Prefeito confirma permanência no Plano Minas Consciente, mas quer manter comércio aberto

Ele destacou, no entanto, que o Administração Municipal entrou com recurso na Justiça pedindo mais prazo para manter o comércio funcionando.

publicado em 22/06/2020, por Maurício Rocha


Centro de Patos de Minas.

O prefeito José Eustáquio Rodrigues confirmou na tarde desta segunda-feira (22)  que o município de Patos de Minas vai continuar fazendo parte do Plano Minas Consciente do Governo do Estado. Ele destacou, no entanto, que o Administração Municipal entrou com recurso na Justiça pedindo mais prazo para manter o comércio funcionando.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

O Plano Minas Consciente dividiu as atividades do Estado em ondas: verde (serviços essenciais, já em funcionamento), branca (baixo risco), amarela (médio risco) e vermelha (alto risco). A região chegou a evoluir para a Onda Branca, mas o aumento de casos, principalmente das cidades da região, fez com que o Comitê Estadual recuasse. Contudo, Patos de Minas manteve o comércio aberto e o Ministério Público levou o caso à Justiça. 

O juiz Marcus Caminhas decidiu que o município deveria cumprir as medidas do Plano Minas Consciente ou abrir mão de fazer parte dele. Com a decisão de permanecer no Plano Estadual, Patos de Minas deverá manter apenas os serviços essenciais funcionando. O prefeito José Eustáquio sabe disso, mas quer mais prazo para tomar esta decisão. 

A Advocacia Geral do Município entrou com recurso solicitando ao Judiciário um prazo maior para decidir o funcionamento das atividades econômicas do município. Enquanto uma nova decisão não sai, o comércio em Patos de Minas continuará funcionando como está hoje. O prefeito José Eustáquio pediu a colaboração da população para que a cidade consiga controlar os casos de coronavírus e possa evoluir para a Onda Branca novamente.

Autor: Maurício Rocha Postado em 22/06/2020
Compartilhe:

82 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • tô ai | 1 mês, 1 semana atrás

    tem dó!

    0 0 Responder

  • Chacall Originall | 1 mês, 1 semana atrás

    O grande problema é a falta de consciência das pessoas que não usam máscaras, e da prefeitura que nao contrata funcionários pra fiscalizar e multar pessoas que não usam mascaras. Os Comerciantes e trabalhadores nao sao culpados por isso. Eles precisam trabalhar pra alimentar e pagar seus impostos. Por exemplo, a prefeitura mandou IPTU com primeira parcela em julho. Quero saber como pagar isso se não temos empregos e a prefeitura não perdoa ddívidas. Alguém precisa entrar com um mandado de segurança na justiça mudando os pagamentos do IPTU a partir de Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro 2020 .

    2 0 Responder

    a - 1 mês, 1 semana atrás

    o animal a prefeitura vai contratar e pagar como? quem paga é você cobre apenas consciência das pessoas. Para de achar que governo pode gastar

    1 0

  • Pixuleco | 1 mês, 1 semana atrás

    Decisão difícil né, quer continuar no Programa, mas não quer seguir as regras do mesmo. Assim é o Brasil, as pessoas só querem a parte boa do negócio, a parte ruim todos querem passar a vez. Vejamos: quase 200 casos confirmados, então temos quase mil pessoas contaminadas ou mais pq há subnotificação, os leitos são poucos, aumentou muito o numero de pessoas internadas. Conclusão óbvia: se não fechar, vai morrer muita gente galera. Essa é a triste realidade e o prefeito querendo jogar a batata quente nas mãos do Ministério Público para não ter que responder aos empresários. José Eustáquio, você é o prefeito cara, tem que assumir sua responsabilidade, foi pra isso que foi eleito.

    1 1 Responder

  • LUCRO | 1 mês, 1 semana atrás

    Coloquem alguém na porta dos supermercados pra verificarem o número sem fim de cerveja barata, carne de 2ª, cachaça e outras bebidas porcaria que saem dos estabelecimentos! Os que berram pra o ficarem em casa são justamente os que estão mamando os 600,00. Proíbam a venda de bebidas alcoólicas e e com certeza a cambada ficará em casa ou irão trabalhar!

    1 0 Responder

  • Cidadão | 1 mês, 1 semana atrás

    Se depender de mim o prefeito está reeleito.

    1 5 Responder

  • Piabado | 1 mês, 1 semana atrás

    EU NÃO TO NEM AÍ COM NADA DA MINHA VIDA TEM QUEM CUIDA , O QUE ELES RESOUVER BOM!KKKKK

    4 10 Responder

  • COBRADOR | 1 mês, 1 semana atrás

    QUEM JÁ PAGOU AS CONTAS HOJE?.....TA TODO MUNDO CUIDANDO DA VIDA DO OUTRO, ATÉ DA VIDA DO PREFEITO! VIXIII .

    7 2 Responder

  • Burrice | 1 mês, 1 semana atrás

    Temos um país de analfabetos funcionais que não sabem ler textos, não sabem interpretar dados, não sabem identificar notícias falsas e que adora teorias de conspiração. Tem como sair algo presta? Não dá pra dizer que falta informação nos tempos de hoje, falta é capacidade de filtrá-la, interpretá-la e usá-la na vida. O vírus se alimenta é dessa ignorância generalizada. E não são diplomas universitários que mudarão isso, com o nível de exigência pífio das faculdades, o que não falta é gente que se forma e continua ignorante para as disciplinas básicas como interpretação de texto e lógica.

    37 3 Responder

  • infelizmente | 1 mês, 1 semana atrás

    acho que o mais eficaz seria a proibição a venda de bebidas alcoólicas, pois esta esparramando é nas festinhas de final de semana onde ninguém se lembra dessa pandemia. você vai no centro e vê que pelo menos a maioria das pessoas estão seguindo as recomendações. ainda tem um ou outro que insiste em não cumprir as medidas. mas final de semana ninguém faz questão de lembrar reúne os amigos pra um churrasco, uma social, reúne a família pra um almoço... e outra restringir a circulação de pessoas colocar igual em outras cidades comercio de segunda a sexta , venda de bebida alcoólica proibida e restrição da circulação apos as 19:00h.

    22 8 Responder

    OBSERVADOR - 1 mês, 1 semana atrás

    kkkkkkkkkkkkk fecha tudo. supermercados, açougues, padarias, farmácias, restaurantes, CEASA. Coloca tapumes nas entradas e saídas da cidade. Corta a água da copasa e a energia da cemig. Ninguém entra, ninguém sai da cidade, aí vc vai ver o vírus acabar. Por que todos morrerão de fome e sede aí não sobra ninguém para ser contagiado. È ASSIM QUE VCS QUEREM VER A POPULAÇÃO DE PATOS DE MINAS???? O PREFEITO TEM RAZÃO. AH! E O BOLSONARO TAMBÉM.

    11 6

  • "Ta serto" | 1 mês, 1 semana atrás

    Deixa o comércio funcionando e intensifica a fiscalização nos churrasquinhos da cidade que as coisas melhoram 90%... e vamos usar máscaras pessoal :pray:

    18 12 Responder

carregar mais comentários