Publicado em 15/05/2018 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Polícia Civil realiza operação para combater falsificação de carteirinhas estudantis na cidade

Cerca de 200 pessoas teriam adquirido os documentos falsificados nos últimos dias em Patos de Minas.

A Polícia Civil de Patos de Minas desencadeou uma Operação na manhã desta terça-feira (15) para combater a falsificação de carteiras estudantis. Esse tipo de crime aumenta nesta época do ano em decorrência dos preços de entrada no Parque de Exposições durante a Fenamilho. Os investigadores identificaram suspeitos de praticarem o crime.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Segundo o chefe do 10º Departamento da Polícia Civil de Patos de Minas, Felipe Colombari, os investigadores identificaram cinco pessoas que estariam fornecendo carteiras estudantis falsas na cidade. Segundo ele, pelo menos 200 pessoas teriam adquirido os documentos falsificados nos últimos dias em Patos de Minas.

Os estudantes, por lei, tem direito à meia entrada em eventos culturais e esportivos. No caso da Fenamilho, segundo o advogado do Sindicato Rural, Damião Borges, quase 90% dos ingressos vendidos para acesso ao Parque de Exposições são de meia entrada. Segundo ele, isso acaba encarecendo o preço dos ingressos.

O delegado geral Felipe Colombari adiantou que o trabalho de investigação vai continuar para evitar as fraudes durante a Fenamilho. Ele adiantou que a falsificação de documento é crime e orientou as pessoas que compraram carteiras estudantis falsificadas a não utilizarem o documento, sob o risco de serem presas em flagrante.

Autor: Maurício Rocha Postado em 15/05/2018
Compartilhe:

80 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • | 3 meses atrás

    Essa festa milhi já uma festa do roubo, uma exploração ao povo patense, fui em na festa de Pará de Minas, um show lá do safadão é 50 Reais , aqui esse roubo de 130, essa festa era do povo agora é dá classe alta, que ganha entrada grátis, é tem alguns ricos nem de graça quer ir nessa festa

    5 0 Responder

  • ze do curraleiro | 3 meses atrás

    diaxuu, agora acabou minha festa do mi, jeito é ficar aqui no curraleiro comendo frango caipira e bebenuuu pinga

    9 0 Responder

  • frederico | 3 meses atrás

    Se os preços fossem justos não precisa fazer isso!

    10 0 Responder

  • Fabi | 3 meses atrás

    Meia entrada que nada, só fizeram ficar pior. Se o ingresso era 100$, passaram pra 200$, ao invés de continuar 100$ e a meia ser 50$. Haaaaa tá aí a meia entrada de vocês. Só ferraram as pessoas. Não existe meia realmente.

    6 1 Responder

  • Fabi | 3 meses atrás

    Meia entrada que nada, só fizeram ficar pior. Se o ingresso era 100$, passaram pra 200$, ao invés de continuar 100$ e a meia ser 50$. Haaaaa tá aí a meia entrada de vocês. Só ferraram as pessoas. Não existe meia realmente.

    2 1 Responder

  • Riquinho | 3 meses atrás

    Ficam reclamando dê FENAMILHO, mas a fórmula é simples... vejam: Maçã de peito + costela gorda + Kaiser + Glacial + Farofa + beirada de Rio = ALEGRIA

    11 1 Responder

  • FenaLixo | 3 meses atrás

    é só chegar época de Fenamilho, que tudo funciona ne... hahahahah :innocent:

    18 0 Responder

  • Armando | 3 meses atrás

    Vou pegar o dinheiro de ir na fenamilho e vou para um Cruzeiro e muito melhor,já ouviram falar ? CRUZEIRO DA FORTALEZA... KKKKK

    17 1 Responder

  • Ponto chic | 3 meses atrás

    Policia Civil vcs tem que fazer uma operação pra prender a quadrilha dr bolivianos que ficam agiotando em PATOS de Minas . Agiotagem é crime E ainda mais dinheiro vindo da Bolívia do tráfico de drogas . Esses bolivianos saem de comércio em comércio deixando cartões de propaganda com os valores pra emprestar E o telefone de contato tudo clandestino sem cnpj sem nada .

    14 0 Responder

    Z e fuba - 3 meses atrás

    Você falou tudo, tem é muito fazendo isso, até dentro das igrejas evangélicas e católica, tem esses exploradores de pobres.

    0 0

  • Retrocesso | 3 meses atrás

    Política (de merda) da meia entrada praticamente obriga o cidadão a ser corrupto! Se todo mundo pagasse igual, o preço seria menor e não precisaria dessas merdas de meia entrada! Ai também não precisaria de falsificar! :facepunch: Agora a polícia investir tempo e pessoal para satisfazer o sindicato é uma lindeza!

    40 3 Responder

carregar mais comentários