Kartódromo de Patos de Minas volta a ser alvo de polêmica e pressão do Ministério Público

Outros R$ 700 mil foram investidos pelos pilotos, mas o local segue interditado por determinação da Justiça.

publicado em 09/08/2019, por Maurício Rocha


A pista de kart foi construída 2011.

O destino do Kartódromo de Patos de Minas segue indefinido. A pista de kart construída no bairro Alto Limoeiro em 2011 e que custou mais de R$ 700 mil aos cofres públicos é administrada pela Associação Automobilística. Outros R$ 700 mil foram investidos pelos pilotos, mas o local segue interditado por determinação da Justiça.

A confusão em torno do Kartódromo não é de agora. O espaço público concedido à Associação Automobilística gerou questionamentos e a entidade teve que assinar um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público se disponibilizando a cuidar da estrutura e desenvolver outras atividades e projetos sociais para a comunidade.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

Mas a reclamação do barulho promovido pelos karts gerou outra ação na Justiça e o Kartódromo foi interditado. Com as atividades suspensas, o presidente da Associação Automobilística de Patos de Minas, Ivair Nelson Lopes, afirma que fica difícil atender as exigências feitas pelo próprio Ministério Público, uma vez que há uma desmotivação dos membros da entidade.

Ivair explicou, no entanto, que o Kartódromo continua sendo bem cuidado e que é aberto todos os dias para que os moradores do bairro Alto Limoeiro possam utilizar a pista para fazer caminhadas, soltar pipa e fazer outras atividades. Ele assumiu a presidência da Associação há alguns dias e disse que está trabalhando para tentar derrubar a decisão judicial que interditou o Kartódromo.

Mas o Ministério Público, insatisfeito com a forma como o Kartódromo está sendo utilizado, pode pedir a devolução do imóvel ao município. Com a área bastante valorizada, o prefeito José Eustáquio adiantou que pode dar outra destinação para aquele terreno, como a construção de uma escola ou mesmo de uma unidade hospitalar. 

Imagens atualizado em 09/08/2019 • 12 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 09/08/2019
Compartilhe:

67 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • PeTruS | 3 meses, 3 semanas atrás

    Esse Kartodromo construído com dinheiro publico é uma panelinha onde poucos usam. Esse inferno já deveria ter sido desativado definitivamente. A vizinhança não aguenta mais!

    1 3 Responder

  • OBSERVADOR | 3 meses, 4 semanas atrás

    Pera ai...Dinheiro vindo da Secretaria de Esportes Federal e uma mini contra partida do municipio. MPF tem entrar nesta ação pedindo o dinheiro corrigido pra União. Outra quando feito o Kartódromo so existia parte do condominio e poucas casas, alem do promotor ser participantes das corridas de fim de semana. Boatos dizem que desentedeu com colegas e virou briga pessoal, fechando o local. E muito dinheiro jogado fora por ineficiencia de administradores municipais.

    2 1 Responder

  • Ana | 3 meses, 4 semanas atrás

    "Construir escola", estão fazendo é fechar escolas...

    2 1 Responder

  • OBRAS SUPERFATURADAS | 3 meses, 4 semanas atrás

    Tudo superfaturado essas obras. É só o Ministério Público investigar, que vai dar xadrez para alguns bonitões.

    11 6 Responder

  • OBRA DA BÉIA | 3 meses, 4 semanas atrás

    SÓ PODIA SER....

    7 3 Responder

  • Moro papagaio do Bozo | 3 meses, 4 semanas atrás

    Se há desmotivação dos coitadinhos dos membros em cumprir as obrigações que eles assumiram quando assinaram o TAC, a solução é simples: NÃO USA. Kkkkkk. E convenhamos que é melhor pro interesse público ter uma escola ou hospital do que ter um lugar desse tamanho pra um bando de marmanjo ficar acelerando carro e fazendo barulho...

    8 23 Responder

  • Olhao | 3 meses, 4 semanas atrás

    Tem que fechar mesmo e fazer o administrador irresponsável devolver o dinheiro aos cofres públicos. O direito ao sossego de muitos, não tem que ser cerceado pela diversão de poucos. Ao município cabe ceder a área para moradia popular nos termos do Quebec e Pizzolato, isso sim é administrar com responsabilidade, abra o olho Sr. Prefeito, faça a sua parte.

    12 8 Responder

  • BRUNO | 3 meses, 4 semanas atrás

    Mentira galera 700.000 em quê fez nada a mais que a prefeitura, já fui algumas vezes tinha dois chevete dando cavalo de pau é umas pessoas correndo risco de vida atrás das gambiarras de pneu. Se os empresários do kart tem dinheiro libera a área para prefeitura é fazem o de vocês. Vocês batem a mão no bolso dizendo que tem.mostra pra mim. Obrigado

    14 3 Responder

  • RESPEITEM A VIZINHANÇA | 3 meses, 4 semanas atrás

    Essa barulheira dos infernos ninguém merece . Sem falar que ai é um enorme criadouro de mosquitos da Dengue . Parabéns ao Ministério Público . E que volte pra prefeitura o terreno

    24 8 Responder

    Vizinho - 3 meses, 4 semanas atrás

    Engraçado que nem andando estão... já tem meses que barulho eh esse então??? .. procure saber que a turma da dengue sempre visita e confere os pneus e aliás se fosse como vc estivesse falando o bairro seria o mais afetado, coisa q não eh!!!

    3 0

  • Gão | 3 meses, 4 semanas atrás

    Que belo asfalto. Há anos não vejo uma pavimentação tão perfeita na nossa cidade. Vou pegar minha viatura e dar uns rolê lá.

    9 2 Responder

carregar mais comentários