PM prende vários por tráfico, posse ilegal de arma e poluição sonora em São Gotardo

Acusados de tráfico, posse ilegal de arma de fogo e poluição sonora deverão responder na justiça pelos delitos.

publicado em 11/03/2019, por Farley Rocha


 Em uma residência na Zona Rural foram encontrados e apreendidos 1 pistola calibre .380,carregada com 11 cartuchos intactos.

A Polícia Militar de São Gotardo mais uma vez levou várias pessoas para a delegacia na última semana. Acusados de tráfico, posse ilegal de arma de fogo e poluição sonora deverão responder na justiça pelos delitos. Entorpecentes, armas, aparelhos de som, veículos e vários outros materiais foram apreendidos.

A primeira ocorrência de tráfico de drogas aconteceu na segunda-feira (04). Os operadores do Olho Vivo observaram uma movimentação de usuários de drogas adquirindo entorpecentes em uma casa que fica às margens do córrego que divide os bairros Lírios do Campo e Boa Esperança, local constantemente denunciado via 190.

O responsável pelo tráfico, Marcos Antônio Pereira, 30 anos, conhecido como “Jackie Chan”, chegou a sair correndo no meio do mato, porém foi alcançado e preso. Durante as buscas foram encontrados e apreendidos 4 tabletes de maconha, 1 bucha de maconha, 1 pedra média de crack, R$55,00, 1 canivete, 5 celulares, 1 tablet, 1 recipiente contendo espoletas para cartuchos de arma de fogo.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

A segunda ocorrência de tráfico foi registrada na quinta-feira (07) no bairro Nossa Senhora de Fátima. Após denúncias, os policiais foram verificar e perceberam que um indivíduo dispensou algo no chão. No momento em que ele percebeu que seria abordado, entrou rapidamente para dentro de casa, porém foi alcançado.

No bolso de Emerson Ferreira Dias, 32 anos, foi encontrada a quantia de R$475,00. Ao verificar o local onde ele estava, foram localizadas 10 pedras de crack, embaladas e prontas para serem comercializadas. Emerson foi preso em flagrante delito e apresentado na Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o dinheiro e droga apreendidos. Emerson é reincidente nessa prática delituosa. Foi preso por duas vezes em 2018 pelo mesmo crime.

O terceiro registro de tráfico na semana passada em São Gotardo aconteceu na sexta-feira (08), por volta das 23h00. Os militares abordaram um adolescente de 17 anos na área central da cidade, o qual se comportou de forma a gerar suspeição ao ver que a viatura policial se aproximava. Durante busca foram encontradas em sua posse 24 pedras de crack e 02 frascos contendo “loló” (lança-perfume). A droga e o adolescente foram apreendidos. Após o registro dos fatos e conforme orientação do Delegado de plantão, o adolescente foi liberado para o responsável legal.

Teve prisão também por porte ilegal de arma de fogo. No sábado (09), por volta das 01h30, os operadores do Olho Vivo flagraram o momento em que um indivíduo que estava na praça do bairro Boa Esperança sacou uma arma de fogo que portava na cintura e apontou para outras pessoas que estavam no local.

Quando ele percebeu a aproximação das viaturas policiais, se desfez da arma e entrou em um bar. Emerson Fernando Ribeiro de 32 anos foi abordado e preso em flagrante delito. O revólver foi encontrado na carroceria de um caminhão que estava estacionado nas proximidades, sendo este apreendido.

Anderson Modesto Cunha, 38 anos, indivíduo para o qual havia 02 mandados de prisão em aberto expedidos pelo juízo da comarca de Uberlândia/MG também foi preso durante a semana em São Gotardo.  No sábado (09), por volta das 11h00, a guarnição policial de São Gotardo foi solicitada para apoiar Agentes de Inteligência oriundos da cidade de Uberlândia/MG, para abordar uma fazenda onde eles tinham a informação de que nela havia um indivíduo foragido da justiça.

Durante a abordagem da residência rural, os militares depararam com Anderson e durante as buscas na residência foram encontrados e apreendidos 1 pistola marca CZ 75 P-07, calibre .380, numeração suprimida, carregada com 11 (onze) cartuchos intactos, R$2.323,00, 2 celulares, 1 DVR de sistema de câmeras, 1 caminhonete Toyota/Hilux e 1 CRLV da referida caminhonete.

Anderson foi preso em flagrante delito pela posse ilegal da arma de fogo e pelos dois mandados judiciais, sendo ele entregue na Delegacia de Polícia Civil de Araxá, uma vez que a fazenda, local da abordagem, fica no município de Campos Altos/MG.

A quarta ocorrência de tráfico de drogas em São Gotardo foi no sábado (09), por volta das 21h20min, na Praça Ciro Franco. Durante patrulhamento, a guarnição avistou um adolescente de 17 anos, o qual é contumaz na prática de tráfico de drogas. Quando ele percebeu que seria abordado, saiu correndo, porém foi perseguido e alcançado.

Durante as buscas foram localizados em seu poder um invólucro contendo crack em pó e R$20,00 em dinheiro. Diante das reiteradas denúncias que o indicam como chefe do tráfico nas imediações da Praça Ciro Franco, os militares diligenciaram na residência dele, sendo que a mãe do adolescente autorizou as buscas e, no quarto dele, foram encontradas em seu guarda-roupas 33 pedras de crack e 01 lâmina com resquícios da droga.

E dois acabaram na delegacia por causar poluição ambiental/sonora. De acordo com a Polícia Militar, devido às recorrentes ligações que chegam via 190 de pessoas reclamando de perturbação do sossego causadas por som automotivo, principalmente de pessoas que moram nos bairros Residencial Garcia e Jardim Novo Mundo, foi montada uma operação policial em conjunto com a Polícia Ambiental.

Foi utilizado na operação o aparelho de medição de ruídos (Decibelímetro), resultando, após as medições comprovarem a ocorrência de poluição sonora, nas apreensões de 2 aparelhos de som automotivo, 1 alto-falante Tornado, 4 cornetas Selenium, 1 módulo de potência 3200, 4 alto-falantes Pioneer 200, 1 módulo de potência 2200, e2 veículos, sendo um GM/Astra e um Fiat/Pálio Weekend.

Foram lavrados em desfavor dos proprietários dos veículos os devidos autos de infrações FEA, por causar intervenção de qualquer natureza que resulte ou possa resultar em poluição, degradação ou dano que prejudique a saúde, a segurança e o bem estar da população (poluição sonora). E os autores foram presos em flagrante delito, por em tese, ter infringido o artigo 54 da lei 9.605/98, sendo encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil em Patos de Minas para ser lavrado o APFD.

Imagens atualizado em 11/03/2019 • 6 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 11/03/2019
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.