Mortes por Covid-19 são cuidadosamente investigadas por especialistas em Patos de Minas

Para chegar a esses números, no entanto, um departamento da Prefeitura trabalha em um rigoroso processo de investigação.

publicado em 08/07/2020, por Maurício Rocha


O boletim da Covid-19 divulgado diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde mostra que Patos de Minas já tem quase 650 casos da doença, seis mortes confirmadas e quatro mortes em investigação. Para chegar a esses números, no entanto, um departamento da Prefeitura trabalha em um rigoroso processo de investigação. 

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

Em entrevista ao programa Contraponto dessa terça-feira (07), a diretoria de epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, Elisane Bicalho, explicou que o trabalho de investigação é feito diariamente e inclui todas as unidades de saúde, tanto públicas quanto particulares. Segundo ela, os casos confirmados só são lançados após a divulgação do resultado de exame. 

Com relação às mortes, a investigação é ainda mais rigorosa. Mesmo com um primeiro exame confirmando a infeção por coronavírus, o óbito é informado à Secretaria de Estado da Saúde e só depois de contraprova é que é feita a divulgação. Ela explicou que os quatro óbitos lançados como suspeitos tem todos os indicativos de Covid-19, mas o lançamento no boletim só será feito após a comprovação. 

O setor de epidemiologia investiga também a incidência de outras doenças. Elisane explicou que a situação da Covid-19 é de longe a mais preocupante. Segundo ela, o município caminha para chegar a 10 mortes pela doença contra uma morte por Dengue e nenhum morte por H1N1, em um momento em que  o número de casos não para de crescer. 

Outra preocupação é com relação a estrutura de saúde. Elisane voltou a alertar que os leitos de UTI, tanto público quanto privados, estão praticamente esgotados. Ela orientou a população a redobrar os cuidados e a procurar a unidade de saúde se apresentar qualquer sintoma da doença.

Autor: Maurício Rocha Postado em 08/07/2020
Compartilhe:

10 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Ah pronto | 1 mês atrás

    Agora estão sendo cuidadosos né!!! Se fizessem com minha família o que fizeram com a primeira família que " estava com covid" eu processava esses irresponsáveis de todas as formas possíveis...

    2 0 Responder

  • Funcionaria | 1 mês atrás

    Infelizmente tende a so piorar, pois nao adianta uns ou outros fazerem a parte de isolamento social,se ninguem segue,eu por exemplo preciso muito trabalhar,mas em primeiro lugar prezo pela minha Saude e de meus pais,que são mais velhos e esta na area de risco,onde eu trabalho foi obrigado a fechar pelo decreto,mas não fechou,continua a vida normal,do que adianta eu fazer a minha parte de isolamento,sendo que meu patrão não esta nem ai,nem mascara ele usa,esses fiscais não estao fiscalizando é nada. Então continuo a trabalhar porque preciso e obrigação,porque não tenho escolhas e me afastando das pessoas que mais amo,porque nem sei quando posso ver eles,por pensar na saude deles. Apenas minha opinião,e inclusive uma das mortes ai é de parente de funcionario de onde trabalho.

    17 2 Responder

    Tony Soprano - 1 mês atrás

    Parabéns pela conduta correta. Se nao tem escolha e tem q trabalhar, aí não tem jeito e tem q ir mesmo. O que dá pra evitar, evite. Festa, visistas a parentes e amigos... é dificil, mas é o certo. Quanto ao patrão, talvez seja o caso de fazer uma denuncia anônima à polícia.

    2 0

  • Atento | 1 mês atrás

    Estão corretos no rigor. Inflar o número de mortes sem comprovação só traz pânico e incerteza. Já o que ninguém responde é: entra semana, sai semana e nada do aumento de leitos de UTI e nem o hospital de campanha...

    19 2 Responder

  • obs | 1 mês atrás

    :cold_sweat: :cold_sweat: :cold_sweat: :cold_sweat: :cold_sweat: :cold_sweat: :cold_sweat: :cold_sweat: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop:estes fiscais que estão na rua nãoPODEM abrIR a boca...muita gente na rua... rapaz xingou a fiscal tudo...pelo amor de de DEUS COLOCA POLIÍCIA EM CIMA :cop:..

    18 2 Responder

  • Mineirão de João Pinheiro-mg | 1 mês atrás

    Pelo menos uma coisa Boa essa pandemia fez, cancelamento da festa do miuu......kkkkkkk

    28 29 Responder

    Cidadão - 1 mês atrás

    ... A sua roça não tem nada pra fazer né?

    3 8

    Mirian - 1 mês atrás

    Foi bão demais!!

    6 1

  • ERA :sunny: QUE ME FALTAVA | 1 mês atrás

    O sindico do predio Imperial Center morreu de Covid semana passada. Predio com todas as salas abertas normalmente

    25 11 Responder

    Estou de olho - 1 mês atrás

    Isso não procede. Ele estava com câncer. Mais respeito com a família.

    2 0