Operação com diversos órgãos combate o transporte clandestino em Patos de Minas

Os transportadores flagrados em situação irregular tiveram que providenciar a viagem dos passageiros até seus destinos.

publicado em 13/05/2019, por Farley Rocha


A operação começou às 15h00 de sexta feira (10) e terminou às 17h00 desse domingo (12).

Diversos órgãos se uniram neste fim de semana para combater o transporte clandestino na região de Patos de Minas. A Operação que durou todo o fim de semana teve várias apreensões. Os transportadores flagrados em situação irregular tiveram que providenciar a viagem dos passageiros até seus destinos.

A operação começou às 15h00 de sexta feira (10) e terminou às 17h00 desse domingo (12). O Inspetor Terceiro da Polícia Rodoviária Federal destacou que os principais motivos do trabalho foram os diversos acidentes envolvendo esse tipo de transporte o que causa de lesão à morte dos passageiros e de outros usuários das rodovias.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

O policial ainda salientou que além dos óbitos e feridos nos acidentes, havia também uma infinidade de queixa por parte desses consumidores, porém, curiosamente, queixavam-se mas muitos não abrem mão do transporte clandestino. Além da PRF, participaram do trabalho conjunto o PROCON, PMRV, PM, PC, MP, DEER e ANTT

O inspetor informou que, se o ônibus faz linha intermunicipal, os responsáveis pelas fiscalizações, multas e apreensões, ficam por conta da PMMG e do DEER. Se o ônibus faz linha interestadual, os responsáveis pelas fiscalizações, multas e apreensões são PRF e ANTT

Por conta da PRF, foram flagrados 5 transportadores clandestinos e outros 3 pela PMRV. Nesse caso, os passageiros foram encaminhados para a rodoviária de Patos de Minas e o ônibus apreendido. “É condição para liberação do ônibus que o proprietário comprove ter sanado as irregularidades e tenha providenciado transporte para os passageiros. Esse transporte pode ser comprando passagem nos ônibus regulares disponíveis ou fretando um ônibus”, frisou.

O inspetor também destacou a participação do Procon Municipal e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. “Foram eles que propiciaram o suporte material para que essa operação acontecesse em Patos de Minas. O PROCON coordenou as ações e a secretaria fiscalizou o amparo e destino dos passageiros”, concluiu.

Imagens atualizado em 13/05/2019 • 3 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 13/05/2019
Compartilhe:

10 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • raiz | 7 meses atrás

    porque o procom? O PROCON é órgão do Poder Executivo municipal ou estadual destinado à proteção e defesa dos direitos e interesses dos consumidores. ... Cumpre-lhe basicamente as funções de acompanhamento e fiscalização das relações de consumo ocorridas entre fornecedores e consumidores. AGORA EU PERGUNTO: O QUE TEM HAVER TRANSPORTE CLANDESTINO COM RELAÇÃO DE CONSUMO ENTRE FORNECEDOR E CONSUMIDOR?

    1 9 Responder

    Jandira - 7 meses atrás

    Só pensar um pouco... dentro dos ônibus estavam pessoas que pagaram passagens. Relação de consumo! Estavam protegendo inclusive o embarque deles em linhas regulares, bem como preservando seus interesses.

    1 0

  • fake ou falta de moral? | 7 meses atrás

    Entretanto, vocês noticiaram aqui que: "Polícia Militar coíbe atividade irregular de vigilância privada e prende vigilante em moto." Entretanto, uma moto continua fazendo o mesmo barulho no Bairro Guanabara e adjacências. O a notícia é fake ou essa gente não dá moral para a polícia militar?

    2 0 Responder

  • al | 7 meses atrás

    iss vale apara as caronas de carro oferecidas livremente pelo whats? tem um tal de ... q fatura cerca de 500 a 600 reais por dias cobrando 80 reais por cabeça e enchendo um xaf (banda) íra! com 8 pessoas.

    4 10 Responder

    Kkkkkkk - 7 meses atrás

    Parece que senti uma invejinha nas suas palavras ....????????????

    2 2

    Curió - 7 meses atrás

    KKKK INVEJOSO.

    0 2

  • PASSAGEIRO | 7 meses atrás

    Quanto operação no fator segurança 100%...Quanto Procon seria investigar fraude na renovação das concessões estaduais por 28 anos sob proprina e passageiro pagando uma conta alta por isso. E juntar mais um orgao PF e investigar empresarios que se dizem legais cometendo o mesmo transporte ilegal mudando itinerario.....

    3 5 Responder

  • Pensador | 7 meses atrás

    Se for assim eles tem que acabar com as caronas pagas oferecidas pelas redes sociais pra João Pinheiro,,Carmo ,, Lagoa formosa Patrocinio vazante e etc.,..

    7 22 Responder

  • Satisfeito | 7 meses atrás

    Que bacana! Difícil ver a união de tantos órgãos públicos na mesma operação. Precisava mesmo sempre vejo aqui no site acidentes com esses ônibus que morrem muitas pessoas. Parabéns

    34 7 Responder

    patureba - 7 meses atrás

    Parabéns a toda equipe! Juntos em favor da vida!!!

    14 4