Governo muda parcelamento e antecipa pagamento do 13º para parte dos servidores

Praticamente metade do funcionalismo já terá o pagamento do 13º quitado até julho.

publicado em 08/02/2019,

Cidade Administrativa em Belo Horizonte.

A partir de um esforço das secretarias de Fazenda e de Planejamento e Gestão para reduzir despesas e equacionar o fluxo de caixa do Estado para arcar com as despesas não pagas pela gestão anterior, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, conseguiu definir que seja de R$ 300 a cota mínima inicial para o parcelamento do 13º dos servidores estaduais, cujo compromisso também não foi honrado pela administração passada. Com isso, praticamente metade do funcionalismo já terá o pagamento do 13º quitado até julho.

Dos 720.003 servidores estaduais ativos, inativos e pensionistas que têm direito ao benefício salarial, 351.377 já terão todo o pagamento do 13º salário quitado em julho. Essa medida vai antecipar a conclusão do pagamento antes do previsto, inicialmente, para ser feito em 11 parcelas mensais até dezembro de 2019.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

Conforme houver a quitação dos pagamentos, esse valor da parcela será ampliado gradativamente para reduzir o número de parcelamentos e ampliar a quantidade de beneficiados. A partir de maio, a previsão é que a cota mínima para ser paga aos servidores pelo 13º de 2018 seja elevada para R$ 400. Em julho para R$ 500, em agosto, para R$ 600, e em setembro, para R$ 800, o valor da parcela.

Acatando a solicitação do governador Romeu Zema, a Secretaria de Fazenda fez uma matriz para ser aplicada a partir deste mês de fevereiro. A primeira parcela de R$ 300 já será paga para todos os servidores no dia 21 de fevereiro, data de depósito da primeira cota do 13º não pago pela gestão do ex-governador Fernando Pimentel (PT).

Com esse valor mínimo de R$ 300 no parcelamento mensal do 13º, já em fevereiro, 28.687 servidores terão o valor quitado integralmente logo no primeiro mês de parcelamento escalonado. Isso acontecerá porque há pensionistas, por exemplo, que recebem o benefício de forma fracionada por haver mais de um beneficiário que recebem a pensão de servidor (a) já falecido (a).

“O governador deu essa ideia de criarmos uma parcela mínima do pagamento do 13º. Com os cortes que já estamos fazendo em despesas, conseguimos chegar a essa cota inicial de R$ 300”, afirmou o secretário de Fazenda, Gustavo Barbosa.

Para o secretário de Planejamento e Gestão, Otto Levy Reis, as ações de enxugamento da máquina pública estadual já começaram a surtir efeitos positivos e que permitiram fazer esse novo escalonamento do pagamento do 13° não honrado pelo governo anterior. “O valor da parcela vai continuar subindo gradativamente. Assim, somente os servidores que ganham acima de R$ 8,9 mil receberão o 13° em 11 parcelas. Os demais servidores vão ter o pagamento quitado antes de 11 meses”, afirmou o secretário Otto Levy Reis.

Fonte: Agência Minas

Postado em 08/02/2019
Compartilhe:

7 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Fernando | 1 semana atrás

    Engraçado isso né , dizem que o 13 é um beneficio kkkkk beneficio de que ? O 13 nada mais é do que as perdas que os trabalhadores tiveram pelos dias trabalhados e nao pagos.... Outra coisa o judiciário e o legislativo já receberam tudo ano passado inclusive com aumento de quase 17 %. que o vagabundo do PilanTrel pagou. Esse é o NOVO ..... Fiquem espertos nas próximas eleições com esse partideco

    5 0 Responder

  • | 1 semana, 1 dia atrás

    Como antecipar algo que já deveria ter sido pago em uma única parcela até o 5º dia útil do mês? :rage:

    7 4 Responder

  • Seu Zé | 1 semana, 2 dias atrás

    Esse governo é uma farsa mesmo. Primeiro prometeu acabar com o parcelamento dizendo que a administração passada não podia fazer isso. Não está cumprindo. No primeiro dia de governo dele foi liberado o dinheiro que era para a administração passada e ainda quer falar que o governo anterior não pagou. O dinheiro veio para ele e é ele quem tem a obrigação de pagar. Temos que observar as promessas de campanha dele e cobrar. Esse governador aí está mais perdido do que cego em tiroteio.

    7 14 Responder

  • Mesa | 1 semana, 2 dias atrás

    Se o Bozo é o bom ele fecha os ferros velhos aqui no paulistano

    7 15 Responder

  • Zorro | 1 semana, 2 dias atrás

    Agora o Chico Bento agora vai fazer consórcio, no ano que vem ele vai fazer um carnê igual das lojas Zema, esse governo ainda teve coragem de abateram os descontos, plano médico do titular e dependentes,previdência no 13 décimo terceiro. Parabéns espero que você cumprem pelo menos 10% de suas promessas, pega o dinheiro do seu salário e doa para o hospital de câncer Minas gerais

    9 8 Responder

  • Zorro | 1 semana, 2 dias atrás

    Agora o Chico Bento agora vai fazer consórcio, no ano que vem ele vai fazer um carnê igual das lojas Zema, esse governo ainda teve coragem de abateram os descontos, plano médico do titular e dependentes,previdência no 13 décimo terceiro. Parabéns espero que você cumprem pelo menos 10% de suas promessas, pega o dinheiro do seu salário e doa para o hospital de câncer Minas gerais

    7 15 Responder

  • A CREDO | 1 semana, 2 dias atrás

    Engraçado, nas lojas Zema tudo que for comprado parcelado tem juros, como que no décimo terceiro o governador não paga juros para os funcionários públicos ?

    16 16 Responder