Homem é morto com dois tiros na cabeça em Patrocínio e dois acabam presos pela PM

Após diligências, dois homens foram presos em um posto de combustíveis.

publicado em 09/10/2020, por Farley Rocha


Os materias foram encontrados na casa do suspeito.

Um homem de 32 anos acabou morto dentro de casa no final da noite dessa quinta-feira (08), no povoado de Macaúbas de Cima, em Patrocínio. O atirador teria descido de um veículo, entrado na residência e disparado contra Rodrigo da Conceição de Brito que morreu no local. Após diligências, dois homens foram presos em um posto de combustíveis. 

De acordo com a Ascom do 46º BPM, por volta das 23h05, a Polícia Militar foi informada do homicídio no povoado de Macaúbas de Cima. Imediatamente a Patrulha de Prevenção de Homicídios foi acionada e se deslocou para o povoado, juntamente com CPU e Supervisor do 46° BPM. 

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

Segundo os policiais verificaram, o filho da vítima relatou que um veículo parou em frente à residência, e o atirador desceu, entrou na residência e efetuou dois disparos que acertaram a cabeça da vítima. Após levantamentos no povoado, foram encontradas imagens que revelaram a possibilidade de ser um veículo VW/Polo prata. 

O rastreamento perdurou toda a madrugada e, por volta de 5h00, o veículo Polo foi visualizado em um posto de combustível em Patrocínio. Os militares abordaram dois indivíduos de 33 e 25 anos, que estavam ao lado do veículo, os quais se contradisseram em suas versões.  

Um dos abordados relatou estar sendo ameaçado pela vítima Rodrigo, que já havia cometido um homicídio na localidade. Na tarde dessa quinta, a família de Rodrigo foi ameaçada novamente o que motivou a prática do crime.

Segundo a Assessoria do 46º BPM, a vítima Rodrigo é oriunda da Bahia e possui inquéritos naquele Estado e também respondia por homicídio em Patrocínio, praticado no dia 23/02/2020, sendo que foi preso em flagrante e colocado em liberdade, logo depois foi expedido Mandado de Prisão e cumprido, porém novamente foi posto em liberdade.

A arma utilizada foi apreendida e os dois acusados que utilizavam o veículo Polo foram presos e conduzidos. A testemunha que emprestou o veículo não tinha conhecimento do crime. Ele acompanhou o desfecho da ocorrência. Na residência de um dos acusados, além da arma, estavam 12 munições .38, 6 de calibre .32, sendo 4 já deflagradas, e a touca ninja usada no crime.

Diante disso, os dois foram presos em flagrante delito e conduzidos à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com os materiais apreendidos.

Imagens atualizado em 09/10/2020 • 1 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 09/10/2020
Compartilhe:

7 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • flavio | 1 semana, 2 dias atrás

    A culpa e do judiciário que deu liberdade ao finado. Tivesse ficado preso estaria vivo. O outro só matou pra continua vivo.

    2 0 Responder

  • Mão Branca | 1 semana, 4 dias atrás

    Patrocínio está mais que charqueada, Curusculo.

    0 0 Responder

  • Questionador | 1 semana, 5 dias atrás

    Se o criminoso estava sendo ameaçado boa coisa não deve ser também não. Tudo farinha do mesmo saco. Agora o outro que emprestou o carro e diz não saber do crime deve ser responsabilizado sim. "Diga com quem andas e direi quem és ".

    4 0 Responder

    A verdade - 1 semana, 5 dias atrás

    São pessoas do bem sem nenhum antecedente ou passagem criminal, não são "farinhas do mesmo saco não". A notícia diz o que querem, não a verdade dos fatos.

    1 3

  • CIDADÃO DO BEM | 1 semana, 5 dias atrás

    O quê será que tão pondo na água de Patrocínio, hein? A coisa lá tá sinistra!!!

    5 0 Responder

    [email protected] - 1 semana, 2 dias atrás

    Cidadão do bem.lá tem um sr.do criminal que libera todo mundo do pote não adianta a PC fazer um bom trabalho .naO adianta a pm fazer um bom trabalho.não adianta o MP fazer um trabalho.o que acionar e chamado corregedoria .só assim aquela querida cidade terá a paz que merece...

    0 0

  • Lindolfo Nakamura | 1 semana, 6 dias atrás

    Quem tem sangue de barata ver o assasino ser preso duas vez e a justiça de bosta solta o cara e preender ele no chao ai sai mais. A justiça fakhou feio nesse. Parabens atiradores.



    15 1 Responder