PM leva homem e cunhado para a delegacia após encontrar drogas e dinheiro em Patrocínio

O menor disse que também estava trabalhando para o comércio de drogas.

publicado em 27/05/2020, por Farley Rocha


Foram apreendidos maconha, cocaína, e LSD e vários materiais relacionados com o comércio de drogas. 

A Polícia Militar levou para a delegacia nessa terça-feira (26) um homem de 30 anos e seu cunhado de 17 anos por tráfico de drogas. Os policiais haviam recebido denúncias de que o acusado estava usando um carro para comercializar entorpecentes. O menor disse que também estava trabalhando para o comércio de drogas. Foram apreendidos maconha, cocaína, e LSD e vários materiais relacionados com o comércio de drogas. 

A ocorrência foi registrada por volta das 17h30. De acordo com a Ascom do 46º BPM, a Polícia Militar recebeu diversas informações, de vários colaboradores, de que o acusado estaria comercializando drogas, do tipo maconha e cocaína, e que tal indivíduo realizava o comércio em um veículo Ford Ka de cor preta, placa HJW-7589. Os policiais ressaltaram que ele já é conhecido no meio policial pela prática de tráfico de drogas.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Durante patrulhamento pela rua Joaquim Otávio de Brito, Bairro Boa Esperança, os militares depararam com um Ford Ka, semelhante ao do denunciado, saindo da residência da Rua Alírio De Melo, que, ao aproximar para a abordagem, fez uma rápida manobra e acelerou tomando sentido Avenida Faria Pereira, foi feito acompanhamento, onde acabou sendo abordado na Rua Alírio de Melo, no cruzamento com a Rua Francisco Ramos.

Foi constatado que o condutor se tratava do denunciado e que o veículo era o mesmo apontado na denúncia, durante buscas no interior do veículo, foram localizados 2 tabletes de a maconha sob o banco do motorista, na carteira de bolso foi localizado 01 ponto de LSD, a quantia de R$82,00 em notas correntes e um aparelho celular.

Ressalta-se que, durante consulta, foi constatado que tal indivíduo não era habilitado, motivo que foi lavrada multa de trânsito. O acusado ainda disse que na residência havia mais entorpecentes de sua propriedade, sendo permitida a entrada dos militares na residência. Os militares então se depararam no interior do imóvel, com o cunhado dele de 17 anos, que após ser submetido a busca, nada foi localizado.

O garoto informou que as drogas estariam em cima da geladeira, vindo informar que tais entorpecentes seriam de seu cunhado, que, foram localizados em cima da geladeira 15 tabletes de maconha, juntamente com 1 faca com resquícios de da droga, uma balança de precisão e oito porções de cocaína. No interior do armário da cozinha, havia 1 invólucro, contendo diversas embalagens comumente utilizadas para a dolagem das drogas, um rolo de insufilme e 2 buchas maconha. Foram localizados ainda 4 papelotes de cocaína e a quantia de R$70,00.

O menor disse para os policiais que esta quantia mais R$1.175,00 encontrados no local e todas as drogas são de sua propriedade. Ao indagar o adolescente se havia algum documento que comprovasse sua identidade, ele nos apresentou uma carteira de identidade, com a data de nascimento diferente, ou seja, o menor nasceu no ano de 2003, contudo na identidade está 2001. Ao ser questionado, o menor informou que a identidade realmente é falsa, e que é utilizada por ele para entrar em festas, ainda informou que estaria ficando na residência de seu cunhado para ajudar na venda das drogas.

Os policiais informaram que, diante disso, que o Ford/Ka foi removido pelo guincho de plantão, sendo o acusado preso e o menor apreendido, sendo levados para a delegacia de Polícia Civil juntamente com o material apreendido. A representante legal do menor acompanhou todo o procedimento.

Autor: Farley Rocha Postado em 27/05/2020
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.