Longa espera e falta de médicos geram revolta em pacientes da UPA em Patos de Minas

Segundo eles, o tempo de espera para ser atendido é muito grande e a unidade não está oferecendo o serviço médico necessário.

publicado em 29/01/2018, por Maurício Fernandes


Quem foi até a UPA na tarde desta segunda-feira (29) ou teve que enfrentar horas e horas na fila.

Reportagem atualizada às 11h50 desta terça-feira (30)

A insatisfação da população com o serviço público de saúde em Patos de Minas tem sido motivo de indignação. Nossa equipe de reportagem foi até a UPA do Jardim Peluzzo e registrou um pedido de providência de pacientes do local. Segundo eles, o tempo de espera para ser atendido é muito grande e a unidade não está oferecendo o serviço médico necessário.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

Quem foi até a Unidade de Pronto Atendimento na tarde desta segunda-feira (29) ou teve que enfrentar horas e horas na fila ou teve que ir embora mesmo sentindo dor. É o caso da Maricélia Conceição de Oliveira Rodrigues. Ela estava com o filho de 16 anos esperando atendimento desde as 12h00. “Ele está sentindo fortes dores na região da bacia, a gente está aqui esperando há cinco horas. Isso é um descaso com a gente, nós estamos com fome e cansados”.

Ela ainda conta que foi até a UPA na noite de ontem: “Eu trouxe ele aqui ontem, nós ligamos pro SAMU e eles disseram que não podiam busca-lo lá em casa, a gente ficou aqui esperando até 23h00, aí o pessoal deu uma injeção nele para tirar a dor e mandou ele pra casa. Ele não está aguentando de dor aí eu tive que trazer ele hoje de novo e estamos aqui até agora esperando atendimento”.

Elaine Borges é outra paciente indignada com o atendimento da UPA. A auxiliar de serviços gerais contou que deixou as filhas em casa para poder procurar atendimento médico. “O que eles estão fazendo com a gente é uma falta de respeito sabe, é um descaso com a população. Eu deixei minhas quatro filhas em casa, perdi um dia de serviço, estou sentindo dor e aqui não tem médico para atender a gente”.

De acordo com Elaine e Maricélia, o ortopedista responsável por atender os pacientes da UPA foi embora e os deixou esperando atendimento. Elas disseram que o horário previsto de atendimento é de 12h00 às 16h00 e que a partir de 15h00 já não teve mais atendimento. Ao procurar uma satisfação, elas disseram que receberam respostas ríspidas.

“A gente foi perguntar o que tinha acontecido, porque ele não estava atendendo e as moças ali disseram que se ele não fosse atender mais ele falaria e que elas não sabiam de nada sobre os médicos”, disse Elaine. As pacientes também questionaram a mudança da ortopedia para a UPA. “Porque tirou do Regional? A gente chegava lá e era atendido rapidinho, aí agora passou pra cá e nós somos tratados dessa forma”.

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Patos de Minas informou que, “segundo informação da coordenação da Unidade de pronto atendimento, não faltou médico na Upa nessa segunda-feira (29). O ortopedista e os 4 médicos clínicos trabalharam normalmente. O que houve é que muitos casos de emergência e urgência surgiram durante fim de semana e como aguardavam transferência, já internados na Upa, foram atendidos primeiro”.

Autor: Maurício Fernandes Postado em 29/01/2018
Compartilhe:

85 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • De Rocha Miranda | 1 ano, 10 meses atrás

    Pois é, o atual prefeito "ZÉ OSTACO", também conhecido como "ZÉ DOS RADARES" ou "ZÉ DAS LAVADEIRAS", tem comprovado que não tem competência para administrar o município de Patos de Minas. Muita conversa e pouca ação. Sua campanha foi pautada por várias promessas, nenhuma cumprida até o presente momento, comprovando que a sua fama de bom administrador não passa de uma falácia. Na verdade, o ZÉ DOS RADARES deixou a SAÚDE do município às moscas, sem médico, sem remédio e pior, SEM ESPERANÇA. Isso é que dá votar num sujeito que nunca trabalhou na iniciativa privada e, sempre MAMOU nas tetas do UNIPAM, dos governos municipais de Patos de Minas e Guimarânia. Nas próximas eleições o povo tem que fazer uma FAXINA total nas 3 esferas. FORA ZÉ OSTACO, FORA "PAULO MOITA"!

    1 0 Responder

  • Raphael Silva | 1 ano, 10 meses atrás

    Ta um lixo essa saúde aki em patos ta difícil kde o prefeito ta durmindo Jose Eustáquio o povo so sabia falar mal do Pedro Lucas esse prefeito ai ta mt diferente do outro n lixo

    3 0 Responder

  • André Cristiano | 1 ano, 10 meses atrás

    É vergonhoso, desrespeitoso e desumano o que acontece ali com quem precisa de atendimento médico!

    3 0 Responder

  • Rose Aparecida | 1 ano, 10 meses atrás

    Esses profissionais sao mal preparados pra trabalhar no hospital a pessoa ja ta doente e ainda tem esperar e ainda e mal tratado e demais. Ne .....

    2 1 Responder

  • Elter Rogério Custodio | 1 ano, 10 meses atrás

    Falta de vergonha na cara, na hora de vim dando tapinha nas costas esses políticos vem, mas na hora de caga na população eles cagam, político é pior que pombo!!

    3 0 Responder

  • Rafael | 1 ano, 10 meses atrás

    A maioria que tá aí n precisa de atendimento chega a ser piada alguns casos tirando vaga de quem tá precisando, casos que podia ser tratado nos psf mais o povo gosta dessa upa nunca vi tá congestionado lá passo tudo pra la a upa n tem porte pra isso tem que reclama com as p3ssoas certas mais esse povo é tudo burros acha que um bafao ali outro aqui chama a ntv vai soluciona algo..

    1 2 Responder

  • Suely Lopes | 1 ano, 10 meses atrás

    Paulo Mota até quando a população vai sofrer desse jeito cadê o inútil do prefeito e secretário de saúde que n fazem Merda nenhuma bando de safados

    4 4 Responder

  • Anderson Martins | 1 ano, 10 meses atrás

    Para você que está cansado de esperar horas e horas para ser atendido pelo serviço público de saúde , faça seu orçamento sem compromisso do Plano de Saúde Vitallis Individual e Jurídico.

    3 2 Responder

  • Consultor Anderson Martins | 1 ano, 10 meses atrás

    Para você que já está cansado de aguardar horas e horas sentado esperando atendimento público, venha fazer seu Plano de Saúde Vitallis Individual ou Jurídico onde terá atendimento com os melhores médicos e hospitais de Patos de Minas. Se tiver interesse é só me contactar pelo telefone (034) 9 9972-3787 e ou watts zap (071) 9 9267-1769. Orçamento sem compromisso e sem consulta SPC / SERASA.

    0 1 Responder

  • Alessandra Ferreira | 1 ano, 10 meses atrás

    Pessoas com fraturas ficam dias esperando sair vagas para irem para o regional enquanto isso eles engessam eles durante a espera

    1 0 Responder

carregar mais comentários