349669 2216 Ok
Banner CNA - TOPO
Publicado em 11/07/2017 por Maurício Fernandes
Compartilhe:

PM de Patos de Minas faz homenagem a policial morto por bandidos em Santa Margarida

Os Militares ligaram as sirenes das viaturas em sinal de solidariedade e protesto.

A Polícia Militar de Patos de Minas realizou na manhã desta terça-feira (11) uma homenagem ao Militar assassinado nessa segunda (10) em Santa Margarida, cidade na Zona da Mata de Minas Gerais. Grande parte da frota de viaturas da PM patense participou do manifesto que além de mostrar solidariedade e respeito à vítima e sua família, representa um sentimento de revolta pela covardia da quadrilha. 

A homenagem aconteceu às 11h00min na praça do antigo fórum. Os Militares ligaram as sirenes das viaturas em sinal de solidariedade e protesto. A Polícia Civil também esteve presente no local. A Polícia Rodoviária Federal também já havia emitido um comunicado mostrando luto pela morte do profisional. 

Segundo o Coronel Jarbas, o tombamento do Militar é uma lamentável perda não só para a instituição, mas também para a sociedade em si. “Enquanto não mudarem as leis, enquanto crimes bárbaros como esse não tiver uma punição severa, infelizmente o caos continuará se instalando no meio de gente de bem”

Bastante emocionado ele completou: “Nós sentimos muito a perda de um companheiro, de um herói da sociedade e defensor da segurança pública, por isso decidimos prestar essa homenagem ao Cabo e simbolicamente levar um pouco de conforto e carinho aos familiares do cabo Marcos”

Mesmo que as leis sejam falhas e a punição branda, a Polícia Militar continua nas ruas combatendo a criminalidade com todas as forças “Quando nós saímos de casa e vestimos a farda, representa pra nós uma segunda pele em defesa da sociedade. A segurança pública não é feita apenas de Polícia, mas sim de órgãos públicos e de leis que deveriam ser mais firmes.”

Imagens atualizado em 11/07/2017 • 13 fotos

Entenda o caso

Os bandidos fortemente armados dispararam e, com os barulhos dos tiros, os militares foram acionados. Quando chegaram na porta do imóvel, também foram recebidos a tiros. Um dos policiais levou um tiro na cabeça. O Cabo Marcos Marques da Silva, lotado no 12ª RPM de Ipatinga, no Vale do Aço, e o vigilante foram encaminhados ao hospital, mas não resistiram aos ferimentos. Leia mais!

Prisão de parte da quadrilha

Na tarde dessa segunda-feira (10), após uma caçada com diversos policiais e até aeronaves, 3 foram presos. Os acusados estavam com três armas calibre .12, uma submetralhadora, tocas ninjas, dois coletes balísticos e muita munição. Eles foram capturados na zona rural. O quarto integrante da quadrilha continua sendo procurado. Vários homens continuam em rastreamentos e as entradas e saída da cidade estão cercadas. Leia mais!

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Autor: Maurício Fernandes Postado em 11/07/2017
Compartilhe:

40 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Tiradentes | 2 meses, 1 semana atrás

    Infelizmente, mais uma vítima da bandidagem! Todavia, pelo vídeo dá pra notar falta de treinamento ou prudência do honrado militar. Não teve cobertura e nem buscou refúgio atrás da parede. De peito aberto daquele jeito leva bala mesmo! Esses bandidos não perdoam. Deveriam ter eliminado os 3 que foram capturados! A PM em cidades pequenas não tem a cautela devida dos policiais das cidades grandes. Deveria ter um intercãmbio, ou seja, a cada 5 anos, o policial tinha que fazer um estágio de 6 meses nas capitais. Sem essa experiência viram alvos fáceis dos bandidos.

    3 0 Responder

  • Elaine Cardoso Boaventura | 2 meses, 1 semana atrás

    Uma homenagem justa,pois antes dele colocar a farda ele é cidadão comum pai de família,merecedor da homenagem feita pelos colegas.

    2 2 Responder

  • Roma | 2 meses, 1 semana atrás

    A solução passa por uma mudança drástica. A homenagem foi válida e merecida. Porém, de ontem pra hoje, já assaltaram mais duas cidades do interior. Só reforço e treinamento também não são suficientes. É necessária uma reforma penal drástica de forma que o crime deixe de compensar pelo valor a ser pago pelo bandido. Hoje vale a pena ser bandido. Não se tem compromisso com a vida de ninguém, atira a esmo, mata sem nenhuma dor na consciência e nenhuma represália e possuem garantia de sua integridade pelo Estado que é atacado por eles. Os garantistas darão ânsia de vômito, mas, passou da hora de acabar com progressão de regime e presunção de inocência para bandidos profissionais. A continuar essa inversão de valores tratando bandidos como vítimas da sociedade, logo, chegarão às elites que os protegem. Aí quero ver os protetores chamando a polícia desesperadamente.

    2 0 Responder

  • Cidadão de Bem | 2 meses, 1 semana atrás

    Não foi somente uma homenagem, foi um protesto contra nossos governantes que não estão nem aí pra população de bem muito menos pra segurança pública. A polícia fez o que a população deveria fazer, parar por um tempo e protestar contra a insegurança, os militares optaram por não ficam com a bunda no sofá só reclamando como faz a maioria. Quem dera se médicos, juízes, promotores, advogados, professores fizessem o mesmo. Estão de parabéns.

    2 1 Responder

  • BOLSONARO 2018 | 2 meses, 1 semana atrás

    BOLSONARO 2018. Só os bandidos vão negativar

    7 8 Responder

  • Titi | 2 meses, 1 semana atrás

    Soldado foi VACILÃO.

    5 11 Responder

  • Sumara | 2 meses, 1 semana atrás

    Ah não!!! Lamentável o que aconteceu com esse policial...muito triste mesmo. Mas agora a polícia de patos parar pra fazer homenagem KKKK. Toda profissão tem seus riscos. E se preparem a tendência é que a violência aumente assustadoramente. Nossos governantes querem agem para aumentar a bandidagem. Sou a favor da pena de morte em caso de crimes assim. Não vejo outra solução. Ponto final!

    10 5 Responder

  • Vigilante! | 2 meses, 1 semana atrás

    Meus sentimentos a família do policial. Achei justa a homenagem, porém ainda fica clara a discriminação que a sociedade e a própria policia tem com nossa classe, hora nenhuma foi citado o nome dos colegas, o que morreu e o que está internado em estado grave, infelizmente, a PM se mobilizou porque morreu um militar, se fosse só os vigilantes, até agora os bandidos estariam soltos, isso é fato. Outra triste observação e pior é que o tal sindicato dos vigilantes não veio a público hora nenhuma se manifestar, nem nota de pêsames a família do colega, enviou. Já passou da hora dos colegas de profissão se unirem e acabar com esses sindicatos que não fazem outra coisa a não ser arrecadar a "obrigação" sindical. Será que algum membro dos direitos humanos, pastorais carcerárias ou OAB, vai na casa das vítimas(Policial e Vigilantes) oferecer algum apoio, igual oferecem aos bandidos? Será que vai ser a mesma preocupação? Se não for, aí esqueceram o princípio da isonomia, sendo assim, estão descumprindo a lei, que tanto enchem a boca pra citar quando a vítima é um indivíduo que escolheu o caminho do crime. Meus sentimentos as famílias e que Deus olhe por nós, que nobremente colocamos nossas vidas em risco pelo próximo.

    12 5 Responder

  • eu | 2 meses, 1 semana atrás

    Eu respeito a policia... São os mais prejudicados com esta Lei absurda do Brasil... Este país é um inferno...

    10 3 Responder

  • Eu 2 meses, 1 semana atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    .. - 2 meses, 1 semana atrás

    Aquiete-se em sua insignificância.. faça esse favor a si mesmo. Esse POLICIAL perdeu a vida por defender a sociedade, por cumprir o seu juramento de SERVIR e PROTEGER.

    7 5

    Totó - 2 meses, 1 semana atrás

    Vc não sabe o q realmente aconteceu e fala dessa forma pejorativa de um corajoso guerreiro. Lamentável!!! Como vc disse ele não tinha q estar ali, mas foi. Foi porque tinham dois guardas do banco sendo alvejados. Foi tentar ajudá-los e tombou porque preocupou-se com os reféns e não revidou aos disparos dos assaltantes. Pensa vc nessa situação dois guardas sendo fuzilados, os covardes usando inocentes como escudo e vc ali. Fácil né! Se toca meu amigo, respeitar o luto dos outros quem quer que seja é um princípio básico de educação.

    4 2

carregar mais comentários