349669 2216 Ok
Baile do Hawaii
Publicado em 17/07/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Moradores usam faixas, cartazes e muitas cruzes em protesto por mais segurança na BR 146

No último acidente, uma garotinha e um homem de 37 anos morreram.

Os moradores usaram muitas cruzes para lembrar o número de mortes na rodovia.

O grande número de mortes por acidentes na BR 146 tem sido motivo de preocupação para os moradores e pelas pessoas que utilizam a rodovia. Na manhã desse domingo (16), eles organizaram um protesto para chamar a atenção das autoridades e para cobrar melhorias no projeto, principalmente na chamada “Serra da Catiara”, local com alto índice de batidas.

O trecho da BR 146 que liga Patos de Minas à Araxá foi inaugurado em junho de 2015. Com um custo de cerca de R$ 150 milhões, a obra não só encurtou o caminho entre as duas cidades, mas também proporcionou a interligação das regiões mineiras do Norte, Nordeste e Alto Paranaíba com o Sul de Minas e facilitou o acesso dessas regiões com o Estado de São Paulo.

O movimento na rodovia cresce a cada dia e o grande número de acidentes passou a preocupar os moradores. O último deles, ocorrido há apenas uma semana, causou a morte de duas pessoas. Um motorista de 37 anos e uma criança de oito anos morreram carbonizados em um acidente com uma carreta de alimentos que tombou e pegou fogo. 

Os moradores entendem que o projeto da rodovia pode ser melhorado para evitar os acidentes. O protesto na manhã deste domingo (16) foi para chamar a atenção das autoridades. Eles cobram uma ação do DNIT e também do Ministério Público Federal –MPF – para que ações sejam feitas.

Os moradores levaram cartazes com fotos e vitimas da rodovia, faixas cobrando providências e panfletos de conscientização. Cruzes de madeira foram confeccionadas para lembrar as pessoas que perderam a vida em acidentes de trânsito na BR 146.

Imagens atualizado em 17/07/2017 • 8 fotos

Giraffas
Autor: Maurício Rocha Postado em 17/07/2017
Compartilhe:

8 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Flavio | 2 meses atrás

    Os motoristas tem que pensa no próximo ter prudencia. Espera do governo para resolver esquece........

    1 4 Responder

  • J | 2 meses atrás

    E a duplicacao de BR 365?

    6 7 Responder

  • Pacheco | 2 meses atrás

    é alí nas curvas de Catiara, rumo a Araxá. Os motoristas também tem que ter prudência pra dirigir, se o piloto entrar correndo demais a coisa vai se complicar mesmo

    11 0 Responder

  • Renato | 2 meses atrás

    Fala sério! A mulher mostra um panfleto escrito "18 pessoas mortas" e ela com um sorriso, sem noção.

    9 8 Responder

    Val - 2 meses atrás

    Pensei a mesma coisa!!

    7 2

  • Zé Pikeno | 2 meses atrás

    O asfaltamento por ter sido inaugurado em 2015 mas a via é antiga. A linha Patos/Uberaba era por ali. Um poeirão... A descida ali é tensa. Com o asfalto o povo perde o medo. Aí já viu...

    9 2 Responder

  • Paxa Abreu | 2 meses atrás

    Ou da para falar em qual a cidade que estar acontecendo isso? ???????

    12 1 Responder

    Cidade - 2 meses atrás

    Serra do Salitre

    9 0