Mamoré não consegue furar defesa do Betim, empata em 0 a 0 e não consegue retorno para o módulo II

A torcida compareceu em peso, mas nem a agitação deles conseguiu fazer com que o Mamoré balançasse as redes.

publicado em 12/10/2019, por Maurício Fernandes


O Mamoré ficou em um empate com sabor de derrota no Bernardo Rubinger de Queiroz.

 O campeonato acabou para a equipe do Esporte Clube Mamoré. A equipe esmeraldina recebeu o Betim na tarde deste sábado (12) e deixou a classificação escapar. O Mamoré desperdiçou várias chances de gol e não conseguiu sair do zero a zero com a equipe adversária. Como perdeu o primeiro jogo por um a zero, o sapo precisava apenas de um gol em casa para garantir a vaga. A torcida compareceu em peso, mas nem a agitação deles conseguiu fazer com que o Mamoré balançasse as redes. A equipe esmeraldina se despede da competição.

O jogo foi muito pegado e a equipe esmeraldina desperdiçou grandes chances de gols. O time de Betim veio a Patos de Minas determinado e caprichou no sistema defensivo. O Mamoré criava oportunidades a quase todo momento, mas a zaga do time adversário conseguia segurar a pressão. Quando a zaga não afastava, os jogadores do sapo desperdiçavam as chances criadas. Foram várias bolas na pequena e grande área chutadas para fora ou parando nas mãos do goleiro do Betim. O time de Betim fez “cera” durante todo o jogo, principalmente o goleiro. A torcida se irritava a cada enrolação do goleiro para devolver a bola para jogo.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

No segundo tempo, o cansaço pegou a equipe esmeraldina. Alguns jogadores sentiram câimbras e precisaram ser substituídos. A torcida do sapo deu um show a parte. Com bandeiras, faixas, sinalizadores, buzinas e muito barulho, eles agitaram o estádio Bernardo Rubinger de Queiroz. A torcida reclamou bastante da arbitragem da partida. Os atletas do Mamoré sofreram muitas faltas dentro de campo, principalmente William Mococa.

De acordo com o técnico Gustavo Brancão, o sentimento é de tristeza, mas a equipe se despede do campeonato de cabeça erguida. "Trabalhamos duro e fizemos tudo o que estava ao nosso alcance. Infelizmente a bola não quis entrar e a classificação não veio. Agora é pensar no futuro e trabalhar porque essa equipe é grande". Em conversa com nossa reportagem, o zagueiro Davy disse que está bastante chateado e que agora é entregar o futuro nas mãos de Deus. "Nós demos o nosso sangue aqui no jogo de hoje. Viemos com garra, com raça, mas infelizmente não conseguimos o resultado. Agora é colocar nosso futuro nas mãos de Deus e ver o que ele preparou para nós".

No último lance da partida, o goleiro Paulo Vitor deu uma entrada dura no atacante do Betim e acabou levando o cartão vermelho. Bastante chateado, ele conversou com nossa reportagem e disse que o sentimento é de tristeza. "Futebol tem dessas coisas né, infelizmente não conseguimos converter nossas oportunidades em gols e não seguimos na competição". Após o apito final, um atacante da equipe do Betim também acabou sendo expulso.

Imagens atualizado em 12/10/2019 • 8 fotos

Autor: Maurício Fernandes Postado em 12/10/2019
Compartilhe:

71 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • realista | 1 mês atrás

    isso é o que dá fala demais né a turma do brejo não se emenda

    0 2 Responder

  • Filipi | 1 mês atrás

    ???? nosso acesso ficou para 2020...Que a URT também faça um campeonato melhor em 2020 porque este ano quase foi para o buraco.

    6 1 Responder

  • Imbeota | 1 mês atrás

    Um setorista gritava alto e bom som O gramado do mamoleza e igual o do Beira Rio do Inter. n verdade e igual o beira da Vila Operaria KKKKKKKKKKKKK

    0 7 Responder

  • Janjão | 1 mês atrás

    Muito simples! vende o estádio, Contrate bons jogadores e pede o Zamão emprestado para jogar. :wink:

    4 5 Responder

  • Gilson Ribeiro | 1 mês atrás

    Isso chama incopetencia total, treinador péssimo, diretoria incompetente gastou dinheiro pra esse vexame, quem vai pagar a conta? fora seus incompetentes, vocês peraram o time modulo ll, tem que deixar no mínimo modulo ll

    4 3 Responder

  • to mentindo ? | 1 mês atrás

    msm na terceirona colocamos mais torcedores q o outro time , parabens p torcida do sapão

    4 13 Responder

    Pouso Alegre colocou 8000 - 1 mês atrás

    Torcida do Mamoré é até esforçada mas não empolga o time dentro de campo. Mas tá muito longe de compara com os Índios

    7 1

  • o carimbador maluco | 1 mês atrás

    Mamoré não ganha nem a Liga dos Campeões da Taça Rural de Patos de Minas. Patos de Minas é cidade de um time só URT.. Dá-lhe Trovão Azul, esse sim leva o nome de Patos de Minas para o cenário nacional! Esse time só me dá alegria

    10 3 Responder

  • VOLTA RODRIGO SANTANA PRA URT 2020 | 1 mês atrás

    Rodrigo Santana voltará pra URT em 2020

    5 3 Responder

  • Fernande | 1 mês atrás

    Sou trovão azul mas acho muito complicado o Mamoré. Ficar nessa situação, poderia estar melhor.esses campeonatos só com jogadores mais criam mais dificuldades.e frustrante chegar aonde chegou e não classificar

    8 0 Responder

  • Pedro das Zalagoas | 1 mês atrás

    Uai, cadê a torcida do Mamoré que se auto intitula fazer parte da elite financeira de Patos de Minas? Os torcedore sócios que se dizem os maiorais? Cadê os grandes empresários torcedores esmeraldinos? Onde estavam esse tempo todo?

    29 5 Responder

carregar mais comentários