Escritora que viveu boa parte da vida em Patos de Minas lança livro nesta terça

Sílvia Amélia morou em Patos de Minas dos 2 aos 18 anos e considera aqui sua terra natal.

publicado em 26/06/2018, por Farley Rocha


Sílvia Amélia morou em Patos de Minas dos 2 aos 18 anos e considera aqui sua terra natal.

A escritora Sílvia Amélia de Araújo lança nesta terça-feira (26) a primeira obra da carreira: “No meio do caminho”. O livro é uma reunião de 13 crônicas sobre pessoas com quem a escritora conversou uma única vez na vida. As histórias aconteceram enquanto ela viajava dentro de um ônibus, táxi ou metrô, ou no saguão de espera de uma rodoviária, enfim, no meio do caminho entre um lugar e outro. Uma das crônicas se passa em Patos e outra em um ônibus a caminho da Capital do Milho.

O livro será lançado nos dias 26 de junho (nesta terça) e no dia 04 de julho (quarta) no Bar & Restaurante Armazém, às 19 horas, Rua Doutor Marcolino, Centro. O valor é de apenas R$15,00. Sílvia Amélia morou em Patos de Minas dos 2 aos 18 anos e considera aqui sua terra natal já que não tem lembranças de Poços de Caldas, onde nasceu. Toda a sua família é patense.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

Aos 18, ela se mudou para Belo Horizonte para estudar jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Viveu 10 anos na capital mineira e depois foi para São Paulo, onde trabalhou na Editora Abril. Morando há quase quatro anos na Cidade de Goiás (Goiás Velho), Sílvia Amélia ganhou um prêmio de 20 mil reais e com ele pode publicar o livro. O prêmio foi oferecido por um edital de literatura mantido pelo Fundo de Arte e Cultura do Governo de Goiás.

O projeto do livro foi todo pensado para atender a qualquer tipo de leitor, incluindo novos leitores adultos, até mesmo pessoas que nunca leram um livro literário. Um terço da tiragem será distribuído no estado de Goiás para alunos de turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA). O restante será vendido pela autora pelo preço popular de R$15,00 para pessoas de todo Brasil.

"No meio do caminho" tem um formato um pouco maior do que o convencional e fonte em tamanho também um pouco maior. O papel e a diagramação foram escolhidos com cuidado para facilitar a leitura de novos leitores que não estão adaptados às letras miúdas da maioria dos livros.

A linguagem dos textos é bem simples e acessível, e os temas são os mais diversos. Amor e desamor, morte de pessoa querida, retomada dos estudos, maternidade e paternidade são alguns dos assuntos que são retratadas nos diálogos das crônicas.

A escritora já possui outro trabalho em vista. Ainda em 2018, Sílvia Amélia vai lançar o livro "Álbum de histórias". Este trará causos de família. O recurso para sua publicação foi levantado com uma campanha de crowdfunding na plataforma Catarse. Amigos reais e virtuais contribuíram para que ela realizasse este projeto.

Sílvia Amélia é também produtora do longa-metragem Terra e Luz, dirigido pelo seu marido e professor do curso de Cinema do Instituto Federal de Goiás, Renné França. Terra e Luz, um filme de terror pós apocalíptico com vampiros, foi feito sem nenhum financiamento, todo gravado de dia no cerrado goiano. O filme estreou no festival de Tiradentes em janeiro de 2017 e ganhou o Fantaspoa, maior festival de cinema fantástico da América Latina, dentre outros prêmios.

Sílvia Amélia tem 37 anos e está iniciando duas carreiras, de produtora de cinema e, especialmente, de escritora. Pode falar sobre o lançamento de seu primeiro livro "No Meio do Caminho" (que tem a particularidade de atender também a novos leitores) e sobre os desafios de se dedicar profissionalmente à área da arte e da cultura.

Autor: Farley Rocha Postado em 26/06/2018
Compartilhe:

7 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Patense | 1 ano, 5 meses atrás

    Kkkk nenhum comentario. É muita cultura para interessar ao povo patense. Tem q escrever um livro de fofoca, sra escritora kkkkk

    11 23 Responder

  • Fofoqueiro | 1 ano, 5 meses atrás

    Engraçado. Quando o assunto é cultura, não aprece nenhum comentário na matéria. Isso mostra o nível do comprometimento cultural do povo de Patos de Minas. Não conheço a escritora, mas faço questao de comaprecer ao evento de lançamento da obra...

    9 1 Responder

  • Perfil do patense médio | 1 ano, 5 meses atrás

    Patense gosta é rodeios, futebol e breganejo. O povo lá de Patos não gosta de livros e nem de artes porque a maioria não tem neurônios suficientes pra isso. Lugarzinho de criar lobos e políticos corruptos.

    3 5 Responder

    Mariinha - 1 ano, 5 meses atrás

    Inclusive você!

    0 1

  • Dr D | 1 ano, 5 meses atrás

    Parabéns pela iniciativa! Lance em Kindle também!

    3 0 Responder

  • Arte | 1 ano, 5 meses atrás

    Patos tem cultura sim.. Mas infelizmente a maioria do povo patense tem cabeça de vento e não sabe valorizar a cultura . O cinema , o teatro , literatura ..A Arte ... Fico extremamente feliz por saber que o lançamento de um livro será aqui em Patos .. Assim trazendo coisas novas para nosso povo Patense conhecer e aprender mais .. Já quero esse livro ?????????

    2 1 Responder

  • Prevenida | 1 ano, 5 meses atrás

    Ainda bem que mudou de Patos em tempo. Se tivesse ficado por aqui, seria mais uma....

    2 1 Responder