349669 2216 Ok
Publicado em 31/05/2017
Compartilhe:

Homem que matou a namorada e deu gargalhadas em entrevista é condenado a 14 anos e 6 meses

O réu alegou que perdeu a cabeça ao descobrir que estava sendo traído.

Gedean Makiel Martins foi levado a Júri Popular no Fórum de Patos de Minas na tarde desta quarta-feira (31).

Quase dois anos e meio após assassinar a namorada, Gedean Makiel Martins foi levado a Júri Popular no Fórum de Patos de Minas na tarde desta quarta-feira (31). Ele foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio triplamente qualificado. O réu alegou que perdeu a cabeça ao descobrir que estava sendo traído.

O crime aconteceu na manhã do dia 1º de Dezembro de 2014 na avenida Afonso Queiroz,  no bairro Jardim Panorâmico. Gedean tinha acabado de ganhar a liberdade do Presídio e foi ao encontro de Maíra Guimarães Amorim. Os dois estavam dentro do carro dela quando ocorreu o desentendimento.

Primeiro Gedean desferiu golpes de faca em Maira. Quando a mulher tentou pedir socorro, ele concluiu o assassinato pisoteando sua cabeça. Ele foi preso no mesmo dia e concedeu entrevista ao Patos Hoje. O depoimento foi requisitado pela Justiça e o Ministério Público exibiu o vídeo para os jurados. Gedean da gargalhadas durante a entrevista. Veja o vídeo abaixo:

Ao prestar depoimento nesta tarde, Gedean se disse arrependido. Ele afirmou que amava Maira e que jamais imaginou que chegaria ao ponto de matá-la. O réu chorou ao ser questionado sobre o crime e disse que perdeu a cabeça no momento em que ouviu da namorada que estava sendo traído.

Para o Ministério Público, Gedean matou por não aceitar o fim do relacionamento. O promotor Paulo César de Freitas apresentou uma carta de uma terceira pessoa que comprovaria as ameaças de Gedean e o medo que Maira sentia do autor.

O julgamento aconteceu nesta tarde no Tribunal do Júri do novo Fórum de Patos de Minas. Gedean Makiel Martins foi condenado a 14 anos e 6 meses de prisão.

Atualização às 19h14min

Imagens atualizado em 31/05/2017 • 14 fotos

Autor: Maurício Rocha

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Postado em 31/05/2017
Compartilhe:

25 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Pensador | 3 meses, 3 semanas atrás

    Se o povo do Sebastião Amorim tem tanto medo ,vai para onde todo lugar tem bandido e nén assassino, eu também tenho medo se souber um lugar que não tem bandido me avisa que vou também.

    1 2 Responder

  • Tá fácil | 3 meses, 3 semanas atrás

    Lamentável ver a crueldade que esse cara assassinou está mulher e debochar, denegrir, vangloriar, sorrir após o crime, a gente pensava esse cara vai ser condenado ao menos 30 anos de prisão e no entanto a pena foi reduzida pela metade. O que está acontecendo em PATOS DE MINAS???????

    18 1 Responder

  • LAMENTÁVEL | 3 meses, 3 semanas atrás

    Quem assistiu o vídeo no dia do crime.........pensava que esse cara tomaria 30 anos de prisão, mas foi reduzida a pena em menos da metade. O que está acontecendo com as penas aplicadas em Patos de Minas. Pela crueldade e o deboche do AUTOR no dia do crime essa pena foi muito BENEVOLENTE!!!!

    13 1 Responder

  • Papagalo | 3 meses, 3 semanas atrás

    Quais foram as atenuantes que este juiz encontrou para aplicar uma pena tão baixa para um crime horrendo como este???

    12 1 Responder

    Mal - 3 meses, 3 semanas atrás

    Não é parente dele.

    2 1

  • indignado | 3 meses, 3 semanas atrás

    Por esta e outras é que estamos com tantos crimes. O cara não era primário, cometeu o homicídio, com agravantes, matando a moça na maior covardia e recebe uma pena pífia dessa. Daqui a pouco estará nas ruas novamente traficando e matando e a população clamando por segurança, por polícia nas ruas. Difícil ter segurança com fatos como estes. Parece que a pessoa que comete um crime merece todas as benesses da lei e toda brandura da justiça.

    19 1 Responder

  • Perito | 3 meses, 3 semanas atrás

    Um absurdo mesmo, se considerar que ele já esteve detido uns 2 anos, reduz pra 12, tirando por "bom comportamento" deve sair da jaula com uns 5 anos mais... enquanto a menina nunca mais sai da sua punição. Justiça brasileiro, VERGONHA...

    15 1 Responder

  • Gg | 3 meses, 3 semanas atrás

    Essas mulheres também se sujeita a cada coisa. Mal terminou o namoro e ja tava com outro? Cara sai da cadeia e ela aceita vê-lo como se tudo fosse normal? Mulheres se valoriza

    11 19 Responder

  • Adalberto | 3 meses, 3 semanas atrás

    Minha filha é advogada, e uma cousa que tipo eu sempre pedi ela é pra nunca defender bandido.

    16 11 Responder

    Justiceiro - 3 meses, 2 semanas atrás

    Haaaaaaaaaaa PARA neeeee. Sabemos que todo advogado vive mentindo em todos os causos.

    0 0

  • P.O | 3 meses, 3 semanas atrás

    que absurdo.olha como o vagabundo esta bem tratado ate engordou.esse ai e um caso perdido .p/ consertá só a morte.queria saber quanto o estado gasta por ano com esse verme.deve ser o triplo do que gasta com um aluno do ensino publico. 14 anos isso é uma piada!!! PENA DE MORTE JÁ

    20 2 Responder

  • Mary | 3 meses, 3 semanas atrás

    A justiça vem de DEUS ????

    8 0 Responder

carregar mais comentários