349669 2216 Ok
Banner Unipam 2017 - Institucional
Publicado em 26/06/2017
Compartilhe:

Ministério Público emite recomendação proibindo tráfego de caminhões na Ponte do Paranaíba

A promotora de justiça Vanessa Dosualdo Freitas emitiu uma recomendação à Administração Municipal para que a Prefeitura adote, no prazo de 10 dias, medidas para coibir o desrespeito

Imagens mostram o tráfego intenso de carretas e caminhões com peso muito acima das 15 toneladas.

O Ministério Público quer impedir o tráfego de veículos pesados sobre a Ponte do Rio Paranaíba no bairro Nossa Senhora Aparecida em Patos de Minas. A promotora de justiça Vanessa Dosualdo Freitas emitiu uma recomendação à Administração Municipal para que a Prefeitura adote, no prazo de 10 dias, medidas para coibir o desrespeito ao limite máximo de peso sobre a estrutura, que é tombada pelo Patrimônio Histórico.

Na última semana, o Patos Hoje mostrou a denúncia de moradores preocupados com a situação. Leia mais! Eles fizeram um vídeo mostrando o tráfego intenso de carretas e caminhões com peso muito acima das 15 toneladas estabelecido na sinalização. A denúncia também mostra trincos e rachaduras na estrutura da ponte, que foi construída na década de 30. Um abaixo-assinado foi apresentado com pedido de providências.

O Ministério Público agiu rápido e emitiu uma recomendação à Prefeitura cobrando a adoção de medidas para proteger a chamada “Ponte do Arco”. A promotora Vanessa Dosualdo Freitas quer que a Administração Municipal reforce a sinalização e a fiscalização, utilizando inclusive o poder de polícia, para proibir o tráfego de caminhões e carretas sobre a estrutura.

De acordo com o órgão, o tráfego intenso de veículos no local provoca a exposição contínua às vibrações a qual poderá acarretar o desgaste da estrutura de sustentação, causando trincas e rachaduras, capazes de levar a ponte à ruína, o que coloca em risco não só patrimônio cultural, mas também a vida das pessoas que trafegam pelo local.

A Ponte sobre o Rio Paranaíba faz a ligação da cidade com o distrito industrial. É por ali que passam também os caminhões de coleta de lixo com destino ao aterro sanitário. Mas o Ministério Público entende que existem outras alternativas. O órgão recomenda que os veículos com mais de 15 toneladas utilizem a BR 365 e a chamada Estrada da Serrinha.

O Ministério Público concedeu prazo de 10 dias para que a Prefeitura adote as medidas necessárias para proibir o tráfego de veículos pesados sobre a Ponte do Rio Paranaíba. O  órgão também pediu à Administração Municipal que informe em um prazo de 48 horas se a recomendação será cumprida.

Autor: Maurício Rocha

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 26/06/2017
Compartilhe:

56 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Ana Helena | 4 meses, 3 semanas atrás

    Cade o asfalto da serrinha....eles não passam por lá por causas das más condições. Se me lembro bem a verba venho .cade ?

    2 0 Responder

  • quanto maior maior o tombo | 4 meses, 4 semanas atrás

    essa ... dos anos 20 vai cair , e patos vai ficar sitiada olha isso ai zê Eustáquio!!! discuti na reunião la no barzinho da major gote oque pode ser feito .

    0 0 Responder

  • zeroo | 4 meses, 4 semanas atrás

    uai so nao lembrava mais que matos de minas tinha ministerio publico, achei que funcionasse apenas no mandato do pedro lucas!!!!!

    3 1 Responder

  • Galo | 4 meses, 4 semanas atrás

    Como que as empresas vão fazer se o asfalto da estrada da baixadinha não está pronta?primeiro as autoridades tem que providenciar o término do asfaltamento de lá o que já passou da hora.

    11 2 Responder

  • Engenheiro | 4 meses, 4 semanas atrás

    Segundo o MP, a recomendação é de que a vida útil de uma ponte dessas é de 50 anos, a ponte sobre o mesmo rio na BR 365, também tem mais de 50 anos , sendo assim o MP também tem que interditar também . Vamos ficar ilhados..

    4 2 Responder

  • Cleuto | 4 meses, 4 semanas atrás

    PORQUE QUE A DIGNÍSSIMA PROMOTORA NÃO TEM A MESMA DISPOSIÇÃO PARA FREAR O TRÁFEGO DE ESGOTO QUE DESCE PELO RIO PARANAÍBA, A NÃO SER QUE A PONTE É MAIS IMPORTANTE QUE O RIO...

    9 1 Responder

    Copasa - 4 meses, 4 semanas atrás

    Prezado contribuinte. A COPASA não tem pressa nessa questão, até porque já recebe dos patetas, digo patenses, o valor mensal de coleta e tratamento do esgoto, mesmo sem fazer coleta nem tratamento. Agradecemos pela colaboração dos patetas, digo patenses. Obrigado.

    15 0

  • Qwerty | 4 meses, 4 semanas atrás

    Sou vidente. Afirmo: Nada será resolvido em 10 dias. O prazo então será prorrogado por mais 90 dias. Nada será feito. Daí o MP fará mais uma recomendação. Nada será feito. E dentro de dois anos voltaremos ao problema.

    19 0 Responder

  • pelo amor de Deus | 4 meses, 4 semanas atrás

    Queria ver se uma empresa dessa falar que vai sair..... Suinco .nideira.patense Ai eles faz uma ponte novaa.. tem que fazer uma outra essa ponte ja passou da hora de cair

    13 0 Responder

  • PEDRO PEDREIRA | 4 meses, 4 semanas atrás

    Essa cidade é grande, com povo de mentalidade de CURRUTELA. Por causa de uma simples ponte faz-se esse alarde todo. É muita picuinha. Simplesmente só construa uma ponte nova e resolve o problema!!!! Se fosse em Uberlândia, a ponte já estava pronta, mas como somos Patos de Minas, a capital da picuinha, daqui uns 15 anos sai uma ponte nova, porque agora vão aparecer aqueles que querem sair no lucro com a construção da ponte nova.

    10 2 Responder

  • vava | 4 meses, 4 semanas atrás

    fala agora que a culpa e do pedrinho.fala fala.

    13 2 Responder

carregar mais comentários