349669 2216 Ok
Cemil 2017
Postado em 05/07/2016
Compartilhe:

Proteção veicular mais barata que o seguro do automóvel pode sair mais cara no final

Muitas associações são confundidas com seguradoras, mas existem grandes diferenças que devem ficar claras para os consumidores.

Cartilha mostra a diferença entre o Seguro e a Proteção Automotiva.

Nos últimos dias, os proprietários de veículos de Patos de Minas foram despertados por propagandas de proteção veicular, oferecidos por associações e cooperativas, e que prometem ao consumidor preços abaixo do que aqueles praticados por companhias seguradoras. Entretanto, é preciso ficar atento ao tipo de produto que está sendo contratado, verificando se as coberturas oferecidas e os critérios de pagamento e conserto do veículo em caso de sinistro atendem às necessidades do proprietário.

Muitas associações são confundidas com seguradoras, mas existem grandes diferenças que devem ficar claras para os consumidores. No contrato de seguro, o sinistro é pago pela seguradora. No caso das associações e cooperativas, o prejuízo de todos os sinistros é rateado entre os associados, que ainda arcam com taxas mensais e de adesão. Enquanto as seguradoras são fiscalizadas pela SUSEP e obrigadas a manterem reservas técnicas para garantir a cobertura dos sinistros, nas associações não há fiscalização de qualquer órgão governamental e nem reservas.

O consultor de seguros, Marcos Oliveira da Continental Corretora de Seguros, explica que quando ocorre um acidente com um veículo segurado por uma companhia de seguros, o automóvel é levado para uma oficina credenciada, com garantia da qualidade do conserto pela seguradora. Além disso, o próprio contrato prevê que as indenizações devem ser pagas em até 30 dias após a apresentação dos documentos solicitados pela companhia.

No caso das associações e cooperativas, o comprador não é um cliente e sim um cooperado ou associado. As regras variam de associação para associação, e é importante que o consumidor verifique no contrato como será o procedimento de conserto do veículo em caso de acidente: se haverá a utilização de peças usadas, quais as oficinas credenciadas, se o pagamento da indenização em caso de perda total será à vista ou parcelado e em qual prazo. São detalhes que fazem toda diferença na hora de decidir por qual serviço contratar.

Marcos Oliveira recomenda que o proprietário do automóvel procure um corretor de seguros habilitado pela SUSEP, que irá prestar todas as orientações sobre seguros automotivos e explicar a diferença entre seguro e proteção veicular.

Veja as principais diferenças entre o Seguro e a Proteção Automotiva.

Informe publicitário

Autor: Maurício Rocha

Nego Duro - Rodapé Notícias
Postado em 05/07/2016
Compartilhe:

4 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Anônimo | 10 meses, 3 semanas atrás

    Realmente estas cooperativas é considerado pura roubalheira. Eu mesmo tive prejuízo com uma aqui de Patos de Minas. Na hora de contratar é uma maravilha mais na hora de resolver um problema todos somem e vc fica com o prejuízo. Já aprendi a lição. Seguro tem que ser de verdade e não com estas pessoas fora da lei :corn:. É só procurar na internet que vcs acham aos montes reclamações sobre estas empresas piratas com nome de cooperativas. Fica aí a dica. ????????????

    2 1 Responder

  • CEBOLINHA | 10 meses, 3 semanas atrás

    Só entra nessa roubada de cooperativa pessoa inocente e mal informada, pois só é vantajoso SE NAO HOUVER SINISTRO pois é mai barato, mas se ocorrer algum sinistro meu caro, ROUBADA TOTAL.

    2 1 Responder

  • D,OLHO | 10 meses, 3 semanas atrás

    As seguradoras tem um custo que a SUSEP,dever cortar o pagamento de franquia pelos proprietários de veículos.Acho um absurdo,pois se você paga o seguro é cobrir qualquer despesa que por ventura venha ocorrer com o veículo.Qual justificativa da cobrança de franquia.Gostaria que a imprensa questionasse esse detalhe junto a esfera FEDERAL,e divulgasse aos consumidores em larga escala.todo mundo tem interesse.

    2 7 Responder

    PALPITEIRO - 10 meses, 3 semanas atrás

    Meu caro, D,OLHO, a franquia faz parte da reserva técnica. Caso seja excluída a franquia, o seu seguro vai lá pras grimpas, entendeu.

    7 4