando na casa. Por sorte ninguém se feriu.

A condutora do carro, Ludmila Karenn Silva Correia, de 26 anos, disse que trafegava pela Rua Vereador João Pacheco em seu GM/Corsa, próxima ao Tiro de Guerra, quando foi atingida pelo veículo Fiat/Siena. Ela disse que passou a seguir o veículo para pegar a placa e ligou para a Polícia.

Ao perceber que estava sendo seguido, o condutor do Siena bateu mais uma vez no Corsa na Rua São Geraldo. A perseguição continuou até a Rua Caiapós no Bairro Padre Eustáquio, quando os veículos bateram de novo. O Corsa parou na parede da residência do senhor José Marins, que levou um tremendo susto. O Siena subiu a calçada, bateu na árvore e capotou, parando com as rodas para cima.

O condutor do Siena, Carlos Roberto de Fontes  saiu do carro e foi embora. Ele voltou logo depois com outra versão. Carlos disse que o marido de Ludmila era quem dirigia o carro e ele é que o fechou. Carlos afirmou que saiu do local porque foi ameaçado. Entretanto, segundo a Polícia Militar, ele confessou que ingeriu bebida alcóolica e foi levado para a Delegacia.

Imagens atualizado em 12/11/2017 • 20 fotos

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Autor: Maurício Rocha Postado em 12/11/2017
Compartilhe:

88 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • sniper | 1 semana, 1 dia atrás

    E quem levou a pior foi a "bicicreta" que não tinha nada a ver com a história ....

    1 0 Responder

  • Gato por Lebre | 1 semana, 2 dias atrás

    VELOZES & FURIOSOS... Não há opção no Brasil. O negócio é prevenir e adquirir um seguro total do carro!

    0 0 Responder

  • Pleonasmo | 1 semana, 2 dias atrás

    "Só por causa da arvrinha o carro não entrou pra dentro". Kkkkkkkk.

    1 0 Responder

  • Flavio | 1 semana, 2 dias atrás

    Isso tudo por causa de um pé inchado.....

    0 0 Responder

  • Fernando Braga | 1 semana, 2 dias atrás

    Andre Paulo Oliveira

    1 3 Responder

  • Dalai Lama | 1 semana, 2 dias atrás

    Que povo idiota! Isso veio ao mundo foi de chocadeira? Nisso aí não tem santo não! Cada qual mais trouxa do que o outro. Ainda bem que não teve mortes. Quanta irresponsabilidade desse povo. Tinha que cassar a CNH dos dois pra ficarem avisados, mas, infelizmente, estamos no Brasil, terra da impunidade.

    9 1 Responder

  • Caio | 1 semana, 3 dias atrás

    Imagina ambos armados e um ainda tendo ingerido álcool. Qual seria o resultado? Ninguém que defende o armamento da população olha para o lado passional do brasileiro. Brigas de trânsito e desavenças de família regadas à álcool vão virar um festival de horrores e tragédias. Se isso vale a pena pra se defender dos bandidos que o estado não consegue desarmá-los (acabando com o tráfico de armas) ai vale da consciência de cada um. Lembrando que os presidenciáveis que defendem e o PL atual sobre o armamento da população preveem que qualquer um acima de 18 anos pode ter acesso à comprar armas em lojas comuns e SEM LIMITE de calibre. Ou seja um jovem de 18 anos com transtornos psicóticos poderá comprar um fuzil AK47 sem qualquer avaliação de uma autoridade competente, sendo avaliada apenas a sua maioridade e antecedentes.

    1 11 Responder

    Ino - 1 semana, 2 dias atrás

    O desarmamento não funciona, tanto que quem quer ter arma compra ilegal.

    0 0

    Jose tiao - 1 semana, 2 dias atrás

    Fica tranquilo que nenhum desses ai passaria no exame para ter um porte de arma.

    0 0

  • Laudiceia Julia | 1 semana, 3 dias atrás

    Meu Deus. Cuide de nós estamos a mercê da violência em todo seguimento....Calma gente violência só gera violência.

    4 0 Responder

  • refletir; | 1 semana, 3 dias atrás

    A falta de respeito e de Humanidade esta geral.Para começa agente ver que tem pessoas que se acha melhor que as outra. Mas será que realmente são melhores quando fala mal, critica ,defama. Devemos ter cuidado quando falamos dos outros e esquecemos de olhar no espelho, pois estamos nos igualando a eles. Então devemos ser mais criterioso em nosso julgamento . E tentar ser melhor .O respeito e o que te faz diferente do outro.A humanidade não se divide em heróis e tiranos. As paixões do ser humano, boas e más, foram-lhe dadas pela sociedade, não pela natureza mas pelo Conjunto de toda raça humana; comportamento, da natureza humana;qualidade de ser sensível ou benévolo

    4 0 Responder

  • Marcos Ferreira X-9 1 semana, 3 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

carregar mais comentários