Patense conquista Melhores do Agronegócio na categoria Nutrição Animal

Sediada em Patos de Minas (MG), a fabricante de nutrição animal cresce 24,4% em ativos, com foco renovado na piscicultura.

publicado em 22/10/2015,


A entrega da premiação aconteceu em São Paulo na última terça-feira (20).

Apostando no que acredita ser uma vocação agroindustrial do Brasil, atuando em um mercado que considera em crescimento, a Indústria de Rações Patense registrou desempenho positivo em 2014, mantendo planos de ampliar o portfólio. O principal investimento foi em estrutura de processamento de subprodutos de Auma aves, que exigiu cerca de R$ 40 milhões, segundo o presidente da empresa, Clênio Antônio Gonçalves. “Usamos uma tecnologia nova. Nosso maior impulso foi essa linha de aves”, diz Gonçalves. 

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

 Clênio Antônio Gonçalves - Presidente da Patense.

A indústria atua em um segmento conhecido como reciclagem animal. Utiliza como insumos partes geralmente rejeitadas pela indústria frigorífica, como vísceras, penas, ossos e até o sangue, considerados subprodutos animais. O processamento desse tipo de material tem entre seus principais resultados a farinha, usada como ingrediente de ração para frangos, suínos e peixes. Outro produto é o sebo, fornecido para a indústria de alimentos, química, farmacêutica e até para biodiesel.

A reportagem completa você lê na edição do Anuário do Agronegócio 2015. Nas bancas a partir do dia 23 de outubro.

Informe publicitário

Fonte: Globo Rural

Postado em 22/10/2015
Compartilhe:

6 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • IMS | 4 anos, 1 mês atrás

    Parabéns aos sucessores do Srº Antônio Gonçalves "Saudoso Tôe Quiabo" ele formou SUCESSORES e não Herdeiros!!! Vida longa à Patense!!! Patense exemplo de empresa familiar!

    7 0 Responder

  • AMIGO DA NATUREZA | 4 anos, 1 mês atrás

    CLÊNIO PARABÉNS A VOCÊ POR TER CONTINUADO O SONHO DE SEU PAI O SENHOR QUIABO PARABÉNS A VOCÊ E AO FUNCIONÁRIOS DA RAÇOES PATENSE.

    13 1 Responder

  • Marcelo | 4 anos, 1 mês atrás

    Parabéns!!!

    16 2 Responder

  • dudu | 4 anos, 1 mês atrás

    Parabéns Patense (que nome lindo) representa nos que somos cidadãos de bem na nossa querida Patos de Minas. Tomara que não apareca nenhuma pessoa da adiministracão desse nosso prefeito para atrapalhar essa que hoje é uma das maiores da America Latina e esta instalada na nossa cidade dando vários empregos diretos e indiretos para várias pessoas contribuindo com o comércio de Patos. Daqui a pouco vai essa prefeitura medíocre que temos lá e acaba que ela vai embora como eles fazem com várias outras que tentam entrar em Patos.

    18 5 Responder

  • S.O.S. PATOS | 4 anos, 1 mês atrás

    Patense - orgulho até no nome! Saudades do Quiabo, exemplo de perseverança, persistencia, vontade de vencer e acreditar que o trabalho dignifica o homem!

    30 6 Responder

  • Clênio Vaz | 4 anos, 1 mês atrás

    Parabéns. Uma grande empresa. Bem administrada.

    29 5 Responder

  • CMR | 4 anos, 1 mês atrás

    Parabéns Patense e obrigada por ainda acreditar em Patos de Minas ;sucesso muito sucesso........

    43 8 Responder

    IMS - 4 anos, 1 mês atrás

    Estou observando os votos negativos apresentados nesta matéria, e me pergunto o que passa na cabeça destas pessoas que votam contra? Acredito que não passa nada em suas cabeças, só na fábrica de Patos de Minas chega por dia 300 toneladas(25 caminhões por dia) de resíduo, a pergunta é: se não existisse uma empresa de reciclagem que fim teria este residuo? aterro sanitário? zero de emprego? zero de impostos? uma empresa que têm 600 funcionários, e 3 filiais, MERECE RESPEITO afinal são 45 anos de vida!!!

    13 1