Sob muitas críticas, boletim estadual divulga 146 mortes e 4196 casos de COVID-19 em MG

Os novos números mostram que a COVID-19 chegou a 304 municípios de MG e a quantidade de mortes subiu de 139 para 146 em 24 horas.

publicado em 15/05/2020, por Farley Rocha


Imagem Ilustrativa.

A Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais divulgou nesta sexta-feira (15) mais um boletim epidemiológico informando sobre os números de coronavírus no estado. Os novos números mostram que a COVID-19 chegou a 304 municípios de MG e a quantidade de mortes subiu de 139 para 146 em 24 horas. 

De acordo com o informe estadual, ontem eram 3950 casos confirmados, 246 a menos que os números de hoje, 4196. O boletim ainda informa que há 2094 pacientes em acompanhamento e 1950 recuperados. O número de óbitos foi a 146 e o estado não está divulgando, desde ontem, os casos de pacientes mortos e em recuperação suspeitos. 

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

O último boletim que divulgou os casos suspeitos, Minas Gerais tinha mais de 101.572 casos em investigação e cerca de 123 óbitos suspeitos. Um número que confirma a baixa testagem no estado e que vem sendo motivo de muita crítica por parte dos especialistas. Para se ter uma ideia, desde o início da crise, há mais de dois meses, foram feitos pelo sistema público 16.953 testes  no estado, menos de 15% do necessário para zerar a contagem. 

A baixa testagem é criticada porque os administradores acabam ficando sem informações sobre a propagação do vírus, sendo assim não tendo condições de traçar estratégias para flexibilizar ou tornar mais rigorosas as ações de combate à COVID-19. O município de Patos de Minas criticou nessa quinta-feira (14) as poucas informações divulgadas pelo Estado de MG. 

Segundo a Secretaria de Saúde de Patos de Minas, retirando o total de casos notificados suspeitos e acrescentando o número de casos recuperados, a base de dados do sistema estadual não oferece informações suficientes para que a Vigilância Epidemiológica entenda o cenário da doença em sua totalidade.

Em Patos de Minas, os números da Secretaria Estadual e Secretaria Municipal de Saúde se igualaram nesta sexta-feira (15). A Capital do Milho tem 19 casos confirmados e uma morte. Os 2 casos de Carmo do Paranaíba foram excluídos do boletim estadual, mas o Prefeito César Caetano acabou confirmando dois casos positivos no município nessa quinta-feira (14). Os pacientes possuem idades entre 50 e 70 anos, sendo que uma das pessoas está internada no Hospital Regional em Patos de Minas. 

Os casos continuam avançando em outras cidades do Alto Paranaíba, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. Patrocínio continua com 19 e uma morte;  Paracatu está com 18 e uma morte; Araxá foi a 15 casos e 1 morte; Araguari 13 casos e uma morte; Unaí foi a 18 casos; Monte Carmelo 7 casos; Vazante foi a 9 casos; São Gotardo 3 casos; Serra do Salitre 1 caso; Três Marias 1 caso; e Varjão de Minas 1 caso. 

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil registrou nesta quinta-feira o maior número diário de casos confirmados de coronavírus no país desde o início da pandemia, com mais 13.944 infecções, o que faz com que o total atinja 202.918, com 13.994 mortes em decorrência da Covid-19, informou o Ministério da Saúde. O país notificou 844 novos óbitos nas últimas 24 horas

Autor: Farley Rocha Postado em 15/05/2020
Compartilhe:

9 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Zeca | 2 semanas, 1 dia atrás

    Vou dá um novo nome de um vírus que trás fome , desigualdade social, depressão, corrupção, falta de assistência médica, desemprego, etc.

    0 0 Responder

  • Morena | 2 semanas, 2 dias atrás

    Infelizmente os casos só vão aumentar. Muita gente fazendo farras em casa, filas de bancos e loterias lotadas com pessoas próximas, outros que ainda acham que é brincadeira desfilando nas cidades e a real situação nem está sendo divulgada! #FiqueEmCasa

    23 3 Responder

  • DEVANELSON 2 semanas, 2 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    fofoqueira.com - 2 semanas, 2 dias atrás

    a menina devanelson nao sabe nem fofocar...nem prefeito é..e sim vereador..

    8 0

    devaneia kkkk - 2 semanas, 2 dias atrás

    nao basta ser fofoqueira? ainda tem q passar a fofoca errada kkkkkkkkkkkkkk

    12 0

  • zito | 2 semanas, 2 dias atrás

    Alguem sabe informar por que as barbearias estao abertas em Patos de Minas enquanto as academias e saloes de belezas tem que ficar fechados ? No meu entendimento as barbearias representam o maior risco possivel de se transmitir o virus !

    9 17 Responder

    Eu - 2 semanas, 2 dias atrás

    Até não discordo de vc que é perigoso a transmissão do vírus na barbearia, mas comparar a mesma com academia? Só pode está de brincadeira né! Cortar o cabelo fazer a barba e questão de higiene portanto é preciso ter barbearias funcionando.. isso é essencial!!! agora academia, compartilhar equipamentos, no mínimo 15, 20 pessoas no mesmo ambiente, mesmo ar... isso é loucura.

    14 4

    BARBEARIA CONRRADO MEIXA - 2 semanas, 2 dias atrás

    Deixa de ser invejoso e deixa nois trabalhar.

    3 0

    ERA :sunny: QUE ME FALTAVA - 2 semanas, 2 dias atrás

    Entao quer dizer que em toda essa quarentena vc nao cortou o seu cabelo? Sujo falando do mal lavado

    3 0