Incêndio no Museu Nacional também atinge parte da história de Patos de Minas

E Patos de Minas também contribuiu com o acervo do museu.

publicado em 03/09/2018, por Farley Rocha


Dois meteoritos que estavam expostos no Museu foram encontrados em Patos de Minas. (Foto: Thiago Castro).

A tragédia no Grande Museu Nacional nesse domingo (02) levou às lágrimas os brasileiros. Preciosidades históricas se perderam causando um dano irreparável à história do país. E Patos de Minas também contribuiu com o acervo do museu. Dois meteoritos que estavam expostos nas galerias do espaço foram localizados em Patos de Minas.

O morador de Patos de Minas, Thiago Borges Castro, recordou de quando visitou o Museu Nacional. “Durante uma viagem minha ao Rio de Janeiro, visitei o Grande Museu Nacional, o lugar em que nossa Independência foi assinada e que hoje, semana da Independência, só restam cinzas”, lamentou como todo brasileiro pela perda irreparável.  

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

Segundo Thiago, das pouquíssimas fotos que tirou, uma foi de um meteorito que caiu em Patos de Minas. “Interessante e triste ao mesmo tempo ver que essa cidade contribuiu, dividindo espaço com tantos ícones”, contou com tristeza. Estavam expostos no Museu o crânio de Luzia, o fóssil mais antigo das Américas, o primeiro dinossauro encontrado em solo brasileiro, as múmias trazidas do Egito por D. Pedro II, dentre outros.

Thiago enviou a foto para o Patos Hoje do meteorito com a placa indicando Patos de Minas, onde foi localizado. Como são mais resistentes, os meteoritos podem ter se salvado das chamas. Funcionários confirmaram até o momento que o Bendegó, o maior do país, e outro meteorito, foram recuperados. Ao todo, eram 62 expostos no Museu.

Os meteoritos de Patos de Minas são o hexadedrite de 32 kg e o octahedrite de 200kg, encontrando na região do Areado por volta de 1925. Em 2013, o Patos Hoje já havia noticiado a existência dos meteoritos. O Museu Nacional é a instituição científica e o museu mais antigos do Brasil, tendo em maio deste ano completado 200 anos. A visitação média mensal é de 5 a 10 mil pessoas.

Fotos: Imagens da Internet

Imagens atualizado em 03/09/2018 • 10 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 03/09/2018
Compartilhe:

25 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Rosimeire | 1 ano, 2 meses atrás

    Corrupção e má gestão do dinheiro público são as principais causas dessa fatalidade. No nosso município temos a Igreja de Santana de Patos construída em 1820 e que tá para cair a qualquer momento e poucos se interessam pelo assunto...........é lamentável

    5 0 Responder

  • candango | 1 ano, 2 meses atrás

    Tragedia mesmo foi de Mariana da mineradora Samarco. Vai completar 5 anos em novembro e até hoje a Vale não indenizou ninguem, a natureza e as familias ali afetadas pedem socorro.

    7 0 Responder

  • MARMOTA | 1 ano, 2 meses atrás

    Deve ser por causa do meteorito que saiu tanto político bom lá do ariado.

    2 6 Responder

  • Pedro | 1 ano, 2 meses atrás

    Quem disse que povo de Patos irá se importar com está grande tragédia. Basta lembrar que a reconstrução do monumento do homem do balaio teve grandes comentários negativos. Grande maioria prefere que rasguem a avenida Getúlio Vargas para fazer mais pistas . POVO IDIOTA E SEM CULTURA..... POVO QUE NÃO PRESERVA SEU PASSADO NAO CONHECE SEU FUTORO..

    2 4 Responder

    Lu - 1 ano, 2 meses atrás

    Não podemos generalusar. Patos ao contrario do que muitos acreditam ou querem ver, existe muita gente que se importa com a cultura e a história. Nossa cidade "Fabrica" genialidade e exporta pra todo mundo. Volta e meia damos notícias de Patenses ilustres pelo mundo. O que não podemos é denegrir a imagem de um povo trabalhador em função de meia duzias de idiotas que aparecem lor todo lado.

    1 1

  • Kalakalu | 1 ano, 2 meses atrás

    Será que não foi faísca que saiu do meteorito do áreado não? É fácil tirar fogo dessas pedras de meteorito. O povo é tolo acha o meteorito e dá pros outros.

    5 11 Responder

  • Pereba | 1 ano, 2 meses atrás

    Esse incêndio serviu de teste pra saber se era meteorito mesmo!

    5 12 Responder

  • Andrés de Fonollosa | 1 ano, 2 meses atrás

    O troféu do Campeonato de Gelo do Atlético MG estava lá também, só que com o fogo derreteu!!! O Galo não tem BI :joy: :joy:

    4 14 Responder

  • Revoltado | 1 ano, 2 meses atrás

    So falta falar que o troféu do mundial do Palmeiras estava nesse museu tambem! :joy:

    9 9 Responder

  • REALIDADE | 1 ano, 2 meses atrás

    Olhando alguns comentários aqui... como tem pessoas ... qual ligação que tem o incidente com o tal do BOLSONARO??? Pessoas, vamos ser mais inteligentes, vocês sao tao retardados quanto o político mal educado e arrogante de vcs. Deixam de ser ....

    14 9 Responder

    Heder - 1 ano, 2 meses atrás

    Se você ainda não tem candidato, se informe sobre o candidato João Amoêdo e venha votar conosco no 30

    0 3

  • Marcela | 1 ano, 2 meses atrás

    Infelizmente o museu está sendo administrado, na maioria do PSOL, onde a verba da lei Rouanet foi desviada para outros projetos.

    9 2 Responder

carregar mais comentários