Publicado em 13/04/2018
Compartilhe:

Operação do MP prende e afasta diversos agentes públicos de Araguari por desvio de verbas do Cemitério

Foram cumpridos três mandados de prisão temporária, 32 de busca e apreensão e nove ordens judiciais de afastamento de agentes públicos e políticos.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e a Polícia Civil deflagraram nesta sexta-feira (13), a operação Hoopoe, com o objetivo de desbaratar esquema de desvios de recursos públicos na Prefeitura de Araguari, no Triângulo Mineiro. Hoopoe é um pássaro da mitologia que sobrevive de comer excrementos. 

Foram cumpridos três mandados de prisão temporária, 32 de busca e apreensão e nove ordens judiciais de afastamento de agentes públicos e políticos. Há indícios da prática de crimes de organização criminosa, peculato, fraude à licitação e lavagem de dinheiro, cujas penas variam de três a 12 anos.

A operação contou com a participação de promotores de Justiça e 110 policiais civis. Do MPMG, participaram os seguintes órgãos: Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Araguari, Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), Grupo Especial de Defesa do Patrimônio Público (GEPP), Grupo de Apoio Operacional Policial (GOP) e Promotoria de Justiça de Combate aos Crimes Cibernéticos.

Segundo os promotores de Justiça, as investigações tiveram início com informações acerca da venda de túmulos no cemitério municipal. No decorrer dos trabalhos conjuntos do MPMG e da Polícia Civil, verificou-se que agentes públicos e políticos utilizavam os cargos para desviar recursos públicos em vários setores do Poder Executivo municipal e da Superintendência de Água e Esgoto (SAE). Com as condutas, os investigados agiram para obter benefícios políticos e econômicos em proveito próprio e de terceiros.

Fonte: Ascom MPMG

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Postado em 13/04/2018
Compartilhe:

4 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • xara | 6 meses atrás

    políticos corruptos de patos de minas os contratos e licitações de faxada de vocês tao restes a cair em araguari já caiu na prefeitura de patos de minas tem dezenas de funcionários que tiveram serviço arranjado por politicagem ou troca d favores .

    7 0 Responder

  • zê Calimério | 6 meses atrás

    ainda bem que os mortos não fala nada todo mundo caldinho .

    4 1 Responder

  • Mão branca | 6 meses atrás

    Como tem ladrão dentro do funcionalismo público neste país. Em todas as repartições tem ratos. Que vergonha e falta de punição severa.

    9 0 Responder

  • ikopó´kp | 6 meses atrás

    :grinning: :grinning: :grinning: :grinning: :grinning: :grinning: :grinning: :grinning:

    1 3 Responder