Publicado em 11/09/2018 por Maurício Fernandes
Compartilhe:

Longa espera e morte de idosa deixam população indignada na UPA em Patos de Minas

Os pacientes estão esperando há várias horas por um atendimento médico.

A recepção da UPA III estava completamente lotada na tarde desta terça-feira (11).

A redação do Patos Hoje recebeu diversas reclamações a respeito da demora no atendimento da Unidade de Pronto Atendimento do Bairro Jardim Peluzzo. Os pacientes estão esperando há várias horas por um atendimento médico e algumas pessoas chegaram a dormir no local em busca de um tratamento. Uma mãe dormiu a noite toda sentada com o filho, pois o leito, que estava vazio, estava sendo reservado para um paciente que ainda iria chegar na unidade. Uma senhora, que aguardava para ser atendida, não resistiu e acabou falecendo.

Nossa equipe de reportagem foi até a UPA às 14h00 desta terça-feira (11) e registrou a situação em que se encontra o local. Pacientes aguardavam atendimento desde as 09h00 e alguns tinham que ficar do lado de fora da unidade, pois já não havia mais espaço na recepção. Segundo os pacientes, eles foram informados que apenas dois médicos estão realizando os atendimentos e seria essa a causa da longa espera.

De acordo com Carlos Henrique de 27 anos, que acompanhava a esposa, uma providência precisa ser tomada para que a população receba mais respeito. “Eu estou aqui com minha esposa desde 08h30, fizemos a triagem e nos deixaram aqui até agora, ela está ali passando mal e eles não estão nem aí se acontecer o pior, cadê as autoridades dessa cidade que não zelam do seu povo?” Segundo ele, nem adianta falar com as atendentes que a resposta é sempre a mesma. “A gente vai ali buscar informação e as funcionárias sempre falam que demora assim mesmo, ainda disseram que a causa disso é porque apenas dois médicos estão trabalhando hoje”.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

A dona Lúcia Helena chegou na UPA com seu filho de 13 anos por volta de 23h00 de ontem. Ele sofreu um ataque convulsivo e precisou de atendimento. Segundo ela, o descaso foi tanto que, mesmo com leitos vazios, eles tiveram que dormir sentados em cadeiras. “Meu filho passou mal e eu trouxe ele aqui para a UPA ontem a noite, a gente dormiu sentado lá dentro, eu perguntei a moça se ele poderia deitar em um leito que estava vazio e ela disse que não, porque poderia chegar alguém doente e não teria leito para abrigar a pessoa que poderia chegar”.

O Patos Hoje entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal para saber o que está sendo feito para melhorar e agilizar o atendimento no local e também, para saber a respeito da morte de uma senhora de 73 anos que esperava atendimento na UPA e recebeu a seguinte resposta: "A UPA não tem medido esforços para atender os pacientes no tempo certo. De janeiro até o presente mês houve a contração de médicos para a unidade e o número de profissionais subiu de 44 para 50 para a realização dos plantões. Além disso, o acolhimento tem passado por melhorias e há o esclarecimento das pessoas classificadas em casos não urgentes ou de não emergência e que podem ser atendidas no Posto de Saúde de referência que podem retornar aos seus postos já com a consulta agendada. Quanto ao caso veiculado pela mídia, a senhora foi atendida em 16 minutos após dar entrada à unidade."

Imagens atualizado em 11/09/2018 • 9 fotos

Autor: Maurício Fernandes Postado em 11/09/2018
Compartilhe:

51 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Indignada | 2 meses atrás

    Uma vergonha tanto descaso, em época de eleições vem todos com aquela cara sem vergonha pedir voto... Bando de ..., só existe esse descaso pq a família deles não precisa de atendimento, pois, possuem plano de saúde, deixa se precisassem pra ver se seria esse descaso todo... nunnncaaaa

    0 0 Responder

  • BATMAN | 2 meses atrás

    É SÓ OS ELEITORES NÃO :rage:VOTAREM EM CANDIDATOS QUE VIVEM "CUSTEANDO" CONSULTAS AÍ NO CONSULTÓRIO DELE, ACHANDO QUE ESTÁ FAZENDO UM FAVOR PARA A SAÚDE PÚBLICA DE PATOS DE MINAS. AO INVÉS DE FICAR PAGANDO PARTE DE CONSULTAS E SENDO RESSARCIDO COM A VERBA DE GABINETE (O QUE TORNA A AÇÃO UMA ENGANAÇÃO, POIS QUEM PAGA É O CONTRIBUINTE), ELE E OUTROS AÍ DEVERIAM BUSCAR UMA NOVA UPA PARA A CIDADE OU A AMPLIAÇÃO DO ATENDIMENTO NO HOSPITAL REGIONAL. ACORDEM, PATENSES!!! :triumph:

    2 0 Responder

  • Fawkes | 2 meses atrás

    O problema da UPA envolve vários setores. Os médicos acredito que tem a menor parcela de culpa, pois trabalham em péssimas condições e sobrecarregados. O problema da UPA começa pela educação. Isso mesmo, 40% da ocupação de leitos dos hospitais são de acidentes de trânsito, e acidentes de trânsito é o que? Falta de educação. Depois vem a prefeitura, que não tá nem aí pra saude do povo, porque a promessa de saúde é que dá voto. Portanto, gente, reivindiquem mesmo, cobrem, proteste. Mas não vão em cima dos médicos e funcionários. Vai diretor na fonte, cobrem da prefeitura, do governo, do Estado. Eles que são os verdadeiros responsáveis pelo caos do nosso país.

    3 0 Responder

  • GUILHERME | 2 meses atrás

    aproveitando s ocasião e corpo de bombeiros teve que usar caminhão pipa da prefeitura para apagar ,

    0 1 Responder

  • SACANAGEM | 2 meses atrás

    Se não bastasse o sofrimento das pessoas o Sr Prefeito e Sr Diretor de trânsito mandou os agentes de trânsito ficar no entorno e multar os veículos o qual muitos vão acompanhar os pacientes naquele inferno municipal. E falando neles os mesmos estão indo em bairros isolados e autuando veículos nas portas das residências...fiquem atentos...soltem cachorros

    4 0 Responder

  • UPA ou ACOUGUE MUNICIPAL? | 2 meses atrás

    Esses políticos tinham que tomar vergonha na cara. Tudo pilantra! Cadê a turma da saúde dos vereadores? Cadê os carniceiros dos vereadores que vivem de frequentar velórios e pessoas acamadas?

    5 0 Responder

  • crossroad | 2 meses atrás

    cenas de violencia explicita promovida por nossas autoridades publicas.isso é violencia...

    0 0 Responder

  • PEDRA NOVENTA | 2 meses atrás

    O tal de vereador uma hora hora dessa some tudo cambada de nojentos

    0 0 Responder

  • Lucas | 2 meses atrás

    Minha mãe estava com pressão 8 por 5, mesmo assim a médica pediu para levá-la pra casa.

    0 0 Responder

  • PEDRA NOVENTA | 2 meses atrás

    Fico pensando uma coisa como e que estes cara que agora pedem votos para deputados não fazem nada para melhorar o sistema de saúde de Patos de Minas isto e coisa de ficar injuriados e dá nojo tem que dar um basta nisto Heli Tarquinho some de uma vez

    2 0 Responder

carregar mais comentários