349669 2216 Ok
Publicado em 15/05/2017
Compartilhe:

Polícia Militar atua para melhorar segurança nos bairros e no trânsito de Patos de Minas

A Polícia Militar tem realizado diversas ações preventivas em Patos de Minas.

Mais de 70 famílias que moram no bairro Jardim Califórnia aderiram a Rede de Vizinhos Protegidos.

A Polícia Militar tem realizado diversas ações preventivas em Patos de Minas. A corporação aderiu ao movimento mundial “Maio Amarelo” para conter o grande número de acidentes de trânsito e está incentivando a criação de redes de vizinhos protegidos para evitar a ação de ladrões em residências.

Ao longo desse mês de maio, a Polícia Militar está realizando diversas blitzen educativas. O trabalho dos policiais consiste na distribuição de dicas de prevenção de acidentes para os condutores e passageiros. Os militares também orientam sobre o risco de dirigir sob o efeito de álcool, o excesso de velocidade e a importância do uso do capacete, do cinto de segurança e das cadeirinhas.

Para reduzir os crimes contra o patrimônio, a Polícia Militar tem incentivado a criação das Redes de Vizinho Protegidos. Este projeto já está implantando em diversos bairros da cidade com resultados expressivos. Na última semana, moradores do bairro Jardim Califórnia se reuniram com representantes da Polícia Militar para a implantação do projeto.

Mais de 70 famílias que moram no bairro Jardim Califórnia aderiram a Rede de Vizinhos e a expectativa é de que esse número cresça ainda mais. A Rede de Vizinhos permite que os moradores de um bairro estejam sempre em contato e atuando em conjunto para se prevenir contra a ação de criminosos.

Além disso, o trabalho ostensivo permanece nos quatro cantos da cidade. Na tarde desse domingo (14), um homem de 56 anos foi preso por porte ilegal de arma de fogo. No carro em que ele estava, na rua Ana de Oliveira, os policiais encontraram um revólver calibre .32 raspado e com uma munição intacta.

Imagens atualizado em 15/05/2017 • 10 fotos

Autor: Maurício Rocha

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 15/05/2017
Compartilhe:

13 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • policia sem comando | 4 meses, 1 semana atrás

    Nao precisa nada disso so precisava que os subordinados da policia fosse funcionarios igual de uma empresa e nao ficasse a DEUS dara fazendo o que querem e da forma que querem ou melhor trabalhassem mais e exaltasse menos assim teriamos uma segurança bem melhor e menos complicada... esse e meu ponto de vista

    1 1 Responder

  • Patrulheiro | 4 meses, 1 semana atrás

    Muito boa a iniciativa. Por mais que questionem ou julguem a ação da Policia, pelo menos ela está fazendo algo. Muitos só sabem criticar a ação desse agentes públicos, mas nunca os chamam para comer um churrasco, só chamam quanto não conseguem resolver sozinhos seus problemas. Na reportagem do acidente do Astra na Fátima Porto a mulher entrevistada falou ao reporter que primeiro ligou 190, quando na verdade a prioridade era 192, ou seja, é o primeiro numero que vem a cabeça o cidadão. "Há bons e maus policiais, bandido só existe ruim". Parabéns a Policia Militar, alias a todas as polícias que, apesar das criticas, continuam trabalhando em prol do cidadão.

    4 1 Responder

  • Noraldo Silva | 4 meses, 1 semana atrás

    Policia poe os moradores pra trabaia pra eles.

    2 3 Responder

  • 100% Truvão azul | 4 meses, 1 semana atrás

    Vc só vê essas placas de vizinhos protegidos em bairros de ricos....Pq é que a polícia não faz essa rede em bairros como esperança, eucarístico, Quebec....

    3 2 Responder

  • Marcos | 4 meses, 1 semana atrás

    comecem por tirar os menores ( principalmente) das ruas, n tem um dia q eu saio na rua e andando pela major gote eu n vejo um menorzinho em suas motinhas barulhentas. Obrigado.

    2 1 Responder

  • jose | 4 meses, 1 semana atrás

    hooo povinho mediucre. so sabe reclamar. nao faz nada para contribuir e ainda critica. são uns babacas mesmo.

    1 5 Responder

  • Ferreira | 4 meses, 1 semana atrás

    Vai precisar de ligar pro 190, que você vai ver o que é trabalho ostensivo. Não te atende na ocorrência, avisando que todas as viaturas estão empenhadas e não tem como te atender. Fora que quando... atende na maior falta de educação e se você insistir, ai a coisa piora.

    7 3 Responder

    Ferreirinha - 4 meses, 1 semana atrás

    Falou tudo! É isso mesmo que acontece diariamente. Por isso, a rejeição é tão grande.

    2 2

  • Patense | 4 meses, 1 semana atrás

    "trabalho ostensivo permanece nos quatro cantos da cidade" kkkkkkkkkkkk então o bairro Lagoa Grande não está nesses quatro cantos. Bairro cheio de traficantes e usuários de drogas principalmente nas proximidades do galpão e terminal rodoviário, já liguei diversas vezes para policia e nunca apareceram...

    10 2 Responder

    Patense 2 - 4 meses, 1 semana atrás

    JÁ PENSOU EM COBRAR DE OUTROS ÓRGÃOS.. TIPO MP OU QUESTIONAR PQ ESSES TRAFICANTES E USUÁRIOS ESTÃO SEMPRE POR ALI ? PQ A POLICIA VC VÊ ... AGRADE VC OU NÃO ... AGR O RESTANTE ... APÓS A PRISÃO QUE COM CERTEZA VC JA PRESENCIOU ALGUMA VEZ... TEM IDEIA DAS TAXAS DE REINCIDÊNCIA CRIMINAL NESSA QUERIDA PATOS ?

    1 0

  • Zé Pikeno | 4 meses, 1 semana atrás

    Ótima iniciativa! É assim que funciona. Agora o comando da PM poderia puxar a orelha daquele guarda que fica querendo aparecer na Getúlio Vargas.

    6 4 Responder

    Jake Grandão - 4 meses, 1 semana atrás

    Quanto custa a placa? Segurança pública paga é piada!

    4 3

    Roma - 4 meses, 1 semana atrás

    A placa é barata, ou quase de graça, tendo em vista a prevenção que proporciona por meio da participação da comunidade. Não há nenhuma taxa ou qualquer tipo de despesa, além das placas.

    4 2