Missão aos Estados Unidos aumenta o otimismo sobre a exploração de gás na região

As lideranças que participaram da missão acreditam que a exploração de gás pode mudar a realidade da região.

publicado em 30/10/2014, por 1


Eles visitaram empresas, conheceram poços de perfuração.

Uma missão organizada pela Agência para o Desenvolvimento de Patos de Minas – ADESP – levou lideranças do município ao Estado da Pensilvânia nos Estados Unidos para que eles pudessem conhecer o processo de exploração de gás natural naquele país. Eles visitaram empresas, conheceram poços de perfuração e voltaram para o Brasil bastante otimistas.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

As lideranças que participaram da missão acreditam que a exploração de gás pode mudar a realidade da região, assim como aconteceu nos Estados Unidos. Os investimentos são altos, cada poço de exploração perfurado custa em torno de R$ 50 milhões de dólares. O setor movimenta a economia, gerando emprego e renda e melhorando a vida das pessoas.

O presidente da Fiemg regional Patos de Minas, João Batista Nunes Nogueira, disse que estava pouco otimista com relação à exploração de gás, mas que mudou completamente de opinião após a visita aos Estados Unidos. Ele também se diz otimista com relação à região, tendo em vista que as empresas investiram em pesquisas muito mais do que o compromisso feito com o governo. “Se não tivesse gás aqui, as empresas não teriam investido além do que estava previsto”, destacou o presidente da Fiemg. Cerca de R$ 500 milhões já foram gastos em pesquisas na região.

Os empresários trouxeram um vídeo explicando como funciona o processo de exploração de gás nos Estados Unidos. O sistema vem avançando e, apesar da proximidade entre um poço e outro, o dano ao meio ambiente é mínimo. De acordo com o Fagner Oliveira, pró-reitor do Unipam, havia uma preocupação com danos ambientais que foi amenizada diante dos resultados alcançados pelos pesquisadores americanos.

Imagens atualizado em 30/10/2014 • 17 fotos

Como as empresas que detém a concessão para a exploração de gás na região possuem capital aberto e estão presentes nas bolsas de valores, a disponibilidade de informações é pequena, mas os empresários acreditam que dentro de três anos é possível iniciar a exploração de gás por aqui. O presidente da CDL, Eduardo Castanheira, destacou a viabilidade do negócio e disse que todos devem incentivar o negócio.

A maior preocupação agora é com a legislação. O Brasil ainda não possui uma lei que regulamenta a exploração de gás no território nacional. As lideranças que participaram da missão afirmam que o próximo passo agora é fazer com que as autoridades brasileiras regulamentem o setor aprovando uma lei.

Autor: Maurício Rocha

Autor: 1 Postado em 30/10/2014
Compartilhe:

11 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • LUCAS SOUZA | 5 anos, 4 meses atrás

    PARABENS A ESSA AGENCIA DE PATOS DE MINAS....ESSE É UM GRANDE PASSO..

    0 0 Responder

  • Nardeli Mota | 5 anos, 5 meses atrás

    Vejo como oportunidade e crescimento para o Brasil e região.

    0 0 Responder

  • Nardeli Mota | 5 anos, 5 meses atrás

    Vejo o Brasil e região citada com grandes potencial para desenvolver este projeto extração gás, Temos que reagir e colocar em operação. Porque corremos o risco de perdermos para os países. Data 01-11-2014 as 16:35

    0 0 Responder

  • Luís Tavares | 5 anos, 5 meses atrás

    Tem gente aí que está à frente de entidadede classe há mais de 17 anos e não larga de jeito nenhum! Patos da alternância e das oportunidades! Mude isto, Toninho Andrade!

    1 0 Responder

  • Paulo de Castro | 5 anos, 5 meses atrás

    Senhores, no ano passado esteve aqui em Patos de Minas os representantes da Gasmig(Cemig e Petrobras) empresa "dona" do gás, e em uma palestra realizada no auditorio da CDL os representantes foram claros: caso os poços de gás natural perfurados aqui na cidade dê vazão NÃO significa que este gás fique na cidade, ele passará do estado gasoso para o líquido e será enviado para BH, pois na cidade não há demanda, um dos motivos é o gás custar 60% mais do que a biomassa(lenha de eucalipto) CEMIL, PATENSE, PREDILECTA, SUINCO, HEBROM, AGROCERES, COOPATOS, TERRENA, RIBER, MERCIFRAN, CERÂMICAS, LACTOWAL etc...etc... continuarão consumindo biomassa.

    1 0 Responder

  • Nykiel | 5 anos, 5 meses atrás

    Olá deixando minha opinião... Infelizmente não vai existi perfuração e a extração de petróleo e gás sem danos ambientas embora traga muitas rendas as cidades....Eu trabalhei nessas perfurações de minas e por experiência própria os danos as meu ambiente não são tão absurdos...

    0 0 Responder

  • Ricardo | 5 anos, 5 meses atrás

    QUEM VAI SER O DONO DE TUDO ISTO,o E ou o A qual dos dois coroneis vai madar ai ,porque esta cidade precisa de políticos novos com futuros

    1 1 Responder

    Gilmar - 5 anos, 5 meses atrás

    Os donos somos nós Brasileiros, o comando será do PT e a parte de exploração é da Petrobras. Essa visita foi mera curiosidade mesmo, ninguem mais que a Petrobras pode explorar ou contratar parceria com terceiros para isso.

    0 1

  • Mestre | 5 anos, 5 meses atrás

    Muito complicado essas perfurações, nos EUA as manifestações "contra" essa extração de gás é muito forte. Agora muito estudo ainda tem que ser feito, para começar tem que aprovar uma LEI FEDERAL para essas atividades.

    1 1 Responder

  • Xisto no Espaço | 5 anos, 5 meses atrás

    Extração de gás, poluição total. Riscos para os cursos d'água e lençóis freáticos. Excesso de resíduos e eventuais riscos sísmicos. É só ver a manifestação nos Estados Unidos contra este processo de "fracking".

    2 0 Responder

  • Alerta | 5 anos, 5 meses atrás

    Estudos em países com a extração desse gás comprovam a DESTRUIÇÃO que todo esse processo causa... Autoridades ambientais de Patos de Minas e região fiquem de alerta... Nem tudo é o que parece ser!

    8 1 Responder

carregar mais comentários