349669 2216 Ok
Publicado em 29/05/2017 por 0
Compartilhe:

Recomendação do Ministério Público impede demolição de casarão na avenida Paranaíba

O proprietário está tentando autorização para demolir o casarão há cerca de 3 anos.

O imóvel faz parte do Inventário do Patrimônio Histórico de Patos de Minas.

A promotora de justiça, Vanessa Dosualdo Freitas, curadora do Patrimônio Histórico e Cultural de Patos de Minas, emitiu uma recomendação para impedir a demolição da chamada “Casa Mesquita e Passos”. O imóvel faz parte do Inventário do Patrimônio Histórico de Patos de Minas e é considerado de importante valor cultural. O proprietário está tentando autorização para demolir o casarão há cerca de 3 anos.

O imóvel está localizado na avenida Paranaíba, no centro de Patos de Minas. Embora seja da década de 50, especialistas citados pelo Ministério Público consideraram a construção de grande significado para a arquitetura.  Forma, função, acabamento e técnicas construtivas foram citadas para descrever a importância do casarão para o Patrimônio Histórico. O Iepha emitiu um parecer também destacou que o imóvel deve ser preservado.

Diante disso, o Ministério Público emitiu uma recomendação aos membros do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico de Patos de Minas para que eles se abstenham de emitir parecer favorável à demolição da “Casa Mesquita e Passos”. As promotoras de justiça, Vanessa Dosualdo Freitas e Giselle Ribeiro de Oliveira também orientam os membros do órgão a adotarem medidas de inspeção e fiscalização permanente, evitando a consumação de qualquer dano ou ameaça à integridade do imóvel inventariado.

O Ministério Público também abriu um Inquérito Civil Público para investigar a situação do imóvel. No ano passado, o município de Patos de Minas recebeu R$ 251.833,55 em recursos referentes ao ICMS Cultural, graças a preservação de bens tombados e inventariados no município.

No caso da “Casa Mesquita e Passos”, o imóvel permanece fechado por tapumes em toda a frente para evitar a invasão de vândalos e usuários de drogas. Uma pessoa fica responsável por cuidar do imóvel que, apesar da ação do tempo, permanece em boas condições.

Imagens atualizado em 29/05/2017 • 13 fotos

Autor: Maurício Rocha

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Autor: 0 Postado em 29/05/2017
Compartilhe:

82 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Carlos | 3 meses, 3 semanas atrás

    "No ano passado, o município de Patos de Minas recebeu R$ 251.833,55 em recursos referentes ao ICMS Cultural, graças a preservação de bens tombados e inventariados no município." Viram pq fica nessa de patrimônio histórico??????? Todos ganham pela preservação, num é por amor q fazem isso não. Por favor gente, chega de hipocrisia. Tudo interesse financeiro por parte das autoridades. Vcs família acha q as autoridades preocupa com os sentimentos de vcs?????? Tirem o cavalinho da chuva, estão é ganhando em cima de vcs. Usando o sentimento de vcs e ficar recebendo os altos salários e ainda arrecadam uma porcentagem. Guardem no coração todas as lembranças do pai de vcs, isso ngm tira de vcs.

    3 0 Responder

  • Tião Nogueira | 3 meses, 3 semanas atrás

    Se o Ministério Público fosse ativo assim pra atuar na diminuição da violência em Patos de Minas e na melhoria do trânsito, nós estaríamos bem servidos!

    11 0 Responder

  • 2 pesos/2medidas | 3 meses, 3 semanas atrás

    Por que o FÓRUM de Patos de Minas está funcionando em sede nova e moderna? Por que eles não ficaram no prédio antigo? Fizeram uma coisa de luxo e bem equipada. Não quiseram a casa antiga, mas querem que os outros fiquem nas casas antigas. Engraçadinhos demais!

    9 2 Responder

    Moro - 3 meses, 3 semanas atrás

    porque o prédio antigo não é do TJMG... vá se informar, cidadão

    5 7

  • Zé Mané | 3 meses, 3 semanas atrás

    Eu tenho uma ideia, faz um projeto de inclusão e reforma, igual aquele da Rua Jose de Santana com a Travessa Paulina Ferreira que fizeram na maior cara de pau, um prédio de 6 andares um cima de uma tapera velha!

    4 0 Responder

  • Flavio | 3 meses, 3 semanas atrás

    Se esse imóvel fosse meu já tinha derrubado.Não deixa o dono derruba então paga o valor dele de mercado.

    15 0 Responder

  • Carlos | 3 meses, 3 semanas atrás

    Meus sentimentos à família apesar do tempo do falecimento do pai. Me desculpe vcs tb da família, sei o qto lutaram e foram felizes e tristes tb nessa ksa, mas sinceramente, com todo respeito, independente de q ksa seja, acho q devemos guardar as boas lembranças na memória, fotos. Imagino q as promotoras teriam coisas mais necessárias pra trabalhar. Por favor Brasil vamos fazer o q precisa e parar com essas pecuinhas. Essa de sentimentalismo por parte de alguns é só fachada. Pelo q sei o dinheiro da ksa q foi dividido entre os filhos muitos deles já num tem mais nada, agr querem q não derrubem a ksa q eles próprios venderam????? É até contraditório. Cuidem de quem está vivo, ame, e sei q a família amou e cuidou do pai, agr dps q morre, acabou, fica só uma imensa saudade. Esse negocio de patrimônio histórico é só mais um cabide emprego.

    15 1 Responder

    Murilo - 3 meses, 3 semanas atrás

    E o que você tem a ver se alguém da minha família não tem mais nada da herança? Não queremos a demolição porque? O imóvel já não nos pertence, nós só não estamos aceitando é a forma que a rádio pião através de uma reportagem mal feita fica dando palpite do que não sabe. Bando de fofoqueiros de plantão.

    4 6

  • JOSÉ CALIMÉRIO | 3 meses, 3 semanas atrás

    Agora me respondam, quem mais se destacou na fenamilho heim? heim?, É claro que sou eu, o José Calimério. Agradeço a todos pelo carinho e apoio, eu o José Calimério vou me destacar ainda mais no desenrolar desta demanda sobre este imóvel que faz parte do patrimônio histórico de Patos.

    1 7 Responder

  • TT | 3 meses, 3 semanas atrás

    Dra parece que estão todos com opinião divergente da senhora, quem será que está errado hein.

    8 3 Responder

    Moro - 3 meses, 3 semanas atrás

    com certeza quem ta certo não é nenhum de vocês, que não tem nada de conhecimento jurídico kkkkk ou vc acha que só porque o povo não concorda com o que um juiz ou promotor decide eles estão errados??? kkkkkk

    2 8

  • anjo bom | 3 meses, 3 semanas atrás

    Alguém tem notícias da Carla, da Ana Lúcia, do sobrinho delas, o Léo? Só me lembro dessas três pessoas que já passaram por essa casa.

    8 2 Responder

    Murilo - 3 meses, 3 semanas atrás

    Carla mora no bairro Lagoinha, Ana Lúcia em São Brás e o Leo em Sete Lagoas, lembra de poucos, nessa casa passaram dezenas de pessoas de nossa família kkkkkkkkk.

    2 0

    PARA MURILO - 3 meses, 3 semanas atrás

    O Murilo, bão? Pois é, na verdade fui colega de sala da Carla, depois com algum tempo conheci a Ana Lúcia. Conheci também outra irmã delas casada com um cara baixim, rsrsrs... e o Léo eu conhecia só de vista mesmo, rsrsrsrsrs...

    2 0

    Murilo - 3 meses, 3 semanas atrás

    É a Fátima, e o baixinho casado com ela é o Nilson. Moram no bairro Antonio Caixeta.

    2 0

  • russonow | 3 meses, 3 semanas atrás

    A MAIS NOVA ATRAÇÃO TURÍSTICA E PONTO TURÍSTICO PATOS DE MINAS VAMOS VISITAR -LÁ.

    6 1 Responder

carregar mais comentários