Polícia Militar faz Operação em Presidente Olegário e prende suspeitos com arma e drogas

Dois irmãos foram presos em flagrante e conduzidos para a Delegacia.

publicado em 24/06/2020, por Farley Rocha


Todo o material encontrado foi encaminhado para a delegacia. 

A Polícia Militar realizou operação na noite dessa terça-feira em Presidente Olegário para verificar denúncias relacionadas ao tráfico de drogas e outros crimes. Com o apoio do Tático Móvel de Patos de Minas, os policiais conseguiram aprender porções de maconha, 28 comprimidos de ecstasy, dinheiro, revólver e munições. Dois irmãos foram presos em flagrante e conduzidos para a Delegacia. 

Segundo a Polícia Militar, diversas denúncias e informações repassadas por informantes anônimos davam conta de que um indivíduo conhecido pelo apelido de "Atividade", residente na Rua Abílio Rodrigues, no Bairro Andrezina Pinheiro em Presidente Olegário, estaria em conluio com outros indivíduos para a prática do tráfico de drogas, porte/posse de arma e outros delitos relacionados.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

As informações eram de que Max Oliveira Silva, de 23 anos estaria na função de líder deste grupo, o qual seria integrado ainda por seu irmão Matheus Eduardo de Oliveira e Souza, de 19 anos, um indivíduo identificado como "Capola" e outras duas pessoas identificadas pelas iniciais G.V.R.S. e G.H.N.S. Estes eram responsáveis por se revezarem na guarda dos entorpecentes e das armas. 

Diante destas informações, foi desencadeada operação visando monitorar e abordar os alvos. Em dado momento, os policiais viram Max saindo de sua residência em uma motocicleta. Os policiais tentaram fazer a abordagem, mas ele conseguiu evadir. Foi repassada para as demais equipes a situação, visando cercar e abordar o suspeito. 

Os policiais foram até a casa dele e a esposa, após ser informada do que estava ocorrendo, franqueou entrada da equipe para verificação. De imediato, foi localizado sobre a geladeira, uma arma de fogo, revólver calibre .38, marca ROSSI, carregado com 06 munições intactas. A polícia ainda localizou outras 06 munições calibre .38 intactas que estavam sobre a janela da cozinha, do lado de fora. Em cima do sofá da sala havia um rádio ht com carregador, ligado e sintonizado na rede rádio da polícia militar, também sobre o sofá foi localizado um invólucro contendo 05 tabletes pequenos de maconha, três comprimidos semelhantes ao ecstasy, três dolinhas de cocaína, R$ 442,00 em dinheiro, um rolo de papel filme, geralmente utilizado para embalar entorpecentes e duas lâminas com resquícios de crack. 

Em ato contínuo, as demais equipes abordaram Max no momento em que chegava àresidência de seu irmão Matheus sendo este preso em flagrante delito. Segundo a Polícia Militar, no momento da abordagem, Matheus tentou dispensar uma bucha de maconha no banheiro da residência. Os dois tentaram resistir, mas acabaram presos. 

Os militares também obtiveram informações de que Max utilizaria uma casa abandonada, localizada na Rua Teresinha Maria de Queiroz, para esconder materiais ilícitos. Realizada diligência e buscas no local sendo localizadas cinco pedras e 01 porção moída de substância semelhante ao crack; duas balanças de precisão e 13 munições calibre .38 intactas. Em continuidade as diligências, os militares efetuaram abordagem à residência de T.G.R.F, n Rua Ercino Silva, onde reside com sua genitora. Após esclarecimentos dos motivos das diligências, ela franqueou a entrada e verificação na casa, alegando que T.G.R.F não se encontrava.

Durante buscas, foi localizado sobre uma mureta da varanda, um rádio HT ligado e sintonizado na rede rádio da Polícia Militar. Também foi localizado, dentro de um tênis do autor, 25 comprimidos de ecstasy, cinco pedras de crack, uma porção grande de substância análoga a cocaína, dois tabletes pequenos de maconha, uma lâmina com resquícios de crack, utilizada para fracionar o entorpecente.

Durante diligência na residência de G.O.S. essa não foi localizada, contudo no local estava a motocicleta de Max que após evadir da tentativa de abordagem de fronte a residência de seu irmão, escondeu o veículo, Honda Cg Titan no local. Segundo a Polícia Militar, o veículo é utilizado na perpetração do delito de tráfico de drogas, motivo pelo qual foi apreendido e recolhido ao pátio do guincho credenciado.

Durante a verificação na casa da autora G.O.S., foi localizado no interior da bolsa da autora, 01 porção de substância análoga a cocaína e um tablet de maconha. Foi dada voz de prisão em flagrante aos autores pela prática de tráfico e associação para o tráfico ilícito de drogas, garantindo seus direitos constitucionais, conduzindo-os a presença da autoridade de Polícia Judiciária, juntamente com todos os materiais que foram apreendidos. Os autores T.G.R.F e G.O.S não foram localizados.

Imagens atualizado em 24/06/2020 • 3 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 24/06/2020
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.