PM vai em busca de menor que matou garota e prende jovem com pé de maconha

A Polícia continua em busca do adolescente que matou a garota.

publicado em 28/04/2020, por Farley Rocha


Ele disse que plantou a droga para não precisar ir até as bocas de fumo.

A Polícia Militar continua em busca do adolescente que matou Amanda Santos Silva de 20 anos, em Monte Carmelo. Nessa segunda-feira (27), durante as buscas, os policiais acabaram prendendo um jovem de 24 anos cultivando um pé de maconha. Ele disse que plantou a droga para não precisar ir até as bocas de fumo.

O fato aconteceu por volta das 15h35. De acordo com informações da Polícia Militar, após receber denúncias de que o autor do homicídio ocorrido durante a madrugada, estaria escondido na Rua Dimas Resende Monteiro, no bairro Jardim Oriente, as guarnições deslocaram até o endereço e foram recebidas pela proprietária do imóvel.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

Ela permitiu a entrada dos Policiais Militares e durante as buscas no imóvel, foi localizado duas buchas de maconha no interior da casa e um pé de maconha de aproximadamente um metro de altura no quintal da casa. A droga estava plantada em um balde. A dona do imóvel informou aos militares que desconhecia a existência desse do pé de maconha e que apesar de ser a proprietária da residência, quem mora naquele endereço seria seu filho de 24 anos.

Após contato telefônico com o suspeito, este apresentou-se à guarnição e assumiu ser usuário de drogas e que fazia o plantio para não ter que frequentar as bocas de fumo, sendo então  preso. O adolescente que já foi identificado ainda não foi localizado. As buscas continuam pela Polícia Militar.

O homicídio

Uma jovem de 20 anos foi alvo de disparos de arma de fogo durante uma confraternização na cidade de Monte Carmelo, na madrugada dessa segunda-feira (27). O suspeito dos disparos é um adolescente de 17 anos que também estava na confraternização. A vítima teria se desentendido com a tia desse adolescente e ele, por sua vez, saiu do local e retornou com uma arma de fogo. Ele disparou uma vez e, com a vítima caída ao solo, disparou mais três vezes. Ela já chegou ao hospital sem vida.

O fato aconteceu por volta de 00h15. De acordo com a Polícia Militar, a unidade recebeu uma denúncia dando conta de que uma mulher havia sido alvo de vários tiros no bairro Jardim Oriente. Os policiais foram para a rua Olegário Dornelas e se depararam com Amanda Santos Silva de 20 anos caída ao solo com ferimentos provocados por projétil de arma de fogo. De acordo com relatos de testemunhas, Amanda estava em uma confraternização com algumas pessoas e que todos faziam o uso de bebida alcóolica.

Em determinado momento, iniciou-se uma confusão e um adolescente de 17 anos, que também estava na confraternização, saiu do local e retornou pouco tempo depois iniciando novamente a confusão. Segundo a Polícia Militar,  a vítima se dirigiu para fora da casa para discutir com uma tia do adolescente e, neste momento, o menor sacou uma arma de fogo e efetuou um disparo à queima roupa contra a vítima.

Com o primeiro disparo, Amanda caiu ferida ao chão e o adolescente, não satisfeito, ainda disparou mais 3 vezes. Os disparos atingiram a garganta e a região do tórax da vítima. Logo após os disparos, ele teria fugido em direção a uma lavoura de café próxima ao bairro. Amanda chegou a ser socorrida e levada para o pronto Socorro Municipal, mas já chegou à unidade hospitalar sem os sinais vitais. O corpo dela foi encaminhado para o IML de Patrocínio e o adolescente continua foragido.

Amanda Santos Silva, 20 anos.
Autor: Farley Rocha Postado em 28/04/2020
Compartilhe:

1 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • italiano | 3 meses, 2 semanas atrás

    ue o iml nao vai fazer autopsia para ver a causa da morte nao?parou com essa bobera?deve ser coronavirus.

    5 0 Responder