Igreja evangélica é condenada em R$200 mil por induzir vasectomia

Testemunhas comprovaram ser comum o incentivo à prática de vasectomia

publicado em 12/08/2019,


A Justiça do Trabalho no Rio de Janeiro condenou a Igreja Universal do Reino de Deus ao pagamento de uma indenização por danos morais no valor de R$ 200 mil a um pastor que foi induzido a fazer vasectomia para ser consagrado ao ministério pastoral. A decisão é da juíza do Trabalho Glaucia Alves Gomes, atualmente titular da 7ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro (VT/RJ), em exercício na 71ª VT/RJ.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

O pastor evangélico alegou, na inicial, que após trabalhar por aproximadamente seis anos para a Igreja Universal, sem registro em carteira, foi dispensado sem motivo justo. Segundo ele, antes de ser consagrado ao cargo de pastor titular, passou por rigoroso critério de avaliação moral e financeira, tendo inclusive que se submeter, aos 28 anos de idade e sendo solteiro, ao processo cirúrgico de vasectomia - pois, somente assim, poderia ser consagrado ao ministério pastoral.

Em defesa, a Igreja Universal argumentou que o posto de ministro é por vocação religiosa, sem vínculo de emprego. Também alegou que o autor já era pastor com 22 anos e que só fez a vasectomia com 28 anos.

Duas testemunhas indicadas pelo trabalhador e uma pela Igreja Universal comprovaram ser comum o incentivo à prática de vasectomia pelos pastores. Segundo uma delas, a recusa em realizar o procedimento pode reduzir a possibilidade de promoção ou acarretar a transferência para um local indesejado.

Ao fundamentar a sentença, a juíza Glaucia Gomes ressaltou que o incentivo à realização de esterilização é inaceitável, uma vez que viola princípios básicos garantidos a qualquer ser humano. Para a magistrada, além de não restar dúvidas quanto ao cometimento do ato ilícito e a existência de lesão, essa conduta da igreja é reiterada e amplamente divulgada e com a existência de julgamento de casos idênticos (como no TRT da 2ª Região - São Paulo).

Na sentença, a magistrada reconheceu o vínculo de empregatício do pastor com a Igreja Universal, condenando a instituição a pagar as verbas devidas, e fixou o valor da indenização por danos morais em R$ 200 mil.

Nas decisões proferidas pela Justiça do Trabalho, são admissíveis os recursos enumerados no art. 893 da CLT.

Fonte: TRT

Postado em 12/08/2019
Compartilhe:

6 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Rafael | 1 semana, 1 dia atrás

    Que cara inocente, como pode acreditar nessa conversinha deles, pra ele ter que fazer essa vasectomia sendo ainda novo e não casado? Isso é contra os princípios de Deus para a vida do homem. O desejo do Senhor é que o homem se case e constitua família: como uma pessoa induz outra, dizendo-se pastor, a fazer vasectomia, sem antes ter filhos? E o pior é os caras acreditarem nisso, afff.... :rage:

    0 0 Responder

  • Cinelândia | 1 semana, 3 dias atrás

    Essa igreja é capaz de subtrair tudo que o membro da igreja tem. É claro que alguns se dão bem nessa, mas a maioria perde até a capacidade de raciocínio. Confiem na Bíblia. Ela é o caminho.

    2 0 Responder

  • Riala Mafon | 1 semana, 4 dias atrás

    O ser humano é bastante estranho. Onde um homem como esse da reportagem se submete a obediência a um esquema que ele sabe que é criminoso e sabe também que essas igrejas são gigantescas quadrilhas de furtos especiais; furtam em nome de Jesus e de Deus. Com 200 mil o caro pastor pode iniciar uma fabricazinha de gerar dinheiro às custas dos pobres e simplórios. Funda mais um comitê dos Bozos e vc vai se dar bem temporalmente.

    5 16 Responder

  • Riala Mafon | 1 semana, 4 dias atrás

    O ser humano é bastante estranho. Onde um homem como esse da reportagem se submete a obediência a um esquema que ele sabe que é criminoso e sabe também que essas igrejas são gigantescas quadrilhas de furtos especiais; furtam em nome de Jesus e de Deus. Com 200 mil o caro pastor pode iniciar uma fabricazinha de gerar dinheiro às custas dos pobres e simplórios. Funda mais um comitê dos Bozos e vc vai se dar bem temporalmente.

    10 21 Responder

  • EDIR MACEDO É O DEMÔNIO EM PESSOA | 1 semana, 4 dias atrás

    Esse EDIR MACEDO É O demônio em pessoa um bandido que ilude OS bobos

    17 1 Responder

    Rafael - 1 semana, 1 dia atrás

    Não acredito que ele seja o demônio, não. O demônio passa longe disso! Mas acredito sim que ele é um CHARLATÃO, um FALSO PROFETA e que Deus está a ponto de vomitar esses falsos profetas de sua boca! Tem outros aí que os dias deles estão contados: AGENOR 'TRUQUE' - SILAS MALAFALSA - RR SOARES.

    2 0