Procon-MG orienta abatimento de preço nos contratos de transporte escolar

O abatimento no preço deverá ser proporcional

publicado em 23/04/2020,


Imagem Ilustrativa. Foto: Google.

Com o objetivo de orientar consumidores e fornecedores sobre os contratos de transporte escolar durante a pandemia do Novo Coronavírus, o Procon-MG, órgão do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), publicou Nota Técnica sobre o assunto.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

A Nota Técnica do Procon-MG estipula um prazo de 10 dias para que os transportadores enviem aos consumidores “proposta de revisão contratual, para vigorar no período de suspensão do transporte escolar”, para análise e concordância. Essa proposta deve considerar e informar as despesas inicialmente previstas e as não realizadas durante o período da pandemia, com as necessárias comprovações. O prazo de resposta para os consumidores também deve ser de 10 dias.

O documento pede para os transportadores considerarem que, “retornando o transporte escolar, e verificado que o número total de viagens contratado foi reduzido, o equilíbrio econômico e financeiro do contrato será restabelecido, mediante o abatimento proporcional do preço”.

De acordo com o Procon-MG, os transportadores devem “observar que a opção do consumidor de rescindir o contrato, caso não concorde com a proposta de revisão contratual, sendo motivada por caso fortuito ou de força maior, ocorrido posteriormente à realização da avença, não pode ser considerada como inadimplemento contratual, e, assim, nada podendo ser cobrado a esse título”

Outra orientação feita é que, se houver a rescisão do contrato pelo consumidor, e um novo contrato for realizado, as bases do acordo anterior não devem, necessariamente, ser consideradas.

A Nota Técnica foi divulgada a consumidores, a fornecedores, aos órgãos públicos e entidades civis de defesa do consumidor e ao presidente do Sindicato de Transportadores Escolares (SINTESC/MG). Confira aqui a Nota Técnica na íntegra.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais

Postado em 23/04/2020
Compartilhe:

1 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Bozo | 3 meses, 3 semanas atrás

    Tia Nilda e o filho dela o tal de Daniel vão ter que devolver o que cobraram da cidade inteira com ameaça de levar os nomes pro SPC,povo vagabundo e oportunista quer viver as custas dos trabalhadores sem tá trabalhando.

    4 0 Responder