TRE proíbe candidatura do prefeito Marcão e Carmo do Paranaíba terá outra mudança de candidato

A candidatura dele foi indeferida com base na lei da ficha limpa.

publicado em 09/09/2016,


 Marcos Aurélio Costa Lagares, o conhecido “Marcão”.

O Tribunal Regional Eleitoral barrou a candidatura do atual Prefeito de Carmo do Paranaíba Marcos Aurélio Costa Lagares, o conhecido “Marcão”. Com a decisão, a Sigla DEM/PSDB terá que encontrar um novo candidato. A candidatura dele foi indeferida com base na lei da ficha limpa. Essa foi a segunda troca de candidato a Prefeito nas Eleições Municipais de 2016 na cidade.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

A decisão foi do juiz do Tribunal Regional Eleitoral Virgílio de Almeida Barreto.  Marcão teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral de Carmo do Paranaíba. O prefeito então ingressou com um recurso no Tribunal Regional Eleitoral, no entanto o recurso foi indeferido nessa quinta-feira (08). A justiça entendeu que, como ele havia sido já condenado em 2ª instância, estaria inelegível com base na Lei da Ficha Limpa.

As mudanças de candidatos em Carmo do Paranaíba têm chamado a atenção. Outro candidato a prefeito da cidade já havia sido impedido de participar do pleito por problemas na justiça. Lineu da chapa “Mudar para fazer melhor” teve a candidatura inferida e Dr. César ocupou a vaga. Diante das mudanças, até o momento os candidatos a Prefeito e Vice são: Dr. César e vice Gilbeto; Fausto Veloso, vice Eleonor Barcelos e o Vice Mozart.

Autor: Farley Rocha

Postado em 09/09/2016
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.