Quadrilha é presa após furtos de cabos e equipamentos de empresa de mineração de Vazante

Até uma senhora de 57 anos foi presa dentre os acusados.

publicado em 16/08/2019, por Farley Rocha


Os acusados foram presos e levados para a delegacia de Paracatu.

A Polícia Militar prendeu nessa quinta-feira (15) e sexta-feira (16) seis pessoas acusadas de furto de cabos e equipamentos de uma empresa de mineração de Vazante. Com eles, os policiais encontraram materiais que haviam acabado de serem furtados. Os indivíduos, dentre eles, uma senhora de 57 anos, são suspeitos de vários crimes na região.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Actual Hospital - Especial Notícias

De acordo com informações da Polícia Militar de Lagamar, nessa quinta-feira (15), por volta de 05h00, foi solicitado apoio dos militares de Vazante para fazer o cerco ao veículo de uma quadrilha que vem praticado furtos de Cabo e equipamentos na empresa NEXA.

O veículo foi abordado pela viatura de Vazante e com apoio dos militares de Lagamar já na estrada de terra que dá acesso ao Distrito de São Braz de Minas, em região chamada "Valinhos", tendo neste momento quatro indivíduos iniciado uma fuga na mata. Foi abordado o caminhão Iveco, cor branca, e preso o condutor José Martins Siqueira, 58 anos, e a passageira Aparecida Pereira de Oliveira 57 anos.

No caminhão, foram apreendidos 3 rádios HTs semelhantes aos usados pela Polícia Militar,   uma toca, um aparelho celular e vários materiais furtados da empresa NEXA e muitas ferramentas utilizadas pelos autores. Foi iniciado um intenso rastreamento com o objetivo de capturar e prender os demais envolvidos.

Por volta das 13h00, os policiais receberam informações de que havia dois dos autores caminhando pelo Distrito de São Braz de Minas à procura de um veículo que os levasse até a cidade de Paracatu. Em uma estrada que dá acesso à comunidade de Retiro da Roça foi preso Marcelo Soares Chaves Lisboa 35 anos.

E o trabalho não parou por aí. Por volta de 17h00, novamente houve a informação de outro indivíduo em fuga em uma fazenda a alguns quilômetros à frente onde o primeiro foi preso. Assim, os militares voltaram a se deslocarem até o referido lugar e efetuaram a prisão de João Batista Soares Chaves de 36 anos.

Nesta sexta-feira (16), por volta de 10h00, a notícia era de que outros dois autores estariam na comunidade de Retiro da Roça procurando um veículo para fuga, sendo Aguimar Jose de Oliveira, 44 anos e José Rodrigues da Cruz Cardoso Botelho, 45 anos, abordados e presos. Todos os indivíduos presos foram levados para a Delegacia na cidade de Paracatu onde foi ratificado o flagrante.

Os autores são suspeitos de serem os mesmos que praticaram crimes de furto e um roubo na empresa Galvani no município de Lagamar, sendo que o veículo apreendido foi visto e reconhecido pelas testemunhas. Também são suspeitos de praticar vários crimes na região de Vazante, Lagamar e Paracatu em fazendas e empresas na zona rural.

Imagens atualizado em 16/08/2019 • 5 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 16/08/2019
Compartilhe:

15 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Policial | 1 mês atrás

    Cambada de vagabundos, devia ter deixado eles enterrado la no meio do mato mesmo. :rage:

    3 0 Responder

  • | 1 mês atrás

    Está parecendo a família da Michele Bolsonaro.

    12 8 Responder

  • Lagoense | 1 mês atrás

    E os roubos da Xingu Rio,até hoje nada de prender ninguém,derrubou treis vezes já,derrubou de novo depois de tudo finalizado tá lá 4 torres derrubada lá na Votorantim,parece brincadeira.

    7 1 Responder

  • A nem | 1 mês atrás

    A nem uma senhora dessa idade envolvendo com essas tranqueira

    8 0 Responder

    Cidadã Patense - 1 mês atrás

    Assim como em todas as profissões, os bandidos também envelhecem fazendo o que sempre fizeram. Só vão aperfeiçoando.

    1 0

  • Mariana | 1 mês atrás

    Seduzir??????? Kkkkkkk com esse corpinho??? Não seduz nem o lobisomem!!!

    4 2 Responder

  • Tago | 1 mês atrás

    Pq nao colocou algemas na vovó do crime

    4 3 Responder

    CAVEIRA - 1 mês atrás

    So é algemado se demonstrar riscos de fuga, a senhora do crime em hipótese alguma demonstra que consegue correr.

    9 3

    Kkk - 1 mês atrás

    Só é algemado quando oferece risco, essa nem risco de nada ????????????????????

    0 0

  • Injuriado | 1 mês atrás

    Meu Deus quando vejo um senhora dessa idade envolvida com bandido e ainda pega na sena do crime,parece até novela da Globo que coisa em pega essa praga mete lenha com vontade mesmo pra arrebentar tudo.

    7 4 Responder

  • 123 | 1 mês atrás

    E a senhora não foi algemada.

    6 1 Responder

  • Mão branca | 1 mês atrás

    Essa senhora está muito acabada para ter só 57 anos.

    25 2 Responder

    Mariana - 1 mês atrás

    Parece ter mais de 70 kkkkkkkk , bem se vê que o crime não compensa!!!

    22 2

    Gastandopinto - 1 mês atrás

    Essa gatuna deveria está era morta e enterrada, isso aí não é uma senhora é larapia, bandido também envelhece

    13 5

    Gato por Lebre - 1 mês atrás

    Ela é usada como instrumento para seduzir os guardas dessas empresas!

    6 2