Procon realiza pesquisa de preços de materiais escolares praticados em Patos de Minas

O item mais barato de cada categoria é o que foi levado em consideração, independente da marca.

publicado em 15/01/2019,


Coordenador do Procon Municipal, Rafael Godinho. 

No próxima dia 04 de fevereiro começa o novo ano letivo, e os pais já procuram os materiais escolares para seus filhos. Com o objetivo de auxiliar esse processo, o Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) realizou uma pesquisa dos preços dos materiais escolares em 7 papelarias da cidade.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

A cotação foi realizada na última quinta-feira (10) e os pesquisadores analisaram 46 itens diferentes. O item mais barato de cada categoria é o que foi levado em consideração, independente da marca. No resultado apresentado é possível verificar as grandes diferenças de preços entre produtos de mesmo tipo em empresas diferentes, como o Caderno de 12 matérias, com preços que variam de R$12,90 a até R$20,90; Fita Dupla Face rolo 12x30, com valores entre R$3,50 e R$8,25 e lápis de cor grande, 12 unidades, com preços entre R$3,50 e R$6,90.

O coordenador do Procon de Patos de Minas, Rafael Godinho Nogueira, ressaltou que por força da Lei Federal nº 9.870 de 23 de novembro de 1999, os estabelecimentos de ensino não podem exigir materiais escolares de uso coletivo. “É muito importante que o consumidor fique atento às leis que regularizam o sistema de ensino, público ou privado, para que não sejam lesados. Elaborar um estudo dos valores praticados no mercado é uma boa forma de economizar e avaliar as empresas da cidade”, destacou Rafael Godinho. Confira a lista com os preços!

Fonte: Assessoria de Comunicação Prefeitura Municipal de Patos de Minas

Postado em 15/01/2019
Compartilhe:

13 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Patense | 7 meses atrás

    Cadê o PROCON pra investigar o cartel dos postos de gasolina aqui de Patos. Pra isso não tem ninguém, mas pra pesquisar preço de cola tem um monte de gente.

    3 3 Responder

  • Kreka | 7 meses atrás

    O PROCON junto ao MP precsiam ficar de olho é nos preços dos combustíveis...

    5 0 Responder

  • Consumidor | 7 meses atrás

    Engraçado... O PROCON está muito seletivo nas suas atuações. Eu tive um problema, recorri a esse órgão fictício e nada consegui para ter uma tratativa acerca do meu problema. Se, pensando bem, esse órgão só sobrevive pra sustentar alguns servidores, notadamente, por não ter poder nenhum para estar resolvendo um litígio, mesmo de maneira administrativa. Esse sujeito que posa constantemente usando o nome do procon, deve estar alçando voos mais longínquos, senão a gestão desse órgão diminuto, ocioso, omisso. PROCON ou Procontra?

    9 14 Responder

  • Zapata | 7 meses atrás

    Cadê o Procon para ficar atento aos preços de passagens da pássaro branco, que está preste a subir os preços eles estão colocando tabela de preços de outras cidades fazendo comparativos eles pensam que o povo é ums otários

    14 1 Responder

  • Ted | 7 meses atrás

    E sobre os postos de combustíveis não vão fazer nada não? Ate quando o Procon e MP vão ficar empurrando competência de investigação um pra cima do outro?? Não investiga pq tem gente graúda no meio.......

    10 1 Responder

  • Zapata | 7 meses atrás

    Cadê o Procon para ficar atento aos preços de passagens da pássaro branco, que está preste a subir os preços eles estão colocando tabela de preços de outras cidades fazendo comparativos eles pensam que o povo é ums otários

    5 0 Responder

  • bionda | 7 meses atrás

    Será que se ele não pudesse "aparecer" será que ele faria esse trabalho????

    3 11 Responder

    Karla - 7 meses atrás

    O Patos Hoje quem colocou a foto, o cara não tem nada com isso.

    10 2

  • Ze | 7 meses atrás

    cade o Procon para vistoriar os preços dos combustíveis nos postos aqui de patos, se não fazem nada e por que tao ganhando algo em troca em :facepunch:

    7 2 Responder

    Caio - 7 meses atrás

    Quem focaliza preço de combustíveis é o MP e não o Procon...

    12 3

  • TIao Abatia | 7 meses atrás

    Otimo servico... Mas onde estao sendo postados os resultados de todas as acoes do procon ? O que deu na batida dos postos ? :rage:

    4 4 Responder

    JOAO - 7 meses atrás

    O resultado vai para o Ministério Público e não para o PROCON

    9 3

  • Coelho | 7 meses atrás

    Tava na hora já desta pesquisa. Agorachoatariacdecsaber se a próxima pesquisa será sobre os preços dos combustíveis porque aqui em Patos nunca acontece redução de preços ou ta Tudo igual ou ta Tudo igual ???? Em Betim a gasolina tá R$ 3.19 e aqui ainda na margem dos 5 reais????? Responde pra nos ai PROCON

    8 3 Responder

carregar mais comentários