PM e fiscais autuam diretor de empresa por descumprir regras contra a COVID-19

De acordo com a Prefeitura e Polícia Militar, foi constatado que havia aglomeração de pessoas dentro e fora da indústria.

publicado em 23/03/2020, por Farley Rocha


A Polícia Militar e Fiscais Sanitários da Prefeitura estiveram na empresa na tarde desta segunda-feira (23).

Fiscais e PM estão visitando estabelecimentos para verificar se as normas determinadas pelo Executivo municipal estão sendo cumpridas. Denúncias da população têm sido importantes no trabalho

O diretor administrativo de uma indústria alimentícia situada no Bairro Cidade Nova recebeu voz de prisão na tarde desta segunda-feira (23) porque a empresa estava descumprindo determinações do poder público para impedir a propagação da doença Covid-19 (coronavírus). A fiscalização de fiscais sanitários da prefeitura e da Polícia Militar está acontecendo para evitar a propagação do vírus.  A empresa negou a falta de cuidados.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

De acordo com a Prefeitura e Polícia Militar, foi constatado que havia aglomeração de pessoas dentro e fora da indústria, que não adotou regras de comportamento de segurança para conter a transmissão do vírus. O problema ocorria sobretudo no local do relógio de ponto e nos vestiários, em especial durante a troca de turno, uma vez que a empresa possui mais de 900 funcionários. De acordo com o Capitão Ferreira, tais condutas caracterizam desobediência e descumprimento dos artigos 268 e 330 do Código Penal Brasileiro.

Esse não foi o único trabalho da fiscalização para combater o coronavírus em Patos de Minas, amparado por dois decretos publicados nos últimos dias (4.789 e 4.793). Pela manhã, diversos estabelecimentos foram fiscalizados e, das 12 denúncias recebidas via 190 e Vigilância Sanitária, cinco notificações por escrito foram emitidas e sete proprietários receberam orientações verbais. A maioria está relacionada a aglomeração de pessoas e a locais de atendimento ao público que não cumprem as regras preventivas de acesso.

As equipes vão continuar o trabalho de fiscalização enquanto perdurarem as condições atuais. E, para que as ações sejam efetivas, os números da Vigilância Sanitária estão disponíveis para receber denúncias de locais que estejam abertos (quando a norma determina o seu fechamento) ou que estejam funcionando indevidamente. O relato de quaisquer dessas situações pode ser feito por meio dos telefones: 3822-9803; 3822-9623 ou 9-9969-4831 (número utilizado em regime de plantão). O descumprimento do decreto também pode ser denunciado diretamente à Polícia Militar por meio do 190.

De acordo com o setor jurídico da empresa, a aglomeração aconteceu devido à presença dos policiais que acabaram chamando a atenção. A advogada ressaltou que é preciso haver bom senso, não podemos deixar as pessoas morrerem de fome, nem deixar fechar as empresas. É uma questão do governo politicamente decidir de forma razoável para todos, nem só para o lado do empregador, nem só para o lado do empregado. Ela informou que o diretor assinou o TCO na própria empresa, não sendo conduzido até a delegacia.

Autor: Farley Rocha Postado em 23/03/2020
Compartilhe:

105 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Patricia | 6 meses atrás

    Espero mesmo q resolva pois hoje dia 24 /03 /20/2020 não mudou muita coisa aqui espero q as coisas ser resolva quando a polícia chega começa a camufla as coisas esconde as verdade isso e horrível pois quem trb aqui sab a real situação todos precisa do emprego tem filho as contas mais precisa também previ está doença q pode pega em qualquer um de nós

    28 5 Responder

    Daniel - 6 meses atrás

    Filma e entra no ministério do trabalho, pedindo demissão po justa causa a seu favor

    4 6

  • Pirilampo | 6 meses atrás

    Essa doença é discriminatória, vai acabar com todos os pequenos e médio empreendimentos comerciais. Não vai sobrar um sequer sem quebrar. Doença pra acabar com pobre e classe média.

    20 2 Responder

    Cleiton - 6 meses atrás

    Amigo se o governo fizesse o seu trabalho não aconteceria isso, para estuprar o povo brasileiro com seus autos impostos ele faz, até o momento não se ouve o mito falar em cortar impostos sobre alimentos e combustível para a população.

    2 7

  • Si liga | 6 meses atrás

    Interessante mesmo é oq o dinheiro faz né?um rico dono de redes de supermercados consegui liminar para o supermercado bernardao voltar com horário de funcionamento normal,deve ser porq os funcionários são imunes né?? Cadê o respeito..oq adianta pedir pra população ficar em casa quando o supermercado vai ficar aberto até tarde da noite..sendo que em todos eles já tem funcionários com suspeita da doença

    9 4 Responder

  • PATENSE COM ORGULHO | 6 meses atrás

    Em BARES funcionando na Rua Ponto Chic estão ficando com meia porta aberta e atendendo os clientes escondido. Tem churrasquinho funcionando na Ponto Chic a noite . Tem disk bebidas funcionando na Ponto Chic e vendendo diretamente pro cliente

    4 4 Responder

  • MMR | 6 meses atrás

    Concordo que certas empresas/ comércios não podem fechar porque se não aí sim entramos totalmente em crise. Mas a segurança vem em primeiro lugar. E a consciência devem ser de todos desde dos donos até a população que já sabem como evitar aglomeraçoes.



    5 9 Responder

  • Kk | 6 meses atrás

    Devem fiscalizar Riber KWS fábrica funcionando normalmente

    13 33 Responder

    INDIGNADA - 6 meses atrás

    FUI NA FARMACINHA BUSCAR REMEDIO PRA MINHA MAE, NA PORTA DO LABORATORIO CEPAC, ESTA FUNCIONANDO NORMALMENTE E COM AGLOMERAÇÃO DE PESSOAS, NA PORTA DO BANCO SICOOB NAO PODE ENTARR MAS TAVA UMA MUVUCA DE GENTE TUDO AGLOMERADO DO LADO DE FORA JA NA FARMACINHA OS ASSENTOS ESTAO LONGE UM DO OUTRO , ESTE BEM ORGAZIDO O PESOAL DE MASCARA E ALCOOL GEL SENDO FORNECIDO SEM TUMULTO DE GENTE

    6 9

  • Lorrane | 6 meses atrás

    A única medida adotada pela empresa foi o álcool em gel na entrada! Não forneceram máscara, nem luvas! Nem se quer reduziram o quadro de funcionários, ou reduziram a jornada de trabalho.. E quem tem família? Continua trazendo o risco pra dentro de casa?

    29 13 Responder

    Caroline - 6 meses atrás

    Médicos, enfermeiros, policiais, bombeiros, faxineiros todos tem família assim como os profissionais desta indústria de ALIMENTOS, quem tem família tem fome. Em um momento de calamidade, quem pode ficar em casa tem a obrigação de ficar e desacelerar o máximo possível a velocidade da transmissão das doenças. Quem trabalha com alimentos assim como todos os profissionais acima citados tem a obrigação de em um momento de calamidade como este estar na linha de frente e se expor assim como as outras profissões que são fundamentais para manter o mínimo de equilíbrio. Quem tem família tem fome certo? Está faltando luvas para máscara e luvas para médicos e enfermeiros, porque ao invés de reclamar e denunciar as pessoas não pensam que talvez possam ajudar? Luva é mais complicado, mas máscara é possível fabricar.

    14 21

    Lorrane - 6 meses atrás

    Eu faço a minha parte, e estou em casa, e agradeço de mais por ter cada um desses profissionais em linha de frente! Empresas de alimentos essenciais devem sim permanecer aberta ! Alimentos essência agora eu creio que milho, molho, goiabada não seja alimentos essenciais!! Agora você já pode ir ajudar e ir destribuir milho para esses profissionais com certeza vai ser de grande ajuda !

    21 10

  • Juizo | 6 meses atrás

    Ta difícil a empresa só pensa nos lucros,e por outro lado os pais de familia precisa levar o pao na mesa .entao fazer o que?que Deus possa guardar cada um ali.porque se depender das empresas ta lascado.

    25 13 Responder

    Caroline - 6 meses atrás

    Verdade e o pão tem que sair de empresas como estás né?

    4 15

  • Wellington | 6 meses atrás

    Se a polícia ta tão preocupado como a saúde do povo por que num foram na transgraos La os funcionários tão trabalhando normal

    15 9 Responder

    Caroline - 6 meses atrás

    Porque por acaso é uma trasportadora de grãos que é a base da alimentação do brasileiro! E também de ração animal que é aquele bichinho que vocês não abrem mão de comer ou mesmo das galinhas para botarem ovo. Se faltar grão, vai faltar pão, macarrão, carne e ovo.

    15 8

    Resposta para Caroline - 6 meses atrás

    E a Minas Mais Alimentos é o quê heim Caroline ?Até onde eu sei é empresa alimentícia. Tenhamos bom senso.

    8 10

  • Denúncia Ministério Publico | 6 meses atrás

    Vamos denunciar a PM no ministério público e no judiciário. Não há estado de sítio no país. Causando pânico e medo nas pessoas. Estão abusando da autoridade e extrapolando os limites da lei. Queimando o filme literalmente. Sob ordem do prefeito José Eustáquio.



    25 10 Responder

  • Lei de Abuso de Autoridade | 6 meses atrás

    Produção de alimentos são serviços essenciais. Cabe abuso de autoridade da PM que tá cometendo diversas atrocidades simplesmente por promoção pessoal. Muito infeliz essa ação da PM.

    34 16 Responder

    Tomate - 6 meses atrás

    Promoção pessoal? É questão de saúde pública, uma família perder um ente querido não é o mesmo que uma empresa perder um funcionário e simplesmente substituir por outro.

    17 9

    Raul - 6 meses atrás

    É serviço essencial desde que mantenham seus funcionários em segurança, o que não estava acontecendo nessa empresa, se uma pessoa se contaminar, diversos outros funcionários tbm se contaminarão e consequentemente seus familiares. Para que seu alimento chegue em sua casa, é necessário sim uma ação da PM quando não se vê o lado do funcionário. Muito FELIZ essa ação da PM.

    30 9

  • Indignada | 6 meses atrás

    Hahaha....então vocês tratem de acelerar porque pode ter certeza que tem muita empresa que tá nem aí pra essas cautelas a serem tomadas.

    22 4 Responder

  • Willian | 6 meses atrás

    Podem voltar na minas mais, que não adiantou nada, todos sem mascaras e sem luvas que não são fornecidas pela empresa, o quadro de funcionarios continua o mesmo, muita aglomeração de pessoas a todo momento e em todos os setores, pontos entragados que demoram mais e juntam mais pessoas, fila para entrar, fila para almosar,fila para ir embora ,focos de dengue por todo lado!! minas mais é terra sem lei!!

    34 27 Responder

  • Brás | 6 meses atrás

    Radicalismo não vai resolver, o corona é um caso grave porém, se parar as empresas, em poucos dias vai faltar alimentos, vai faltar grana para pagar as contas e o colapso será inevitável, vamos pelo caminho do diálogo, coerência e treinamento, prender e proibir não é o caminho, uma empresa como a minasmais é super importante para todos nós

    46 11 Responder

    Sabão - 6 meses atrás

    Realmente é difícil gerir uma situação assim... mas ainda acho que “Saúde é o que interessa, o resto não tem pressa” e “saúde e paz, o resto a gente corre atrás”.

    11 10

    Pedro - 6 meses atrás

    Tá bom, Milho e molho é super importante na alimentação, ninguém pode ficar sem...kkkkk...fala sério...o problema não é a produção destes alimentos, mas sim a desordem que existe nessa empresa, nenhum método para tentar diminuir a contaminação foi realizado, filas para entrar no vestiário, filas para bater ponto, filas para sair sem distanciamento de segurança, ninguém de máscara ou luvas

    23 10

  • Formigão da carreta 111 | 6 meses atrás

    Já tou desemprego à dois anos já to acostumado a ficar em casa espero que esta epidemia passa logo eu tenho muita fé em Deus nosso criador amém.



    37 0 Responder

    Caroline - 6 meses atrás

    Me ensina!! Tá vivendo de quê? Vai comer o quê?

    1 17

  • :D | 6 meses atrás

    Logo está empresa que gera mais de 1000 empregos estará saindo de Patos, assim como a Nidera. Uma industria deste porte está cheio de cidades interessadas em leva-la oferecendo oportunidades melhores.As pessoas deveriam ter mais consciência da importância de uma empresa deste porte tanto para a cidade como para a região. Depois quando for embora não adianta ficar lamentando e reclamando da falta de emprego.

    42 12 Responder

    realidade para populaçao - 6 meses atrás

    Vai trabalhar la então ...

    3 23

    jes - 6 meses atrás

    Nindera foi comprada pela Syngenta. E não fechada

    13 4

    Ex. Func - 6 meses atrás

    Pagando esse salário péssimo e explorando funcionário pode ir mesmo.

    9 17

    Silvia - 6 meses atrás

    Tá querendo é ficar em casa né? Aí fica fazendo denúncia e prejudicando mil famílias trabalhadoras! Pede conta e deixa alguém honesto e trabalhador ocupar seu lugar! Na hora de receber em dia seu salário não tem o q reclamar né? Chega de vitimismo e achar q empresário e trabalhador é bandido!

    14 5

    Will - 6 meses atrás

    Ninguém está reclamando da empresa, o problema é que não estão fazendo nada para conter a disseminação do vírus. Se uma pessoa dessa empresa se contaminar, consequentemente várias outras se contaminarão, já que há um grande número de funcionários, inclusive existe um grande número que está no grupo de risco que nem foram dispensados

    20 4

    Bonnie e Clyde - 6 meses atrás

    É muito simples a resposta povo de patos a maioria não gosta de trabalhar o povo preguiçoso do Caralho só sabe reclamar não É atoa que está enchendo de gente se fora e tomando conta do trabalho da cidade porque o povo aqui não gosta de trabalhar de maneira alguma só presta pra reclamar é mais nada

    4 11

  • Carlos | 6 meses atrás

    A ação da PM foi totalmente parcial e infeliz. A própria reportagem diz que vários estabelecimentos foram visitados e foram SÓ ORIENTADOS! Pq só tomaram essa providência nessa empresa, q gera quase mil empregos? Dizer q funcionários estavam se encostando??? Pq esse PM não diz qual a receita para proibir cumprimento de funcionários? Qual a medida que a PM tomou para os PMs não se cumprimentarem? Trabalho na empresa e digo q foram tomadas medidas de segurança SIM! A aglomeração ocorreu pq a viatura chegou na troca de turno se aglomeraram de CURIOSOS e FORA DA EMPRESA! Quem tinha q ser responsabilizada era a PM, por promover a aglomeração. E o DIRETOR NÃO FOI PRESO, O PM MENTIU! Por essas e outras q a sociedade não gosta da PM. Usando a situação para se promover, lamentável.

    53 25 Responder

    João - 6 meses atrás

    Posto combustível será que vão cumprir jornal disse e para funcionar de 7 da manhã 7 da noite de segunda sábado quero ver os empresário.obedescer eles estão bem casa ne

    23 1

    Mimimi - 6 meses atrás

    Por essas e por outras que a sociedade tem que chamar o batman

    4 10

    ... - 6 meses atrás

    Com certeza e um dos puxa saco dos patrões.. É pra evitar aglomeração, aí a culpa e da PM por que foi averiguar denúncias ? Se estivesse tudo correto não teria denúncias!

    13 9

    Plínio - 6 meses atrás

    Não é bem assim, tbm trabalho nessa empresa, não há luvas, não há mascaras, uma fila enorme se formou para troca de uniforme no vestiário, não adianta proibir as pessoas de trocarem de roupa se há uma aglomeração de pessoas fora do vestiário, fila para ir embora, aglomeração de pessoas para bater ponto, pessoas trabalhando sem distancia de segurança, e sempre há aglomerações sim, tbm existem nessa empresa várias pessoas mais velhas que estão no grupo de risco. A PM está de parabéns pelo trabalho

    20 6

  • BOM SENSO | 6 meses atrás

    É preciso haver bom senso, não podemos deixar as pessoas morrerem de fome, nem deixar fechar as empresas. Queria ver essas 900 pessoas em casa sem dinheiro, com dividas acumuladas para pagar e sem comida. Acho que parte da responsabilidade é da empresa que deve estar tomando as medidas preventivas, porém grande parte da responsabilidade é dos próprios funcionário que também deveriam fazer sua parte, responsabilizar a empresa pelas atitudes fora da empresa já é demais também. Todos devemos fazer a nossa parte, o como diz na mateia como irá para tudo?

    45 4 Responder

  • Piolho | 6 meses atrás

    Essa GRIPE CHINESA :rage: vai fazer o mundo parar de girar!!! Já estava dificil, agora é que vamos atolar até o eixo!

    27 2 Responder

  • cau | 6 meses atrás

    NOSSA ENTAO VOCE TEM QUE VIM VER A CEMIL KKKKKKKKKK



    35 5 Responder

    Caroline - 6 meses atrás

    A pessoa está dentro da Cemil, provavelmente no horário de trabalho reclamando da empresa. Você tem noção da proporção de desempregados que teremos nós próximos meses, talvez até anos?? Dê valor ao que você tem, pode ser que logo você também vá para as estatísticas do desemprego.

    9 1

    Realista - 6 meses atrás

    Voce ta muito mal informado,prq trabalho na cemil,e o controle aki esta muito rigido,ou vc e funcionario que ta querendo uma folguinha ou ex q ta conversando fiado,aki o controle ta muito rigido...

    1 1

  • CEMIL | 6 meses atrás

    Dizem que lá só a Diretoria que está de quarentena. A piaozada toda batendo ponto e com câmeras filmando eles. BBB Láctico

    29 8 Responder

    Lucas - 6 meses atrás

    Olha só, não fala do que você não sabe. Trabalho na Cemil e está sendo feito um grande controle lá sim. So entra no refeitório se lavar as mãos, tem álcool em gel pra todo lado, inclusive pra passar nas mesas, tem informativos pra todo lado, os funcionários de grupo de risco estão de férias antecipadas, se algum funcionário com sintomas de Coronavírus chegar pra trabalhar, está sendo encaminhado para as UBS, e não há aglomeração de funcionários em nenhum local dentro da empresa. Então acho que as pessoas tem que ver primeiro pra depois sair falando.

    16 9

    Lucas - 6 meses atrás

    Hora alguma disse sobre controle, higiene e blá blá blá, só disse sobre que administração tudo dentro de casa e os operadores não, além de câmeras instaladas observando eles que a meu ver e crime. A produção não pode parar.

    1 3

    É triste... - 6 meses atrás

    É triste ver uma pessoa, provavelmente um "colaborador" da empresa soltar uma MENTIRA dessas, e pra piorar, um monte de gente embarcar nela. É fato que nesta última semana UM dos diretores da empresa precisou se ausentar, mas a contragosto e de forma preventiva, por orientação médica e para proteger os demais colegas da empresa, já que está acompanhando o pai que está internado passando por um tratamento de quimioterapia numa UTI de hospital, ou seja, ambiente de risco. Quanto às câmeras nos pontos de higienização de mãos, elas são exatamente para reforçar a campanha educativa interna destinada justamente àqueles colaboradores resistentes em lavar as mãos ao adentrar o refeitório, pois muitos mesmo com muita orientação não se sensibilizam com a situação, de que precisam lavar bem as mãos para cuidar de si e dos colegas.

    6 0

  • Laticínios da Região | 6 meses atrás

    Varias outras empresas estão descumpridor as ordens.Onde trabalho estão fazendo vista grossa, como se nada estivesse acontecendo, não nos deram nenhuma recomendação, nenhum EPI específico nem ao menos álcool gel. Deveriam fazer uma visita nesses estabelecimentos, pois caso apareça um caso irá contaminar muitas pessoas. Estabelecimentos esses como Laticinio HEBROM, Cemil, Latowal, Coopatos entre outras empresas industriais de Patos.

    19 10 Responder

  • Topa tudo | 6 meses atrás

    Nossas autoridades por favor tem q fiscalizar todas ai próximo a minas mais a coisa tá feia ajuda eles aí passei de moto aí de manhã tinha uns 10 funcionário tudo junto contando caso e rindo por favor tem q fiscalizar

    5 25 Responder

  • Willian | 6 meses atrás

    Todos falsos o diretor e todos dessa empresa, la tem muita aglomeração de pessoas, não foi so por causa da policia, todo dia e daquele jeito muita fila e tumulto de gente!!!

    4 24 Responder

  • Baianinho | 6 meses atrás

    É uma vergonha não deixar as pessoas trabalharem. Quero ver quem vai pagar as contas delas.em nossa região há mais gente assassinadas do que o corona em todo país



    29 5 Responder

  • Putz! | 6 meses atrás

    Podem crer essa empresa vai vazar de Patos!

    6 16 Responder

  • risos | 6 meses atrás

    NAO ADIANTA NADA, AMANHA ESTARA FUNCIONANDO NORMALMENTE. IMPOSSIVEL NAO TER AGLOMERAÇÃO EM UMA EMPRESA ASSIM COM TANTOS FUNCIONÁRIOS. ENQUANTO NAO HOUVER O FECHAMENTO DE TAL, TODOS DENTRO E FORA DA EMPRESA ESTARAO CORRENDO RISCO DE CONTÁGIO SE JA NAO TIVER

    4 24 Responder

    silva - 6 meses atrás

    Tá querendo é ficar em casa né? Aí fica fazendo denúncia e prejudicando mil famílias trabalhadoras! Pede conta e deixa alguém honesto e trabalhador ocupar seu lugar! Na hora de receber em dia seu salário não tem o q reclamar né? Chega de vitimismo e achar q empresário e trabalhador é bandido!

    19 2

  • Trabalhador da Minas Mais | 6 meses atrás

    Eu trabalho lá, é um tumulto de pessoas sem nenhum cuidado, muitos setores lá dentro são obrigados a terem vários funcionários juntos para rodar, hoje mandaram nós separarmos mas só na hora que a polícia chegou, depois voltou ao normal quando a mesma fora embora. O contato físico entre centenas de pessoas é inevitável, usamos as mesmas maçanetas e máquinas de pontos, estão esperando uma contaminação em massa lá dentro para tomaram alguma atitude

    5 25 Responder

    Irônica - 6 meses atrás

    Pq não pede conta? Muitos anônimos estão passando dificuldades por não terem um emprego como o seu, com salário em dia

    22 3

    Patense - 6 meses atrás

    Pende conta entao vocé deve ser so mais um funfionario doido que o patrao pede pra ir ficar em casa

    11 2

  • Sf | 6 meses atrás

    E o desrespeito continua, não tem luvas e nem máscara, aglomeração tudo do mesmo jeito.

    2 22 Responder

  • Galoooo | 6 meses atrás

    La na aço Fort bairro Planalto está funcionando perfeitamente patrão mandou trabalhar se não todos estão na rua ! Fiscalização pessoal



    17 2 Responder

  • Renatinha | 6 meses atrás

    A advogada defender os interesses da empresa ok, é paga pra isso... Mas falar que ele assinou o TCO na própria empresa é demais! "O diretor da empresa foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, sendo enquadrado nos crimes de desobediência e infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Ele assinou um Termo Circunstancial de Ocorrência e foi liberado." Outras fontes dizem o contrário

    2 22 Responder

    Testemunha Ocular - 6 meses atrás

    Comentário infeliz. No conforto do sofá e do ar condicionado dando uma de especialista em segurança e saúde pública como vc a sociedade não se engana mais. Não sabe da realidade dos fatos, não estava lá e não conhece as partes. Pra vc não faz diferença mil famílias perderem seus empregos, mas está aí a consumir os produtos q o trabalhador rural produz msm na quarentena. Lamentável.

    16 0

  • Fabiano | 6 meses atrás

    Chega ser engraçado a burrice desse decreto e fiscalização de Patos. Aglomeração no ponto de ônibus? O ônibus ia dar quantas viagens para levá-los? Estão limitando pessoas no ônibus? Hoje não tem nenhum caso confirmado, o problema não é interno tem que fiscalizar os que entram na cidade.

    28 0 Responder

  • Brasil | 6 meses atrás

    No Planalto tbm precisa desta fiscalização mais direta e um bairro q só tem caminhões e vem.de todo lado,precisa fechar tbm

    17 1 Responder

  • Toninho | 6 meses atrás

    Os empresários podem fechar a indústria e demitir todos empregados.

    4 10 Responder

  • Trabalhador | 6 meses atrás

    E O ATACADISTA QUE FICA NA AVENIDA DO CÓRREGO MUNJOLO ESTAVA LOTADO...???



    15 1 Responder

  • Cidadã | 6 meses atrás

    Os fiscais tem que ir é na Suinco

    20 1 Responder

  • Patense | 6 meses atrás

    Tem que DENUNCIAR mesmo!! La sempre a fiscalização avisava o dia que ia... nunca teve irregularidades!! E ai quando não avisam que vão, acaba sendo preso.... FAÇA O CERTO!! E NÃO TERÁ PROBLEMAS!!!

    4 17 Responder

  • Professor | 6 meses atrás

    Ganância por parte dos donos que estão nem ai, estão bem longe e o irresponsável do gerente deve ir sim ser preso.

    2 18 Responder

  • Ze | 6 meses atrás

    Tem mais empresas em Patos de Minas que precisam ser fiscalizadas heim, na Av. Maraba por exemplo tem uma......

    10 1 Responder

  • Toe | 6 meses atrás

    Ate o sest senat ta funcionando normalmente !



    9 2 Responder

  • Reflexão para lamentar | 6 meses atrás

    A advogada disse "não podemos deixar as pessoas morrerem de fome". Há opções: morre de fome ou more pelo Covid-19. Com certeza ela não vai morrer de fome e nem pela contaminação de seus colegas, tenho certeza que ela esta se resguardando longe da linha de fabricação. Lembre-se, a gula também pode matar, a gula pelo dinheiro...

    2 22 Responder

    Testemunha Ocular - 6 meses atrás

    Comentário infeliz. No conforto do sofá e do ar condicionado dando uma de especialista em segurança e saúde pública como vc a sociedade não se engana mais. Não sabe da realidade dos fatos, não estava lá e não conhece as partes. Pra vc não faz diferença mil famílias perderem seus empregos, mas está aí a consumir os produtos q o trabalhador rural produz msm na quarentena. Lamentável.

    23 0

  • Alguém aí | 6 meses atrás

    Duvido muito que uma empresa que não tem nenhum sistema de qualidade, que não preza pela saúde de milhões consumidores, irá se preocupar com a saúde de alguns funcionários. Particularmente, eu, como um entusiasta da área de alimentos, não consigo entender o motivo desta empresa ainda produzir, pois só quem já trabalhou ou trabalha lá sabe como que é..

    3 18 Responder

  • Paulo | 6 meses atrás

    Vai multando as empresas, quando forem embora reclamam.

    20 1 Responder

  • Patence | 6 meses atrás

    Mesmo a fiscalização indo sem avisar ainda deu tempo de encobrir algumas coisas, o mês todo os funcionários colados nas esteiras aí chega a fiscalização os encarregados ficam loucos pra separar, só pensam em produzir, não tão nem aí com o contágio, e a aglomeração de funcionários, não só na hora da saída, mais dentro da fábrica também.

    1 18 Responder

  • Tiozão do Corcel | 6 meses atrás

    Alô Suinco!! Sabemos dessa prevenção pra "inglês ver" que vocês estão fazendo.

    17 2 Responder

  • Maria | 6 meses atrás

    Tem q der fiscalização e na suinco lá.nao tem.nem.mascara para o pessoal usa

    17 1 Responder

  • Icha | 6 meses atrás

    As rações patense também, tem um amigo meu que está afastado porque está com suspeita do vírus, porém antes dele se afastar teve contato com vários outros funcionários e eles também tiveram o mesmo sintoma. De fato, as empresas daqui só dão suporte para a imprensa, na verdade os funcionários estão a mercê. Se eu fosse essas empresas começava a olhar pelos funcionários, porque estou ouvindo boatos de paralisação.

    17 2 Responder

  • AH SE A PRINCESA IZABEL SOUBER | 6 meses atrás

    Com empresa que não tem consideração com os funcionários, temos que comprar do concorrente.

    2 14 Responder

  • Vizinho | 6 meses atrás

    Eu so vizinha aqui dos prédios no alto da Serra construção da pizolato convesei com os funcionários estão trabalhando a empresa não tá nem aí pra eles atenção autoridades

    10 1 Responder

  • Colaborador | 6 meses atrás

    O mês todo os funcionários nas esteiras colados um no outro, aí quando chega a vigilância os encarregados ficam loucos pra separar todos, até liberaram mais cedo, loucos escondendo os podres pra não dá b.o, não estão nem um pouco preocupados com o vírus. A vigilância não viu nem a metade.

    3 15 Responder

carregar mais comentários