Sede da Justiça Federal será construída em terreno acima do Fórum no bairro Copacabana

O prédio de quatro andares será construído em terreno localizado entre os bairros Copacabana e Guanabara, logo acima de onde está o novo Fórum e do local onde está sendo construída a sede do Ministério Público.

publicado em 12/09/2019, por Maurício Rocha


O terreno está localizado entre os bairros Copacabana e Guanabara.

Superada a ameaça de perder uma das varas, a Justiça Federal de Patos de Minas trabalha agora para ter uma nova sede em Patos de Minas.  O prédio de quatro andares será construído em terreno localizado entre os bairros Copacabana e Guanabara, logo acima de onde está o novo Fórum e do local onde está sendo construída a sede do Ministério Público.

O diretor do Foro da Subseção Judiciária de Patos de Minas, o juiz federal Wagmar Roberto Silva, encaminhou ofício ao prefeito José Eustáquio destacando a importância da construção da nova sede e esclarecendo o modelo de parceria que seria utilizada para a construção do imóvel. O prédio de quatro andares segue modelo de outras sedes da Justiça Federal no Estado.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Actual Hospital - Especial Notícias

Na região escolhida, a Lei de Zoneamento não permite construção de prédios de quatro andares, mas o prefeito José Eustáquio encaminhou um Projeto de Lei à Câmara Municipal alterando o coeficiente máximo de aproveitamento de construção, o que possibilitará a edificação da nova sede da Justiça Federal. O Projeto deverá ser votado na reunião desta quinta-feira (12).

Segundo o juiz federal Wagmar Roberto Silva, a Justiça Federal de Patos de Minas vai passar a atender uma população de 450 mil habitantes em toda a região.  O prédio alugado atualmente foi adaptado para atender a demanda da Justiça Federal e não atende as necessidades do órgão. Segundo ele, a intenção era permanecer no imóvel apenas até que a sede própria fosse construída, mas 15 anos já se passaram e só agora o objetivo fica mais próximo de ser alcançado .

A nova sede será construída por um investidor e alugada para a Justiça Federal por um período de 10 anos. Após esse prazo, a Justiça Federal poderá adquirir o imóvel em definitivo. A construção deve ser feita de forma rápida, com inauguração prevista para maio do ano que vem. O presidente da OAB de Patos de Minas, Itamar Fernandes, que liderou um movimento para manter a Justiça Federal na cidade, também destacou a importância da construção da nova sede.

Imagens atualizado em 12/09/2019 • 5 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 12/09/2019
Compartilhe:

12 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Tião | 1 semana atrás

    É aí o senhor Almir Geraldo Vieira famoso Ti Coelho se deu bem de novo. Lucro pouco é bobagem!!! Kkkk Brasil

    6 0 Responder

  • Sabichão | 1 semana atrás

    Puxa vida. Nem fiquei sabendo. Só peixada mesmo.

    3 0 Responder

  • eu | 1 semana atrás

    :rage: PALHAÇADA!! A *lei* de zoneamento ***NAO PERMITE*** imóveis comerciais/nãoresidenciais nem prédios de 2 ou mais andares, muito menos de 4!!! Aquela é uma área RESIDENCIAL, UNICAMENT RESIDENCIAL e qualquer mudança é PATIFARIA da prefeitura ou quem uer que seja. Será que vão indenizar belamente as família que seráo afetadas por esse desrespeito da lei? (eu sei a resposta) Aquelas que construitam suas casa ali para terem SOSSEGO e longe da bagunça do resto da cidade? Bom, se isso se concretizar - que a lei NÃO vale - então que seja que a lei NÃO vale mesmo para todos os outros também: sem mais pagar IPTU, sem respeitar código de posturas, barulhos em frente a casa do prefeito, vacas cagando na porta da OAB, trio elétrico na casa das mães dos vereadores... Tá tudo liberado então? uma zona total.!!!!!!!!!!!!!! :rage: :rage: :rage:

    7 3 Responder

  • Indignado | 1 semana atrás

    Se fosse uma escola, uns de anos, já um prédio da polícia federal, da noite pro dia. Cachorro cheira cachorro, e Zefini.

    4 4 Responder

  • Toninho | 1 semana atrás

    Kd a materia dos agentes de saude recebendo tablet. Tablet cura o que ? Prolonga a vida de quem? Me responde por favor , no aguardo.

    5 3 Responder

    Sr. Puliça - 6 dias, 11 horas atrás

    Meu caro, o tablet nada mais é que um instrumento de trabalho. Já deveriam utilizar há tempos. Com a informatização do sistema e implantação do prontuário eletrônico, você quer eles continuem andando com prancheta e lápis para anotar as informações das famílias visitadas? Tablet não cura a vida de nínguem mas, facilita a vida e otimiza o trabalho do agente de saúde.

    1 0

  • Toninho | 1 semana atrás

    Kd a materia dos agentes de saude recebendo tablet. Tablet cura o que ? Prolonga a vida de quem? Me responde por favor , no aguardo.

    3 3 Responder

  • Olhao | 1 semana atrás

    Coitada da União, não tem dinheiro para construir um prédio, precisa primeiro privilegiar um investidor que vai construir e vender um prédio pelo preço que quiser, Brasil sendo Brasil, uns tem muito e continuarão a ter com a ajuda de tudo e de todos, agora os que nada tem continuarão a contribuir compulsoriamente para os abastados, desde a época do descobrimento o modelo das sesmarias jamais saiu de moda.

    10 0 Responder

  • Geeralldoo | 1 semana atrás

    Muito bom. Eu diria até mesmo ótimo, especialmente para esse "investidor". Mas esse filé não é para qualquer um, não é mesmo? Tem que ter sobrenome que domina a cidade há 150 anos, ou não? :eyes:

    15 25 Responder

  • Xiiii!!! | 1 semana atrás

    Vai ter licitação não? Isso pode Arnaldo?

    19 3 Responder

  • Miserê | 1 semana atrás

    Enquanto isso o quartel dos bombeiros continua uma lástima. Pra implantar um batalhão não foi preciso nem de um novo local. Já o judiciário sobra dinheiro

    17 18 Responder

carregar mais comentários