Justiça de Goiás determina prisão de João de Deus

Ele é alvo de denúncias de abusos sexuais.

publicado em 14/12/2018,


A Secretaria de Segurança Pública de Goiás confirmou há pouco que o Tribunal de Justiça de Goiás acatou o pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e determinou a prisão do médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus. Ele é alvo de denúncias de abusos sexuais. Como o processo tramita em sergredo de Justiça, o MP-GO não vai se manifestar.

A reportagem ainda não conseguiu falar com o advogado Alberto Toron, que defende o médium. O advogado protocolou ontem (13) pedido para que o tribunal autorizasse o médium a continuar os atendimentos na Casa Dom Inácio Loyola, em Abadiânia.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Até esta quinta-feira, a força-tarefa criada pelo Ministério Público estadual para apurar as acusações de abusos sexuais contra João de Deus havia recebido 330 mensagens e contatos por telefone de mulheres que afirmam ser vítimas de crimes sexuais praticados pelo médium.

Promotorias de Justiça Criminais do Ministério Público de outros estados também estão recebendo denúncias e auxiliando o Ministério Público de Goiás na apuração, colhendo os depoimentos das denunciantes que não moram em Goiás.

O médium de 76 anos fundou, em 1976, a Casa Dom Inácio de Loyola no município goiano de 12 mil habitantes, a cerca de 110 quilômetros de Brasília e à mesma distância de Goiânia.

Memória

As denúncias começaram a vir a público na última sexta-feira (7) quando o programa Conversa com Bial, da TV Globo, divulgou as primeiras denúncias de abuso sexual. A partir daí, outras mulheres que afirmam ser vítimas do médium começaram a procurar as autoridades e a imprensa. Nessa quarta-feira, em sua primeira aparição pública, o médium disse que é inocente e está à disposição da Justiça brasileira.

"Irmãos e minhas queridas irmãs, agradeço a Deus por estar aqui. Quero cumprir a lei brasileira. Estou nas mãos da Justiça. O João de Deus ainda está vivo", declarou o médium ao passar pela Casa Dom Inácio, onde peramaneceu por menos de dez minutos antes de sair alegando estar passando mal.

Fonte: Agência Brasil

Postado em 14/12/2018
Compartilhe:

2 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Acho e pouco | 6 meses, 1 semana atrás

    O povo procura as alternativa erradas, Deus está por toda parte, e só abrir o coração e ele abençoa. Mas as pessoas ficam caçando chifre em cabeça de cavalo ,confia mais n homem do q em Deus.depois reclama qd acontece essas coisas.

    1 0 Responder

  • Kosmonauta | 6 meses, 1 semana atrás

    Eu conheço muito o João de Deus, ele é Católico e parece ser uma pessoa excelente e caridosa, apesar de ser Católico ele exerce a sua mediunidade numa Casa Eclética chamada Casa de Dom Inácio de Loiola. Apesar do seu enorme prestígio internacional ele vai ser detido, mas não creio que se comprove tais abusos, estamos passando por uma crise moral no Brasil onde tudo está às avessas, juiz que vira deus por abuso de poder, candidato que é adorador de torturas e acolhe o torturador mor, candidato que ganha uma eleição com mentiras e brincando de Rambo Tupiniquim. Eu vejo Brasil hoje numa crise moral, que acho que deve ser a última antes de Evoluir a um Patamar já alcançado mas foi derrubado do seu degrau, e os que fizeram isso se dizem brasileiros mas gostam mesmo é de Miami nos domínios do maluco maior.

    2 7 Responder